Receitas para Cachorro
dezembro 11, 2014 postado por Blog do Cachorro


10 Receitas para cachorro

O fim de ano está chegando e com ele as festas de Natal, ano novo e o verão. Não é incomum que muitos proprietários de cães desejem presentear seus cães com uma comidinha diferente e por outro lado, muitas vezes seu peludinho fica um tanto enjoado para comer devido ao calor. Foi pensando nisso tudo, que resolvi compartilhar com vocês algumas receitas para cachorro que podem ser além de um delicioso agrado, de grande ajuda para dias em que seu cachorro estiver um pouco sem apetite. Para os dias mais quentes, você encontrará aqui três receitas de sorvete para cachorros. Lembrando sempre que cachorro não pode comer as mesmas coisas que você come, simplesmente pelo motivo de que alguns ingredientes podem fazer mal para ele. Por isso é muito importante pesquisar bastante antes de introduzir um novo alimento, ou até mesmo um novo ingrediente na alimentação de seu cão. Também propomos uma sopinha de aveia que é uma ótima opção para cachorros enjoadinhos. Uma receita com peixe, que ao contrário que muitas pessoas pensam pode ser consumido pelos cães, desde que você remova completamente ossos e espinhas. Um cupcake, uma sopa de arroz com legumes e mais alguns petiscos que seu cachorro irá adorar.

Receitas para cachorro

Receitas para cachorro

Deliciosas receitas para cachorro

Receitas para cachorro – Receita # 1 – Cupcakes

Receitas para cachorro - Cupcakes para cães

Receitas para cachorro – Cupcakes para cães

Esta receita pode ser servida, tanto como um lanche quanto como uma apetitosa recompensa para um cachorro adestrado ou em treinamento.

Lembre-se que a quantidade do Cupcake para um cachorro de porte médio ou grande é no máximo de uma unidade por dia. Já para um cachorro de porte menor, deve ganhar uma porção bem menor de acordo com seu tamanho. Por exemplo, um cocker ou um basset hound devem comer no máximo meio cupcake canino, já um Yorkshire deverá comer 1/4 como porção máxima diária. Esta iguaria é apenas um agrado para o cachorro!

Rende: 12 cupcakes

ingredientes

  • 1/2 xícara de mel
  • 2 xícaras de farinha
  • 1 ovo
  • 3 colheres de chá  bem cheias de pó de alfarroba
  • 2 colheres de chá de fermento em pó
  • 1 e 1/2 xícaras de água quente
  • 1 colher de chá de baunilha
  • leite o tanto necessário para obter uma massa densa
  • 12 pequenos biscoitos caninos (você pode escolher uma receita aqui, ou escolher a receita listada abaixo neste artigo)

Preparação

  1. Preaqueça o forno a 180º
  2. Em uma tigela, misture todos os ingredientes, exceto os biscoitos caninos. A mistura deve ter uma aparência muito grossa.
  3. Unte as forminhas com azeite de oliva e farinha de trigo e encha até 2/3 de sua capacidade
  4. Asse por 10 minutos ou até formar uma crosta na superfície.
  5. Retire as forminhas do forno e pressione com firmeza um biscoito canino em cada cupcake.
  6. Coloque os bolinhos no forno até que, ao inserir um palito no bolinho eles saiam limpos.
  7. Deixe esfriar e guarde na geladeira. (Esta receita dura aproximadamente 7-10 dias em geladeira)

 

Receitas para cachorro – Receita # 2 – Biscoitos de salmão & batata doce

Receitas para cachorro - Cookies de salmão & batata doce

Receitas para cachorro – Cookies de salmão & batata doce

 

O Salmão e a batata doce podem ser uma opção de fácil digestibilidade para seu peludo. A carne de peixe não é saborosa apenas para nós, mas também para os cães. A maioria dos cães adoram o sabor do peixe, em especial o salmão e o atum. Os peixes são ricos em ômega-3, que faz bem para a pelagem dos cachorros, por isso há diversos alimentos industrializados que contém peixe em sua formulação, em especial o salmão, que é rico em proteínas. Um dos benefícios das rações que contém peixe, é que alguns cães podem sofrer reações alérgicas ao frango ou até mesmo a carne bovina, e o salmão acaba por ser uma boa alternativa. Mas como estamos falando aqui de uma receita para cachorro natural, baseada  em alimentos frescos, é preciso esclarecer algumas questões importantes sobre o peixe. Não é permitido oferecer aos cães o peixe cru, pois podem causar intoxicação alimentar, especialmente peixes como o salmão, que contém um parasita que pode ser fatal para os cães. Os primeiros sinais de intoxicação são vômitos e diarreia, e se não tratada, pode até mesmo levar o cão à morte. Já o peixe cozido, não oferece risco, pois o cozimento vai eliminar os organismos nocivos do peixe. Outro ponto importante é que os ossos e espinhas de peixe podem ser muito perigosos para os cachorros, pois podem ficar presos na garganta e até mesmo perfurar algum órgão interno. Portanto, peixes com ossos não são seguros para o consumo canino.

