Beagle

Raça Beagle

O Beagle é uma raça de cães muito antiga. Este pequeno e simpático cão de caça é considerado o menor dos sabujos da Inglatererra aparentando um Foxhound  em miniatura. Se o Fox Terrier é famoso por causa do Milu de ‘As Aventuras de Tintim’, e o Schnauzer também é reconhecido em todo o Brasil graças ao Bidú, personagem de Maurício de Souza, também com o Beagle não é diferente.

Beagle

Raça Beagle

 

Raça Beagle

Os cães da raça Beagle são robustos, compactos e elegantes. A cabeça é de comprimento médio, forte, sem rugas ou vincos, mais delicada nas fêmeas. A cabeça é arredondado, e moderadamente larga. Tem o stop bem definido, e o focinho é largo, preto, com menos pigmentação em cães com pelagem mais clara. Os olhos são grandes, sempre com um ar doce e travesso, são bem separados, e tem cor marrom escuro ou avelã. As orelhas são longas, com extremidades arredondadas, e caem graciosamente pelo seu rosto e ao ser esticada é capaz de alcançar a ponta do nariz. A cauda é forte e de comprimento médio, nunca pode ser enrolada ou caída.

O Beagle, que muita gente chama simplesmente de Snoopy é um cachorrinho muito alegre e espirituoso, mas ao mesmo tempo extremamente teimoso e inteligente. Parece com alguém que você conhece? Além de ser um cachorro bonito, também é uma raça muito fácil de cuidar, é um cão robusto, que não tem predisposição a doenças, não tem problemas digestivos, e sua pelagem é simples de cuidar além de não ter cheiro desagradável.

Tanta força e resistência, permite a esta raça de cachorro se desenvolver em toda sua plenitude sem cuidados muito especiais e fazem com que ele tenda a ter uma “saúde de ferro”.

Além das características de saúde e facilidade de criação, também outras características da raça Beagle contribuem para a sua grande popularidade em todo o mundo. Este é um cachorro perfeito para viver integrado a uma família, graças ao seu porte, aparência e olhar gentil e inteligente, além de sua sociabilidade, estas características  fazem ser muito fácil de mantê-lo dentro de casa. Este é um cão que sabe como aprender e se adaptar muito bem em todos os lugares, é um cachorro que late apenas se houver motivo. além de ser um ótimo companheiro para as crianças. Em resumo, o Beagle é um excelente cachorro para a família, e os melhores amigos deste cachorrinho sempre serão as as crianças.

A raça Beagle foi desenvolvida para ser um cão de caça e os cães dessa raça nasce pronto para se tornar bons cães de trabalho. Ele tem o instinto natural desenvolvido ao longo de gerações para desenvolver esta tarefa instintivamente.

História da Raça Beagle

Cães de tamanho e finalidade semelhantes ao deles eram encontrados na Grécia Antiga, período que data do século V a.C. Xenofonte, nascido por volta de 433 a.C., em seu ‘Tratado Sobre a Caça’, refere-se a um cachorro que caçava lebres pelo olfato. Cães de pequeno porte são mencionados na legislação florestal de Canuto, se esta menção for verdadeira, essas leis confirmam que cães de tipo Beagle existiam na Inglaterra antes de 1016. O Southern Hound é considerado um antepassado do padrão moderno. No século XI, Guilherme, o Conquistador, levou a raça de cães Talbot para a Inglaterra. este era um cachorro derivado do Cão de Santo Humberto, que havia sido desenvolvido no século VIII. Os Talbots ingleses teriam sido cruzados com Galgos para ter maior velocidade. Estes cães, provavelmente deram origem ao Southern Hound que, por sua vez, é considerado como um antepassado da raça.

Desde os tempos medievais, eles teriam sido nomeados assim para descrever de forma genérica cães menores. Raças de cães pequenos do tipo Beagle eram conhecidas desde os tempos de Eduardo II e Henrique VII, os dois tiveram matilhas de Glove Beagles, e tinham este nome por serem pequenos ao ponto de caber em uma luva. Nomeado em honra da rainha Elizabeth I, como “Beagle Elizabeth”  ou “Pocket Beagle” exemplares desta raça foram criados para medir entre 18 a 23 cm de altura.  Contam que a rainha entretinha os convidados, à sua mesa real, deixando seus “Pocket Beagles” correr entre os pratos e copos. Estes Exemplares deste ‘tipo de Beagles’ foram criados na Grã-Bretanha até o século XIX, devido ao seu pequeno tamanho, não poderiam ser reproduzidos facilmente e pouco a pouco começaram a desaparecer, até tornarem-se extintos no século XIX. Apesar de tentativas posteriores de reviver a variação da raça “Beagle Elizabeth” ou “Pocket Beagle”, no início dos anos 900, mas infelizmente esta tentativa dos criadores não foi bem sucedida. Portanto, o  último padrão do Beagle não oferece essa variedade, agora cães menores que 33 cm são considerados fora do padrão.

Imagens do século XIX mostram um cachorro de corpo mais pesado e sem as características refinadas que a raça apresenta atualmente.

