Comportamento
agosto 20, 2013 postado por Blog do Cachorro

Linguagem Corporal Canina – Parte 6 – O Cachorro

Linguagem corporal canina - O que significam os sinais em conjunto?

As mensagens que os cachorros nos enviam com sua linguagem corporal podem ser sutis, mas com muita atenção, a maioria das pessoas pode aprender a reconhecer e interpretar os significados mais importantes da linguagem corporal canina. É fundamental saber quando o seu cachorro está feliz, quando está brincalhão, quando ele está preocupado ou com medo, quando ele está se sentindo hesitante ou inseguro sobre alguma coisa, ou situação, ou alguém, quando ele está  sentindo-se chateado, ou potencialmente  irritado com alguma coisa ou situação. A partir do momento que você possa reconhecer essas mensagens, você poderá interagir com ele de forma muito mais segura, e você também poderá protegê-lo de situações desnecessárias, tornando a vida de seu peludo muito mais estável e feliz.

Entendendo a linguagem corporal canina – Quando um cachorro está satisfeito e feliz?

A linguagem corporal canina, nos diz que este cão está  feliz quando podemos observá-lo com os músculos completamente relaxados, a cauda e as orelhas posicionadas de forma natural, um cachorro feliz, não parece nem grande nem pequeno para a sua constituição física. Ele pode abanar o rabo de um lado para outro ou em um movimento circular. Sua expressão facial será neutra, ou ele parecerá feliz, os músculos de seu rosto estarão relaxados, sua boca fechada ou ligeiramente aberta, e ele até poderá ter uma aparência ofegante com um ritmo de respiração irregular. Os cantos da boca podem estar ligeiramente para cima, como se estivesse sorrindo.

Entendendo a Linguagem corporal canina - (Parte 6)

Entendendo a Linguagem corporal canina – (Parte 6)

Entendendo a linguagem corporal canina – Quando um cachorro está em estado de alerta?

A linguagem corporal canina em estado de alerta, é muito simples de ser detectado, pois o cachorro mantem um olhar fixo e todo seu corpo estará voltado para o objeto de atenção. O cachorro irá manter sua posição natural com o seu peso centralizado sobre as quatro patas, as orelhas estarão colocadas para cima e para a frente, e sua cabeça e pescoço irão manter-se eretos. A cauda do cachorro ou ficará em sua posição natural ou para alguns cachorros, sobre suas costas, a cauda também estará rígida e imóvel. Seu olhar será direcionado e muito bem focado para o objeto onde ele projeta sua atenção. A boca do cachorro normalmente ficará fechada e ainda poderá usá-la para rosnar o ou latir. A pelagem de alguns cães poderá ficar arrepiada na altura dos ombros.

Entendendo a linguagem corporal canina – Quando um cachorro está excitado?

A linguagem corporal de um cachorro em estado excitado, é muito parecida com a linguagem corporal canina de um cachorro em estado de alerta, mas ele também poderá adotar um comportamento brincalhão. O corpo do cachorro estará em estado de atenção, ele manterá uma aparência física natural com relação ao seu tamanho, mas o seu peso poderá estar centralizado sobre as pernas traseiras, enquanto prepara-se para mover-se. Suas orelhas estarão projetadas para cima e sua cauda estará erguida, podendo ou não abaná-la. O olhar estará fixado no indivíduo ou objeto que é a fonte de sua excitação. Cães excitados muitas vezes, mantem a boca aberta, podendo latir ou não.

Entendendo a Linguagem corporal canina

Entendendo a linguagem corporal canina – Quando um cachorro está se sentindo provocado?

A linguagem corporal de um cachorro que está sentindo-se provocado é um pouco mais complexa e pode demorar um pouco até que você consiga distingui-la pois a linguagem corporal, poderá ser confundida com o cão em alerta e excitado. Você só conseguirá perceber a diferença no momento em que a excitação fará com que o cachorro comece a demonstrar hesitação, medo ou agressividade. No entanto, quase tudo sobre a  linguagem corporal do cachorro depende do que ele está sentindo; medo, insegurança ou raiva. Seu corpo poderá parecer de tamanho normal ou maior, as orelhas podem estar abaixadas e para o lado ou projetadas para a frente, e sua cauda poderá permanecer baixa, ou em posição natural ou alta. Ele pode ou não estar olhando diretamente para uma pessoa ou objeto. Às vezes, não haverá nada no ambiente que seja óbvio para nós, mas um cachorro pode ser provocado por um som que não podemos ouvir ou um odor que não podemos sentir.

Entendendo a linguagem corporal canina – Quando um cachorro está querendo brincar?