Uma porção de salmão, oferece a quantidade total de vitamina D que seu cão necessita consumir em um dia, e metade da dose necessária de vitamina B12. Portanto se você prepara refeições naturais para seu cão já sabe que pode variar o cardápio, oferecendo uma ou duas vezes por semana um delicioso filé de salmão em substituição da porção de proteína do dia.

Alguns tipos de batata são muito mais nutritivos e, portanto, mais indicados do que outros. Um bom exemplo é a batata-doce, que é considerada uma melhor fonte de nutrientes do que a batata comum. A batata-doce é um alimento rico em fibras, betacaroteno, vitamina B6, vitamina C e minerais. O betacaroteno reduz o risco de doenças como o câncer, ajuda a neutralizar os radicais livres e as fibras ajudam no bom funcionamento do sistema digestivo. Fonte: Cachorro pode comer isso?

Nesta receita vamos ensinar você a preparar deliciosos petiscos utilizando este saboroso peixe em um biscoito saudável que seu cão irá adorar!

Ingredientes

  • 2 xícaras de salmão desossado (salmão fresco em pedaços)
  • 2 xícaras de purê de batata-doce (purê seco sem adição de água ou leite)
  • 1 1/2 xícaras farinha de grão-de-bico (pode ser substituída por farinha de trigo)
  • 1/2 colher de chá. de fermento em pó
  • 1/4 xícara de salsa fresca picada
  • 1 ovo 
  • azeite de oliva
  • papel alumínio

Preparação

Preaqueça o forno a 180º

Primeira etapa

  • Lave o Salmão, tire a pele, removendo todos os ossos e espinhas, abaixo você poderá um vídeo de como limpar o salmão de forma ideal para oferecer para seu pet, e também é desta forma que deverá limpa-lo para fazer esta receita. Pique o salmão em tirinhas finas coloque uma quantidade bem pequena de sal, só para dar gosto e azeite de oliva. Embrulhe cada porção em dois pacotinhos de papel alumínio Lembre-se de que o papel alumínio deve ser suficientemente grande para fechar por completo o salmão nos pacotinhos, deixe um furo na parte superior, para garantir que o salmão esteja bem vedado e não escape vapor. Deixe no forno por 20 minutos em fogo baixo e retire o salmão. Espere alguns minutinhos para abrir. Depois de aberto, desfie o salmão para utilizar na receita.

 

Segunda etapa

  1. Em uma tigela grande, misture o salmão e a batata-doce. Adicione o ovo, salsa e o fermento em pó, mexendo bem.
  2. Peneire a farinha, um pouco de cada vez, mexendo sempre. A massa deve ser firme o suficiente para lidar com ela, não muito pegajosa.
  3. Use as mãos para fazer bolinhas.
  4. Unte uma assadeira com azeite e farina.
  5. Ajeite os bolinhos na assadeira e pressione cada um para baixo com o polegar. Você pode colocá-los razoavelmente perto um do outro. Se preferir utilizar forminhas de biscoito canino também pode, é só moldar a massa da forma tradicional.
  6. Asse aproximadamente por 25-30 minutos, no forno a 350º até que estejam dourados por baixo.
  7. Se você deseja um biscoito crocante, vire os bolinhos e coloque novamente no forno por mais 15 minutos. Desligue o forno e deixe os bolinhos dentro até esfriar completamente.
  8. Os cookies devem ser armazenados na geladeira e duram entre 7 e 10 dias bem acondicionados.