Em meados do século XVIII duas raças foram desenvolvidas para caçar lebres e coelhos: o Southern Hound e North Country Beagle (ou Northern Hound). O Southern Hound, tinha aparência de uma cachorro alto, pesado, com uma cabeça quadrada e orelhas longas e macias,  sua aparência o denuncia como sendo intimamente relacionado ao Talbot Hound. Não era um cachorro rápido mas era forte e tinha um olfato incrível

O reverendo Phillip Honeywood foi responsável por uma criação da raça em Essex em 1830 e acredita-se que este grupo é o responsável pela características que a raça apresenta nos dias de hoje. Embora os detalhes da linhagem e reprodução de sua criação não tenham sido registrados, acredita-se que North Country Beagles e South Hounds foram entrecruzados. William Youatt acredita que exemplares do tipo Harriers, formem uma boa parte da linhagem dos Beagles. Os Beagles de Honeywood eram pequenos, com cerca de 25 cm na altura da cernelha e sua cor seria branca de acordo com registros no The Sportsman’s Library em 1845. O Príncipe Alberto e o Lord Winterton também tinham suas criações de Beagles mais ou menos no mesmo período e o fato de serem criado pela realeza, certamente, contribuiu para popularidade da raça.

Em 1840, o Beagle estava começando a ganhar um padrão, mas ainda existia uma grande variação quanto ao tamanho e suas características. Em 1856, a raça foi classificada pelo Manual of British Rural Sports em quatro variedades, o Beagle médio,o Beagle anão, o Beagle raposa (a versão menor e mais lenta do Foxhound),e o Beagle Terrier, que foi classificado como sendo resultante do cruzamento entre qualquer uma das outras variedades com um terriers escoceses.

Em 1887, existiam apenas 18 criadores de Beagle na Inglaterra. E a raça corria risco eminente de extinção. O Clube do Beagle foi criado em 1890 e, o primeiro padrão também foi criado naquele momento. No ano seguinte, a Associação de Criadores de Harriers e Beagles também foi criada. Ambas as organizações tinham como objetivo promover a raça e criar um padrão para o Beagle. No ano de 1902, o número de criadores da raça havia subido para 44.

Portanto, concluímos que o Beagle é uma raça de cães de caça, de tamanho médio de origem Inglesa. Possui um excelente olfato, e foi originalmente usada para caça de animais, como coelhos, raposas, faisões e lebres. O Beagle é uma raça muito antiga no século XIII foi mencionada em alguns poemas. Era a raça de cães favorita da rainha Elizabeth I e se espalhou na maioria dos países europeus, com excelentes resultados. Na França, é, sem dúvida, a raça mais popular de cães. Na Grã-Bretanha, como a maioria das raças de caça é criada para dois propósitos e de duas maneiras diferentes. Algumas linhagens de Beagles são criadas para caçar e outra linhagem de Beagles são criados para companhia e exposições, mas tem apenas um único padrão oficial. Na França, a raça chegou em 1860 e se tornou, com o passar do tempo um cão muito procurado por suas habilidades e desempenho na caça, já na Inglaterra não era considerado um excelente cão de caça, por causa do seu pequeno tamanho e a sua velocidade moderada. A sua propagação na Itália ocorreu nas últimas décadas, mas o seu papel, na sua maior parte, é só para animal de estimação. No Brasil a raça é bastante popular.

Temperamento e cuidados com a raça Beagle

Esta é uma raça de cachorro muito feliz, curioso, inteligente, nunca é agressivo, carinhoso com todos, em cada movimento ele expressa a sua alegria de viver. Apesar de ser um cachorro muito doce, você pode encontrar muitos problemas para educar o Beagle, pois ele tende a ter um caráter um pouco apressado,o que não faz dele um cachorro exatamente teimoso, mas sim, requer educação e disciplina desde muito cedo, não por causa de sua personalidade, ele não é um cachorro rebelde, apesar de poder até mastigar os móveis da casa na infância. Eles ficam muito apegados ao dono, seguindo-o continuamente em todas as suas atividades, por isso muitos o chama de “cachorro-sombra”. Justamente por causa deste apego quase irritante para o proprietário, é uma das raças que mais sofrem de ansiedade de separação.

Sendo um cão que foi selecionado para encontrar e seguir trilhas pelo olfato, isso faz com que você encontre uma séria dificuldade em ensinar estes cães para voltar quando se distancia seguindo alguma pista, por isso é recomendável mate-lo sempre na coleira, porque eles são literalmente ‘sequestrados’ pelos cheiros do ambiente.

O Beagle, é muito sociável com outros cães e com as pessoas, e é considerado por muitos o melhor cachorro para famílias com crianças pequenas porque está sempre disponível para brincar e nunca será  agressivo. O Beagle não late muito, exceto em momentos de agitação ou  empolgação. Sua pelagem é brilhante e fácil de cuidar e por causa de seu tamanho pode ser criado em um apartamento, desde que lhe seja dada a oportunidade de uma longa caminhada diária. Constantemente procura a companhia da pessoa de quem mais gosta. O Beagle é um excelente cão de caça e também de companhia, mas não é recomendado para pessoas idosas que estão à procura de cães independentes, o Beagle é acostumado a se atirar pelo caminho e isso pode causar acidentes. Você tem que ter muito cuidado ao se aproximar de estranhos, embora possam ser inicialmente retraídos com estranhos, são facilmente conquistados. O Beagle está inclinado a confiar em qualquer um por causa de sua natureza sociável, e isso irá limitar a sua função de cão de guarda.

A comida do Beagle deve ser oferecida dividida em duas porções diárias e com as medidas bem pesadas, pois a raça tem tendência a obesidade e isso pode prejudicar sua boa saúde. Uma boa escovação semanal é mais do que suficiente para manter a pelagem sempre bonita. Banhos muito frequentes, não são necessários.

Ficha da raça – Beagle

Beagle

Galeria de fotos – raça Beagle

BeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagleBeagle - SnoopyBeagle - SnoopyBeagle - SnoopyBeagle Snoopy