Cuidados
dezembro 15, 2014 postado por Li Kuvasz


Sol para cachorro prós e contras

Será que cachorro pode tomar Sol? Muita gente me pergunta se faz mal para o cachorro ficar no Sol por muito tempo, se cachorro precisa se proteger do Sol, se tomar Sol pode fazer mal para seu cachorro.

Será que faz mal para o cachorro ficar muito tempo tomando Sol? Por que os cachorros gostam tanto de tomar banho de Sol? Pensando em todas estas perguntas, resolvi escrever este artigo para tentar responder algumas destas questões.

Você já flagrou seu cachorro tomando Sol? De vez em quando, mesmo debaixo de um Sol do meio dia, em dias quentíssimos lá estão eles tomando o seu banho de Sol. Para os cães, ista é uma forma de eliminar as bactérias, ácaros, fungos e até pulgas e carrapatos podem ficar incomodados com a temperatura altíssima e pulam fora!

Mas a importância do Sol para cachorro vai muito além disto, e se o seu cachorro não é chegado em tomar um banho de Sol diariamente, estimule-o a isto, mas não nos horários quentes, evite os horários entre 10 e 16 horas, o melhor método para os cães que não gostam de tomar Sol, é fazer uma caminhada diária.

Faz mal para o cachorro ficar muito tempo tomando sol?

Por que os cachorros gostam tanto de Sol?

Assim como acontece com as pessoas, o Sol absorvido pelo nosso organismo se transforma em vitamina D que é responsável pela absorção do cálcio e do fósforo, que por sua vez, são responsáveis pelo crescimento, formação e manutenção dos ossos fortes e saudáveis, evitando no caso de um filhote, o raquitismo e no caso de um cão velhinho a osteoporose.

Vale lembrar que o ideal é meia hora diária de exposição solar, mas não vale aquele Sol  filtrado através do vidro, o Sol precisa ser tomado diretamente.

É claro que o Sol traz benefícios, mas precisa ter uma atenção especial principalmente com cães de pelo curto e claro, neste caso, o protetor solar é indispensável. Já existe no mercado pet bons protetores solares para cães.

Assim como nós podemos ter graves queimaduras devido ao abuso do Sol, nos cães esta mesma exposição pode provocar a dermatite solar.

Você sabe o que é dermatite solar?

Cuidados com o cachorro no Sol

Cuidados com o cachorro no Sol

A dermatite solar é uma lesão de pele, comum em peles claras, brancas ou despigmentadas, também pode ocorrer em peles que tenham sido machucadas ou tenham cicatrizes que não foram recobertas com a pelagem. A dermatite solar, como o próprio nome sugere, ocorre devido à exposição solar direta ou refletida em uma pele que tenha alguma das características pré citadas anteriormente. O grau e a evolução da lesão na pele do cachorro dependerá de uma combinação de fatores como tempo de exposição e a intensidade dos raios solares. Em períodos de verão a exposição à Luz solar deve ser mais controlada pois os raios solares são muito mais intensos. A dermatite solar é uma reação fototóxica que ocasiona uma queimadura na pele devido  a quantidade e intensidade da exposição do animal ao Sol. A dermatite solar pode afetar a região nasal, o tronco e as extremidades dos cães. Futuramente falaremos mais sobre a dermatite solar aqui no Blog do Cachorro.

Cachorros também podem desenvolver algum tipo de câncer de pele provenientes da exposição solar

Faz mal para o cachorro ficar muito tempo no Sol?

Faz mal para o cachorro ficar muito tempo no Sol?

O câncer de pele em cães é uma neoplasia maligna e silenciosa, o seu quadro clínico é agudo e geralmente só aparece em sua fase terminal. Há diversos tipos de câncer de pele e podem ser provocados além do Sol, por agentes químicos utilizados diretamente no cachorro ou mesmo indiretamente como aqueles utilizados na limpeza do canil.

Mas será que existe uma maneira de proteger nossos cachorros da exposição ao Sol? Sim, como já mencionei mais acima, hoje em dia existem alguns tipos de protetores solares, desenvolvidos especialmente para pele dos cachorros que podem ser bastante eficientes para a proteção da pele. Quando falamos em protetor solar, muitos indagam, mas como vou passar isto no pelo do meu cão?