 

Receitas para cachorro – Receita # 3 – Biscoitinhos crocantes de cenoura

Receitas para cachorro - Biscoitinhos crocantes de cenoura

Receitas para cachorro – Biscoitinhos crocantes de cenoura

Para quem deseja oferecer um petisco saudável para seu cachorro, uma receitinha de biscoitos de cenoura crocante pode servir como um prêmio muito gostoso para seu peludo. A cenoura é um excelente alimento para os cães. Além de ser um alimento pouco calórico, as cenouras são ricas em fibras e contêm elementos anti-oxidantes como a vitamina A e carotenoides, que ajudam a proteger as células do organismo. Os nutrientes da cenoura incluem, além da vitamina A, vitaminas C, D, E, K, B1 e B6. Fonte: Cachorro pode comer isso?

Ingredientes

  • 1 copo de farinha de trigo integral
  • 2 xícaras de farinha de trigo italiana 00
  • 2 ovos
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 1/2 copo de purê de cenoura 
  • 1 pitada de sal
  • 1/2 xícara de farinha de aveia
  • 240 g de atum

Preparação

  1. Em uma tigela misture todos os ingredientes.
  2. Coloque a mistura em uma superfície enfarinhada e sove novamente, acrescentando a farinha até que a mistura esteja mais pegajosa.
  3. Cubra uma forma com papel manteiga e ajuste a temperatura do forno para 180 °.
  4. Estique a massa num lugar plano e utilizando a tampa de uma garrafa de óleo, ou uma tampa maior, se você tiver forminhas pequenas, também serve (ver foto). Pressione a tampa sobre uma borda de massa (Girando a tampa para fazer os biscoitinhos e reserve) e, em seguida, repita o processo por toda a circunferência da massa.
  5. Prossiga com o restante da massa, e quando não houver mais espaço para fazer os buracos, sove novamente e repita todo o procedimento para fazer novos biscoitos.
  6. Coloque-os sob o papel manteiga e leve ao forno até ficarem dourados (cerca de 30 minutos) certificando-se de quando em quando para que não queimem! (Esta receita dura aproximadamente 7-10 dias em geladeira)

Receitas para cachorro – Recetia # 4 – Ensopado de aveia

Receitas para cachorro - Ensopadinho de aveia

Receitas para cachorro – Ensopadinho de aveia

A aveia é um alimento que muitas vezes fica em segundo plano na alimentação diária das pessoas. É interessante observar com mais cuidado os benefícios da aveia, na utilização regular da nossa alimentação e por que não, também de nossos pets. Seja em grãos, ou flocos, no café da manhã ou no almoço, adicionado a sopas, mingau etc. A aveia é rica em minerais, vitaminas e nas preciosas fibras.  Uma sopinha de aveia pode fazer toda a diferença para dias em que seu cãozinho está meio enjoadinho e sem vontade de comer. Acompanhado de legumes como o feijão verde, a cenoura e a abobrinha, além de oferecer a nutrição adequada para uma refeição, agregando a aveia torna a comida mais palatável, ideal para pets que estão em recuperação ou para aqueles que sofrem com prisão de ventre.

Ingredientes

  • 150 g de farinha de aveia
  • 250 g de carne vermelha ou branca moída ou picada em pedaços pequenos
  • 60 g de legumes cozidos (cenoura, ervilhas, feijão verde ou abobrinha)
  • Azeite de oliva extra-virgem 1 colher de sopa
  • 1 colher de chá de casca de ovo em pó
  • água.

Preparação

  1. Ferva a carne e legumes em um litro de água sem sal.
  2. Quando cozido, retire a carne e os legumes com uma peneira e adicione a aveia ao caldo ainda quente.
  3. Tampe e deixe ferver por 10-15 minutos.
  4. Adicione a carne moída ou em cubos, os legumes e uma colher de azeite. Misture tudo e sirva ao seu cão.

 

Dica: Cozinhe os legumes rapidamente, para não perder as propriedades nutricionais. Faça uma papa para o organismo de cachorro aproveitar os nutrientes completamente.

