Alimentação
junho 10, 2018 postado por Blog do Cachorro


Rações brasileiras para cães são de baixa qualidade?

Muita gente nos procura questionando sobre a falta de qualidade das rações industrializadas para cães aqui no Brasil.  Mas será que a qualidade das rações brasileiras são de fato ruins, ou abaixo da média em relação aquelas oferecidas no mercado externo?

Para responder a essa pergunta, fizemos uma pesquisa com a intenção de compreender melhor como está o mercado de alimento industrial para cães aqui no Brasil.

De acordo um estudo recente, realizado pela a Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação), o Brasil é hoje o segundo maior mercado de produtos para animais de estimação, perdendo apenas para os Estados Unidos da América, que ocupam a primeira posição no setor. Mas infelizmente, não existe ainda uma lei nacional que regulamente a qualidade da produção de rações para pets aqui no Brasil.

As rações brasileiras para cães são de baixa qualidade?

As rações brasileiras para cães são de baixa qualidade?

De acordo com uma pesquisa recente do CVA Solutions, empresa de pesquisa de mercado e consultoria, a população de cães domésticos vem aumentando incrivelmente ano a ano e o consumo de rações, vem demonstrando um crescimento superior a 5% ao ano.

Atualmente, temos no Brasil mais de 40 milhões de cães e 75% dos donos de cães já alimentam seus animais exclusivamente com ração. Este crescimento se dá, não só ao número cada vez maior de pets nas casas das pessoas, mas principalmente, devido a uma estratégia de marketing agressiva das indústrias de rações, que visam arrebanhar novos consumidores a optarem por uma alimentação industrial para para seus cachorros, prometendo maior qualidade nutricional, equilíbrio e paladar para as refeições, aliado a praticidade para o proprietário. A maioria dos veterinários orienta as pessoas a alimentarem seus bichos com este tipo de alimento, pois é considerada pelos profissionais da área a forma mais saudável de alimentar os cachorros. Para saber mais sobre cães visite Cão.

Apesar do mercado extremamente favorável para o setor, as rações encontradas aqui no Brasil, estão muito aquém da qualidade de rações oferecidas no exterior, como Orijen, Summum, Lupo Natural, Black Angus, entre outras, que são facilmente encontradas no mercado europeu e norte americano. De maneira geral, todas essas marcas obedecem normas de produção muito mais rigorosas do que as brasileiras. A maior evidência disso, é que todas essas marcas de ração são apropriadas para consumo humano. É isso mesmo, não houve nenhum erro de digitação nessa última sentença. As empresas garantem a qualidade dos produtos até mesmo para que os donos dos animais possam ao menos provar a ração, sem nenhum risco à saúde. Você pode encontrar mais informações sobre este assunto no site www.PetsMenu.Pt.

Aqui no Brasil, infelizmente, os cães e seus proprietários enfrentam um cenário completamente diferente. A liderança do setor é dividida entre duas multinacionais. A primeira é o grupo Mars, que fabrica as marcas de ração para cães como Pedigree, Royal Canin e a ração de linha Super Premium Eukanuba. A outra é a Nestlé/Purina, proprietária das marcas DogChow, Friskies, Revena e a Super Premium ProPlan.

Um diferenciais mais decepcionantes em relação aos produtos oferecidos no mercado internacional, é que aqui no Brasil o consumidor final não é encorajado a identificar o fabricante da marca de alimento que oferece para seu cão. Dados da pesquisa da CVA Solutions, que questionou 3.675 donos de cães, indicam que apenas 30% dos proprietários de cães conseguem identificar qual é o fabricante da ração que oferecem para seu pet. Ao contrário de muitos países onde é comum os fabricantes buscarem fortalecer a ligação da marca corporativa, criando um link com a marca dos produtos na intenção de fortalecer a confiança entre o consumidor e qualidade dos produtos, isso não parece ser uma prioridade para a maioria dos produtores de rações comerciais aqui no Brasil.

Há ainda, outras marcas de ração no mercado, como a Premier Pet, que promete uma nutrição de qualidade para cães e oferece produtos de diversas linhas e faixas de preço, incluindo as rações de linhas medicinais.

As rações para cães fabricadas no brasil são de fato ruins?

Em primeiro lugar, considere que há diversas marcas e linhas de ração industrializadas oferecidas no mercado brasileiro, e sem dúvida, há também grande diferença de qualidade entre elas. O problema mais decepcionante em relação aos produtos fabricados industrialmente é que não parece haver uma preocupação com a qualidade final do produto, que pode conter impurezas, salmonela e que são totalmente contra indicados para o consumo humano, por exemplo. E, ainda mais decepcionante é que todas elas obedecem a regulamentação vigente para o mercado nacional.

Uma pergunta que podemos deixar aqui para refletirmos sobre a qualidade da ração fabricada industrialmente aqui no Brasil seria exatamente essa. Se é impróprio para o meu próprio consumo, por que é apropriado para o consumo do meu cão?

Este artigo, assim como todos os outros artigos do Blog do Cachorro foi escrito exclusivamente para o Blog do Cachorro. Se você gostou e se você valoriza uma internet com conteúdo original, curta, compartilhe e comente!

Para saber mais sobre ração e alimentação canina, confira os posts listados abaixo.

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

O Blog do Cachorro é um web site onde você pode encontrar tudo sobre cachorros! Se você busca por informações, dicas, artigos sobre cuidados, saúde, comportamento canino, raças de cachorros, e demais assuntos relacionados aos nossos queridos peludos de quatro patas, este é o lugar certo.

Ver artigos de Blog do Cachorro