É importante esclarecer que você, não irá passar o protetor solar no pelo do cachorro, mas sim, nas partes da pele que ficam expostas ao Sol; como orelhas, focinho, barriga e bolsa escrotal.

Você identificará se o seu cão é mais sensível avaliando a pigmentação da pele, peles mais claras, sofrem mais, vale lembrar que alguns cães de pelagem branca têm a pele bastante pigmentada, mas mesmo assim, se tiver alguma parte descoberta de pelo, é importante usar o protetor solar, na falta do protetor próprio para cães, o protetor solar que utilizamos em crianças, pode ser utilizado, eles são mais suaves que o protetor utilizado em adultos e não contem álcool na composição.

Sol para cachorro prós e contras – Considerações finais

De forma geral, tomar Sol faz bem ao cachorro, lógico que você precisa ter bom senso quanto ao tempo de exposição de seu pet a temperaturas muito elevadas e é claro, ao Sol. Quando for caminhar com seu cão, teste sempre o solo com sua mão, para ver se não está muito quente para a patinha de seu peludo. Procure andar com ele em temperaturas mais amenas como no início da manhã e final de tarde. Em dias muito quentes, fique mais atento(a) a hidratação de seu mascote, ele deve ter sempre água fresca à vontade e um local à sombra para que possa se refrescar. Sempre recomendamos que você coloque um pouco de gelo na água em dias de muito calor, pois ajuda a regular a temperatura de seu cão. Caso ele seja um cão muito peludo, considere os benefícios da tosa para o verão. Muitos criadores desestimulam os proprietários a tosar seus cães, no entanto sugiro que você pesquise um pouco melhor o assunto a fim de promover um maior conforto para seu cachorro. Leia meus artigos sobre tosa nos links: Tosar ou não tosar o meu cachorro? e Tipos de tosa conheça os principais tipos de tosa para cães. No caso de animais braquicefálicos como o pug, o bulldog inglês, bulldog francês entre outras raças de focinho achatado, o cuidado com relação ao tempo de exposição ao Sol deve ser redobrado.

Saiba + Sobre os Cachorros

Cachorros

Saiba + Tudo sobre cachorros

Plano de saúde para cachorro

Leishmaniose Visceral Canina (Calazar)

Gengivite em cães, mal hálito

Cuidados e Saúde do Cachorro

Cuidados e Saúde

Displasia coxofemoral em cães

Cogumelos – Cães podem comer cogumelos?

Intoxicação por veneno de rato em cães

Como faço para cruzar meu cachorro?

Cachorros podem comer ração para gatos?

Por que passear de coleira com meu cachorro?

Comidas que cachorro não pode comer

Vermífugo – Quando dar vermífugo para meu cachorro?

Meu cachorro está gordo ou magro?

Prisão de ventre – Constipação intestinal em cachorro

Gripe canina – Tosse dos Canis

Castrar ou não castrar meu cachorro?

Podemos pegar doenças dos cachorros?

Tipos de vacinas para cachorro

Comportamento compulsivo em cães

Como aumentar a imunidade do meu cachorro?

Epilepsia e convulsão em cães

Massagem em cachorros

12 perguntas mais comuns sobre cadela no cio

Insetos, picadas e mordidas em cachorros – O que fazer?

Devo deixar minha cadela cruzar?

Cinomose, sintomas, diagnóstico e tratamento

Meu cachorro não quer comer

Síndrome da Ansiedade de Separação (SAS) em cães

Porque cachorros choramingam

Raiva em cães – Raiva canina

Como evitar eclampsia na cachorra

Bicheira – Saiba como prevenir e tratar a bicheira

Estômago sensível – Seu cão tem problema de estômago?

Como o kefir pode ajudar seu cão?

Por que cachorros comem terra?

Pneumonia em cães

Cachorros podem comer pasta de amendoim?

Estamos vacinando em excesso nossos cães?

O que é berne? Como tirar? Como se pega?

Os perigos da ração para cachorros

Como cuidar de uma cadela no cio

 

 

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

Sou apaixonada por cachorro, não consigo imaginar minha vida sem eles. É muito bom poder falar sobre nossos amigos peludos aqui, crio Kuvasz e Norfolk Terrier, e será muito prazeroso dividir aqui nossas experiências.

Ver artigos de Li Kuvasz