 

Receitas para cachorro – Receita # 5 – Ensopadinho de arroz integral carne e legumes

Receitas para cachorro - Ensopadinho de carne com legumes

Receitas para cachorro – Ensopadinho de carne com legumes

O verão é um período difícil para qualquer cachorro. Não apenas o calor, mas também as festas de fim de ano, com barulhos insuportáveis, devido aos fogos e as chuvas de verão. Além de um número considerável de familiares circulando pela casa, acabam gerando algum excesso de confusão  e stress para seu bichinho de estimação. As férias alteram a rotina da família, principalmente em casas com crianças em idade escolar. Muitas pessoas também costumam levar seus cães para a viajem de férias e a súbita mudança de ambiente pode fazer um estrago para o apetite dos nossos companheiros peludos. Pensando nisso sugerimos aqui uma série de alternativas naturais que podem elevar a qualidade nutricional da alimentação de seu cachorro, afinal, alimentos enlatados, não conferem as mesmas qualidades nutricionais que aqueles alimentos preparados exclusivamente para seu cachorro, incluindo alimentos frescos.

Nesta receita vamos ensinar você a preparar uma sopa com arroz  integral, muito simples, a base de carne de boa qualidade e legumes frescos que irão proporcionar ao seu cão vitaminas e minerais além é claro de um paladar delicioso.

Ingredientes

  • 150 g de arroz integral
  • 250 g de carne magra
  • 150 g de vegetais (cenoura, feijão, feijão verde, ervilhas, batatas, abobrinha)
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • 1 colher de chá de casca de ovo em pó

Preparação

  1. Ferva os legumes em um litro de água (sem sal) por cerca de 10-15 minutos. Dependendo do tipo de legumes que você irá usar, mas não exagere no cozimento, para evitar a perda de vitaminas, muito preciosas e também dos minerais. Utilize de preferência legumes frescos (não congelados) e sazonais.
  2. Escorra os legumes sem jogar a água.
  3. Na água utilizada no cozimento dos legumes, adicione o arroz. Basta cozinhar por aproximadamente 30-45 minutos.
  4. Adicione a carne de 15 a 20 minutos antes de terminar o cozimento do o arroz, calcule mais ou menos o tempo, dependendo do tipo e do tamanho dos pedaços de carne (carne moída pode ser suficiente algo ente 8-10 minutos de cozimento).
  5. Terminado o cozimento do arroz e da carne, adicione todos os legumes e uma colher de pó de casca de ovo. É muito importante que o arroz esteja muito bem cozido e a carne macia, em geral os cães não mastigam muito, por isso o alimento mais pastoso é mais fácil de ser absorvido pelo organismo.
  6. Regue com 1 colher de sopa de azeite e misture bem.
  7. Deixe esfriar e sirva para seu cachorro.

 

Dica: A mesma receita pode ser preparada substituindo a carne bovina, por frango ou peru, coração de boi ou fígado de frango. Busque sempre utilizar cortes de carnes que fiquem macios, no final do cozimento. Só é importante manter o arroz integral, que oferece maior quantidade de fibras e também os legumes, reutilizando a água de cozimento dos legumes, a fim de recuperar o máximo possível as vitaminas e minerais perdidos dos alimentos.

Obs: A quantidade indicada na receita é apenas um parâmetro para você compreender que a dose ideal para cada refeição de seu cachorro é de 50% de proteína, 25% de vegetais, 25% de carboidratos. A dose diária de proteína recomendada para seu peludo é de 1,5% do peso de seu corpo, para cães sedentários ou com excesso de peso, e de 2% a 3% para os adultos com um estilo de vida mais ativo. Já para os filhotes é de 5%.

Receitas para cachorro – Receita # 6 – Biscoito para cachorros

Receitas para cachorro - biscoito para cachorro

Receitas para cachorro – biscoito para cachorro

Às vezes nosso peludo merece um prêmio, não é verdade? Que tal oferecer para ele um prêmio ainda mais especial por ter sido preparado por você, especialmente para ele?
Então, querido(a) leitor(a), cheque se tem tudo o que precisa em sua dispensa, ligue o forno e vá preparar um delicioso biscoito canino para ele! Vamos aos ingredientes!

Rendimento: Esta receita rende aproximadamente 400g de biscoitos

Ingredientes

  • 150g de trigo integral
  • 150g de farinha de trigo 00
  • 30g de manteiga derretida
  • Leite sem lactose 200ml 
  • 130g de queijo Emmenthal ralado

 

Preparação

  1. Pré-aqueça o forno a 180º
  2. Em um recipiente, misture a farinha e o queijo ralado até ficarem bem misturados.
  3. Adicione a manteiga derretida e o leite e misture novamente; mexa a massa até que fique consistente. Coloque em uma superfície enfarinhada e sove até formar uma bola.
  4. Abra a massa e corte os biscoitos com aproximadamente 3mm de espessura utilizando moldes para biscoitos.
  5. Coloque os biscoitos em uma assadeira coberta com papel manteiga e faça alguns furinhos com um garfo.
  6. Asse em forno pré-aquecido até dourar.
  7. Retire e deixe esfriar completamente.
  8. Guarde em uma lata muito bem vedada. Esta receita dura entre 7-14 dias em condições perfeitas de armazenamento.