É bastante fácil de detectar a linguagem corporal de um cachorro que está querendo brincar. Seus movimentos do corpo são irregulares e saltitantes e em alguns casos até mesmo bruscos. Ele pode saltar em volta de você ou do objeto de interesse, dar reviravoltas exageradas, correr em círculos  e saltar. Ele pode correr em sua direção, desviar quando estiver se aproximando de você, poderá bater a pata em você e depois sair correndo para convidá-lo para uma brincadeira de perseguição. Ou poderá  simplesmente pular em você e começar brincar de mordê-lo ou lamber. Cães possuem um grande leque de brincadeiras, incluindo brincadeiras de pegar (em que o cão ou é o caçador ou a caça), brincadeiras de derrubar, morder e rolar, lutar ou se atracar de brincadeira. Também brincam de “manter-afastado” utilizando um objeto, como um brinquedo ou um pauzinho. Quase toda brincadeira é intercalada com uma pausa característica, que é comum a todos os cães. Quando acontecem estes intervalos na brincadeira do cachorro, ele posiciona as patas dianteiras no chão por intermédio de um salto e as patas traseiras ficam estendidas de modo que o o traseiro fica posicionado para cima. Este é um sinal extremamente importante, porque grande parte das brincadeiras dos cachorros consiste em comportamentos agressivos e posturas dominantes. E esta posição é o que demonstra o desejo de brincar, tudo o que virá a seguir deste comportamento será brincadeira, por isso você deve ter em mente que cachorros são brutos e este comportamento é extremamente positivo. Alguns cães também exibem uma feição facial feliz quando desejam brincar, que é  caracterizada pela boca parcialmente aberta, que lembra bastante um sorriso. Um cão brincalhão também pode rosnar ou emitir latidos agudos.

Entendendo a linguagem corporal canina – Quando um cachorro está assustado?

A linguagem corporal de um cachorro que está sentindo medo, é de uma posição que faça-o parecer pequeno. Geralmente o corpo do cachorro parece curvado, com o rabo projetado para  baixo ou escondido entre suas pernas traseiras, as orelhas baixas e grudadas a cabeça. Ele pode tentar esconder-se junto ao chão e também poderá tentar fugir, um posição típica é centralizar o peso de seu corpo sobre as patas traseiras, na intenção de fugir rapidamente assim que possível, ou ele poderá inclinar-se lateralmente para que possa recuar. O olhar poderá estar diretamente focado para a fonte de seu medo ou ele poderá desviar o olhar. Os músculos de seu corpo e rosto ficarão tensos e rígidos. Ele também poderá bocejar de forma exagerada.

Entendendo a Linguagem corporal canina

Entendendo a linguagem corporal canina – Quando um cachorro está tentando demonstrar dominância?

Ao interagir ou com uma pessoa ou um outro cão, alguns cachorros geralmente transmitem uma atitude confiante e positiva que é conhecida como dominante. A linguagem corporal de um cachorro que está agindo de forma dominante é de um cão que projeta uma imagem física, que o faz parecer maior, às vezes o cachorro parece estar na ponta dos pés, e projeta seu olhar e seu pescoço para frente e para cima, tentando parecer maior. O cachorro irá apresentar uma musculatura nitidamente tensa, como a de uma mola enrolada. O peso do cão estará distribuído uniformemente sobre as quatro patas, ou ele se posicionará inclinado-se levemente para a frente. As orelhas estarão eretas e projetadas para a frente. A cauda terá uma aparência rígida, elevada e as vezes poderá balança-la rapidamente e com movimentos curtos e duros. A pelagem pode ou não estar eriçada sobre os ombros ou ao longo de suas costas. Ele geralmente fará contato visual direto com o outro indivíduo. Podendo até  rosnar, mas sua boca normalmente permanecerá fechada.

Entendendo a linguagem corporal canina – Quando um cachorro está demonstrando um comportamento submisso?

Um cachorro emite uma linguagem corporal submissa, quando ao interagir com uma pessoa ou outro cão, ele busca transmitir a mensagem de que ele está disposto a submeter-se ao desejo de outro indivíduo, uma linguagem física que informa que ele não é uma ameaça e que uma atitude agressiva é desnecessária. O corpo deste cachorro estará projetado de forma que ele pareça menor, totalmente projetado para o chão. Apresentará a cauda baixa ou enrolada, às vezes  balançando rapidamente para frente e para trás. Ele manterá suas orelhas baixas e provavelmente presas junto a cabeça. O pescoço estará projetado para baixo e o focinho projetado para cima em direção ao indivíduo. Se estiver se portanto de forma submissa com relação a uma pessoa, o cachorro poderá acariciá-la, ou lambe-la. Sempre procurando desviar os olhos para não olhar diretamente para a outra pessoa. Alguns cães, principalmente filhotes, chegam até a  urinar.