 

Receitas para cachorro – Receita #7 – Frozen Yogurt para cães

Receitas para cachorro - Frozen yogurt para cachorro

Receitas para cachorro – Frozen yogurt para cachorro

Parece que a cada ano que passa o calor fica mais insuportável não é mesmo? Meus cães ficam o dia todo quietinhos, perdem o apetite, morro de dó! Por isso sempre procuro deixar o chão bem geladinho, lavo a casinha deles todos os dias, e nunca deixo de colocar pedrinhas de gelo na água. Para nós, em dias muito quentes, o que pode refrescar mais do que um sorvete? Pensando nisso, fui procurar algumas receitinhas geladas compartilhadas por proprietários de cães europeus, para preparar para nossos peludinhos este ano. Vamos aos ingredientes!

Ingredientes

  • 2 copos de iogurte de baunilha (ou iogurte desnatado comum com baixo teor de gordura)
  • 1 banana amassada
  • 2 colheres de chá de mel

Preparação

  1. Misture todos os ingredientes em uma tigela.
  2. Coloque no freezer para congelar.

Nosso sorvete está pronto! Nada poderia ser mais fácil não é mesmo? Agora é só servir pequenas porções na panelinha de comida de seu cãozinho!

 

Receitas para cachorro – Receita # 8 – Bolo de sorvete para cães

Receitas para cachorro - bolo de sorvete para cachorro

Receitas para cachorro – Bolo de sorvete para cachorro

Ainda motivada pelo clima quente e também pelo mês de aniversário do Blog do Cachorro, uma das receitas que escolhi para recompensar nossos cães e comemorar com eles o o segundo ano do blog, é um bolo de sorvete! E o mais bacana, é que esta receita também poderá ser servida para pessoas! É só calcular a quantidade necessária para aumentar a receita.

Como o ingrediente básico desta receita é o iogurte, muitas pessoas podem acabar sentindo-se inseguras para utilizar iogurte na dieta de seu peludo. No iogurte, a lactose é transformada em ácido láctico através da fermentação. Na prática, essa particularidade dos iogurtes faz desse alimento um importante coadjuvante no processo digestivo, trazendo grandes benefícios para o organismo. Além de auxiliar no processo digestivo, o iogurte contém elementos probióticos capazes de recompor a flora intestinal, aumentam a imunidade do organismo e ajudam na absorção dos nutrientes contidos nos alimentos, em especial o cálcio e as vitaminas do complexo B. Em geral, mesmo cães que apresentam algum nível de intolerância a lactose, podem consumir iogurte em pequenas quantidades. O Ácido láctico também está associado a uma melhora da saúde periodontal, e como o iogurte é rico em proteínas e cálcio, é considerado um alimento que ajuda na boa formação dos dentes e dos ossos. Só é muito importante frisar que cães não devem comer nenhum alimento com uma dose exagerada de açúcar. Ofereça apenas os iogurtes naturais, sem sabor e sem aditivos artificiais. Fonte: Cachorro pode comer isso?

Ingredientes

  • 900g de iogurte
  • uma banana amassada
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 2 colheres de sopa de manteiga de amendoim 

Preparação

  1. Misture todos os ingredientes no liquidificador e coloque no freezer em um recipiente bem grande.
  2. Depois de dez minutos, o que não é, obviamente congelado, mas ainda macio, use uma faca para cortar o bolo de sorvete canino na forma desejada: pata, osso, se você for particularmente um(a) artista, até mesmo no formato de um cachorrinho, por que não? O sorvete remanescente pode ser utilizado para as decorações.
  3. Coloque no congelador.
  4. Quando estiver completamente congelado é só servir!

 

Receitas para cachorro – Receita # 9 – Morangos congelados no iogurte

Receitas para cachorro - Sorvete de morango com iogurte

Receitas para cachorro – Sorvete de morango com iogurte

O morango é, sem dúvida, uma fruta que faz bem à saúde dos cachorros. É uma importante fonte de antioxidantes, que são conhecidos por combaterem os radicais livres e desacelerar a multiplicação das células cancerosas. Ricos em fibras, os morangos ajudam ainda no bom funcionamento do intestino e além disso, são importantes fontes de vitaminas e minerais essenciais para a saúde. Essa deliciosa fruta contém agentes anti-inflamatórios naturais, que ajudam os cães que sofrem de problemas ligados aos ossos e articulação, como por exemplo a artrite. O morango contém ainda uma enzima que ajuda a evitar o tártaro e a manter os dentes dos cães mais brancos. Fonte: Cachorro pode comer isso?

Agora que você já sabe todos os benefícios que o morango pode trazer para a saúde de seu cachorro que tal fazer para ele uma deliciosa sobremesa com iogurte e morango congelados? Se você tem filhos pequenos que gostam de dividir a comida com seu peludo, sem dúvida esta é uma sobremesa permitida para cães, mas que também pode ser muito apreciada pelas crianças.

Então mãos a obra! Vá para cozinha preparar esta deliciosa receita para cachorro, que pode ser saboreada também por toda sua família, utilizando apenas 2 ingredientes!

Ingredientes

  • Iogurte natural, de preferência desnatado ou semi-desnatado sem açúcares
  • Morangos
  • Papel manteiga

Preparação

  1. Após a lavagem, retire as folhas de morangos.
  2. Com um garfo espete os morangos e mergulhe no iogurte até que estejam completamente cobertos.
  3. Arrume-os em papel manteiga.
  4. Tente ser rápido para que o iogurte não escorra antes de levá-los ao congelador, procure trabalhar com o iogurte bem gelado.
  5. Depois de cerca de uma hora, eles estarão prontos para ser servidos.
  6. Corte em pedaços pequenos e sirva para toda sua família

 

Receitas para cachorro – Receita # 10 – Picolé de fruta para cachorro

Receitas para cachorro - Picolé de frutas para cachorro

Receitas para cachorro – Picolé de frutas para cachorro

Finalmente a receita para cachorro mais agradável para o verão, que também poderá ser compartilhada com sua família! É natural, quando pensamos em picolé, aquele comprado na padaria, nos mercados e sorveterias, chegarmos a conclusão de que cães não podem tomar sorvete, não é verdade? É muito importante ficar atento em qual o tipo de fruta irá utilizar no preparo do sorvete de seu cão. Cães não devem comer açúcar, chocolate e uma variada quantidade de frutas e ingredientes que são tradicionalmente utilizados para preparar sorvete. Isso é devido ao fato de que estes ingredientes, são alimentos que contém algum tipo de substância que pode acabar sendo prejudicial a saúde de seu cachorro de alguma maneira. Por isso é muito importante pesquisar bastante sobre o que seu cachorro pode e o que ele não pode comer.

No entanto a receita que propomos aqui, resultará em um delicioso picolé para cachorros e é completamente segura para refrescar seu peludo em um dia quente de verão. Além é claro, de também ser muito simples de fazer. Basta juntar todos os ingredientes, misturá-los e levar ao congelador.

Ingredientes

  • uma xícara de iogurte natural com baixo teor de gordura e sem açúcares
  • 1/4 de xícara mirtilo 
  • 2 xícaras de morangos limpos 
  • 1 banana, cortada em pedaços
  • 2 colheres de sopa de mel

Preparação

  1. Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até obter uma pasta cremosa.
  2. Coloque a mistura em recipientes para cubos de gelo e coloque-os no congelador. O recipiente no qual você irá congelar o sorvete, deve depender do tamanho do seu cachorro, você pode optar por outro tamanho de forma se ele for um cachorrão.
  3. Uma vez congelado, sirva para o seu cão em um pratinho de cachorro.

 

Receitas para cachorro - Picolé de frutas para cachorro

Receitas para cachorro – Picolé de frutas para cachorro

Dica: Você pode misturar e combinar todos os tipos de frutas, basta pesquisar muito bem quais delas são apropriadas para os cachorros. Nunca utilize iogurte com adoçantes artificiais pois eles podem ser muito perigosos para o seu cachorro.