O cachorro poderá mudar de submissão ativa, que acabamos de descrever, para uma atitude mais passiva, em que ele se deita e rola de costas para exibir sua barriga. Nesta linguagem corporal, que chamamos aqui de submissão passiva, o cachorro poderá ficar parado, ou ele poderá ”dar a pata”. Também poderá olhar para os lados e choramingar. Alguns cães, principalmente filhotes, também costumam urinar nesta posição.

Entendendo a linguagem corporal canina

Entendendo a linguagem corporal canina – Quando um cachorro está se tornando agressivo por medo?

Cães que transmitem uma linguagem corporal agressiva, são extremamente parecidos com cachorros aterrorizados de medo, exceto que eles provavelmente irão rosnar e mostrarão os dentes. Alguns cães medrosos jamais chegarão a se tornarem agressivos, mas outros inevitavelmente, se tornarão agressivos por instinto de defesa. Um cão medroso não é necessariamente suscetível a morder uma pessoa ou outro animal, ao menos que todas as formas de fugir da situação que o amedronta estejam bloqueadas e ele sinta-se acuado. Quando isso acontece, o cachorro tende a encolher-se, mas ao mesmo tempo, mostra os dentes e pode rosnar. Se ele acabar mordendo, normalmente é um alerta e a mordida não será exatamente para valer, neste caso, o cachorro sempre buscará distanciar-se para o mais longe da ameaça possível. Alguns cães esperarão até que a pessoa ou animal que os assusta recue, e então eles poderão até tentar dar uma beliscada de alerta para que o perigo não retorne.

Entendendo a linguagem corporal canina – Quando um cachorro está se tornando ofensivamente agressivo?

Você poderá observar a linguagem corporal agressiva ofensiva, quando um cachorro de fato estiver intenção de atacar uma pessoa ou outro animal. O cão poderá ou não parar, se a pessoa ou outro animal em que ele está focado mantiver distância ou diminuir seu tamanho com intenção de mostrar que não deseja ser uma ameaça. Certamente um cachorro nesta situação fará o melhor possível para parecer maior e intimidar o que o assusta, mantendo a cabeça erguida, as orelhas projetadas para cima e para a frente, e a cauda levantada e rígida. O corpo do cachorro irá equilibrar-se sobre as patas dianteiras para que ele esteja pronto para dar um bote para a frente. O olhar intimidador estará voltado fixamente em direção a pessoa ou animal. Ele mostrará os dentes, franzirá o focinho e retrairá os lábios verticalmente, para mostrar seus dentes da frente. Geralmente o rosnado de um cachorro que está emitindo esta linguagem corporal é baixo em um tom muito ameaçador. É imperativo que caso você se encontre algum dia em uma situação parecida, jamais dê as costas para o cachorro, não olhe em seus olhos diretamente e nunca saia correndo.

Entendendo a linguagem corporal canina – Quando um cachorro está se mostrando agressivo para se defender?

A maioria dos cães dão muitos avisos antes de reagir de forma agressiva, mas você precisa saber o que observar na linguagem corporal para reconhecer os sinais. Um cachorro que fica agressivo defensivamente, sempre irá preferir não entrar em uma briga sem que isso seja necessário. Este cachorro sempre irá preferir que a pessoa ou outro animal deixe-o em paz e demonstre um comportamento submisso, para que não haja necessidade de envolver-se em conflitos desnecessários. Mas, ao mesmo tempo, ele estará pronto para defender-se, pois estará sentindo-se com muito medo e raiva, muitas vezes ele adota uma combinação de posturas medrosas e ofensivas. Normalmente, ele parecerá grande, com as orelhas projetadas para cima e para a frente, e sua cauda estará mantida alta e rígida. Ele concentrará  seu peso diretamente sobre as quatro patas, ou sobre as patas dianteiras, ou sobre as patas traseiras, dependendo da situação. Normalmente, isso depende de quanto ele estará próximo da ameaça e se a sua intenção é de permanecer firme, e atacar ou recuar. Normalmente, ele erguerá os lábios e mostrará os dentespodendo ou não enrugar o focinho. Normalmente, rosnará. Geralmente a pelagem irá arrepiar-se. Se este cachorro fosse um ser humano ele estaria pensando algo como: “Um bom ataque é a melhor defesa!” Mas na verdade estes cães geralmente estão blefando e o que eles realmente desejam é fazer a ameaça recuar.

Entendendo a Linguagem corporal canina

Saiba + Sobre Comportamento Canino – Linguagem Canina

Ricardo Tamborini especialista em comportamento canino



Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

O Blog do Cachorro é um web site onde você pode encontrar tudo sobre cachorros! Se você busca por informações, dicas, artigos sobre cuidados, saúde, comportamento canino, raças de cachorros, e demais assuntos relacionados aos nossos queridos peludos de quatro patas, este é o lugar certo.

Ver artigos de Blog do Cachorro