Receitas para cachorro - Sorvete para cachorro

Receitas para cachorro – Sorvete para cachorro

Se você tiver em casa palitos de madeira, destes utilizados para picolés, pode colocá-los nos recipientes onde está congelando o sorvete, enquanto a mistura não esteja ainda completamente congelada, assim você pode segurar o sorvete, enquanto seu cachorro lambe na sua mão. E também fica mais apropriado para oferecer para as pessoas.

*Todas as porções propostas nas receitas podem e devem ser adaptadas de acordo com o tamanho de seu mascote. Utilize as medidas apenas como parâmetro para adequar as proporções.

Se seu cachorro se alimenta apenas com ração de linhas comercial, nunca substitua a alimentação regular de seu cão por outros alimentos. Caso deseje mudar o tipo de alimentação que você oferece ao seu cachorro, pesquise bastante a respeito, para fazer as mudanças da maneira correta. A mudança de alimentação tanto de uma marca para outra no caso de linhas comerciais e também no caso da mudança de um alimento de linha comercial, para um alimentação caseira, deve ser feita de forma gradativa, a fim de não gerar problemas gastrointestinais em seu peludo.

Se você oferece ração ao seu cachorro e pretende preparar para ele alguma destas receitas, nunca substitua um petisco por uma refeição e procure também adequar a quantidade ao peso de seu mascote. Ofereça sempre petiscos em horários distantes da refeição e evite grandes quantidades para que seu cachorro não perca o apetite.

E não esqueça! Se você oferece ao seu cão apenas alimentos naturais, preparados exclusivamente para ele, a dose recomendada ao dia de cada tipo de alimento deve ser calculada da seguinte maneira:

Cada refeição de seu cachorro deve conter:

  • 50% de proteína,

  • 25% de vegetais,

  • 25% de carboidratos.

 

A dose diária de proteína recomendada para um cão é de:

  • 1,5% do peso de seu corpo – para cães sedentários ou com excesso de peso,

  • 2% a 3% do peso de seu corpo – para os adultos com um estilo de vida mais ativo,

  • 5% do peso de seu corpo – para filhotes.

 

As quantidades de vegetais e carboidratos devem ser calculadas com base na proporção descrita acima, tendo como base a proteína que é 50%.

* Os petiscos, não devem ser oferecidos em grandes quantidades e não necessitam ser incluídos no cálculo acima.

Veja + Receitas para cachorro

Receitas para cachorros – Cachorro pode comer isso?

Saiba + Sobre alimentação canina aqui no Blog do Cachorro

Os perigos da ração para cachorros

Como o kefir pode ajudar seu cão?

Os perigos da suplementação alimentar para cachorros

Cachorros podem beber leite?

Receita de comida caseira para cachorro

Balancear uma dieta a base de ração industrializada

Cachorro pode comer feijão cozido?

Como aumentar a imunidade do meu cachorro?

Cachorros podem comer ração para gatos?

Por que cachorros comem terra?

Meu cachorro não quer comer

Quantas vezes devo alimentar meu cachorro?

Comidas que cachorro não pode comer

Meu cachorro está comendo demais?

Cachorros podem comer arroz?

Receitas para cachorro doente

Por que cachorros comem grama?

Pão – Cachorro pode comer pão?

Alimentos que fazem mal para cachorros

Gengivite em cães, mal hálito

Cogumelos – Cães podem comer cogumelos?

Cachorros podem comer morangos?

Gastroenterite canina – Causas, sintomas e tratamento

Dicas caseiras para tratar seu cachorro

Estômago sensível – Seu cão tem problema de estômago?

Prisão de ventre – Constipação intestinal em cachorro

Cachorros podem comer pasta de amendoim?

Devo dar cálcio para o meu cachorro?

Coprofagia – Seu cachorro come cocô? Saiba como evitar!

Cachorros escolhem a quem pedir comida

Cachorro pode comer chocolate?

Cachorros são capazes de amar?

Biscoito canino 10 receitas de biscoitos para cães

Diabetes Canina – O que você precisa saber?

Tireoide canina

Roer – O que o seu cachorro não deve mastigar

Fungos em cachorro – Tratamentos caseiros

Primeiros Socorros para cachorro – Basi-cão

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

O Blog do Cachorro é um web site onde você pode encontrar tudo sobre cachorros! Se você busca por informações, dicas, artigos sobre cuidados, saúde, comportamento canino, raças de cachorros, e demais assuntos relacionados aos nossos queridos peludos de quatro patas, este é o lugar certo.

Ver artigos de Blog do Cachorro