Curiosidades
julho 13, 2014 postado por Blog do Cachorro


Intoxicação por produtos químicos de uso doméstico

Intoxicação em cães por produtos químicos, de limpeza, ingestão acidental de buchas ou palha de aço, desinfetantes, creolina, solventes, ácidos, adubos, venenos e outros produtos

Por terem uma personalidade naturalmente curiosa e aventureira não se surpreenda se seu cachorro involuntariamente acabar ingerindo alguma substância química que você tem em casa e que certamente será tóxica para ele. Apesar de todos os nossos esforços para tornar nossas casas um lugar seguro para nossos cachorros, infelizmente acidentes que envolvem produtos de limpeza, produtos de beleza ou até mesmo outras substâncias químicas venenosas podem ser fatais e podem acabar acontecendo.

Um cachorro pode se tornar vítima de envenenamento químico se ele engolir um produto químico ou qualquer substância quimicamente contaminada. Isso também pode acontecer se seu cachorro lambe uma substância tóxica de sua pele, come alguma planta, grama ou alguma coisa que esteja envenenada. Ou ainda, inale gases tóxicos ou absorva uma quantidade considerável de uma substância química através de sua pele.

Intoxicação em cães por produtos químicos de uso doméstico

Intoxicação em cães por produtos químicos de uso doméstico

Quais tipos de produtos de limpeza de uso doméstico podem ser prejudiciais para os cachorros?

Geralmente todas as casas mantem um estoque de diversos produtos de limpeza, solventes de tipos diferentes, detergentes, pesticidas e agentes de tratamento, como produtos biológicos para tratar ralos e fossas, produtos para limpeza de piscinas, venenos para ratos, formigas, pragas de jardim, e até mesmo adubos, alguns especialmente perigosos como a torra de mamona. O problema é que a grande maioria destes produtos químicos se forem ingeridos por animais de estimação, provavelmente irão fazer com que seu animal fique muito doente. Alguns solventes e produtos de limpeza podem até ser fatais para seu cachorro.

Quando meus cães eram mais novinhos, eles ficavam enfeitiçados por buchas de lavar louça. Virávamos as costas e lá estavam meus “avestruzes”, deliciando-se com uma bucha de lavar louça. Um perigo! O pior é que era praticamente impossível fazer com que eles não acabassem pegando uma bucha de lavar louça. Com o tempo, isso passou, mas aprendemos algumas coisas aqui em casa. Primeiro tivemos que aprender a fazê-los vomitar a bucha, uma coisa bem chata! Depois disso, começamos a colocar as buchas em potinhos fechados e bem no alto. A coisa mais importante que aprendemos é que eles só sobreviveram a estas “ingestões de buchas”, pois era possível que vomitassem. Se ao contrário, meus cães tivessem ingerido palha de aço, haveria a necessidade de fazer uma cirurgia para removê-la e não seria 100% garantido o sucesso desta intervenção cirúrgica. Portanto se você tem cães de grande porte em casa, que tenham acesso à sua cozinha, é importante ficar atento a coisas aparentemente inofensivas como buchas e palhas de aço também!

A melhor forma de prevenir acidentes com produtos de limpeza, beleza e demais produtos químicos e venenos, é claro, é a prevenção. Mantenha todos os produtos de limpeza doméstica longe de seus pets. Produtos perfumados e com cheiros fortes, podem acabar sendo especialmente perigosos, pois atraem a atenção dos animais que tem um olfato bastante apurado. Se você suspeitar que seu cachorro possa ter  ingerido, ou entrado em contato com qualquer produto supostamente perigoso, chame seu veterinário imediatamente. Quando for com seu cachorro ao veterinário, não deixe de levar consigo a embalagem do produto químico que você acredita, ou tenha certeza que seu animal possa ter ingerido.

Saiba um pouco mais sobre os produtos domésticos capazes de causar intoxicação em nossos pets, como produtos de limpeza, desinfetantes, creolina, solventes, ácidos, adubos, venenos e outros produtos químicos

Intoxicação por produtos químicos de uso doméstico

Intoxicação por produtos químicos de uso doméstico

Produtos químicos corrosivos

Usados principalmente para dissolver sujeira, são as substâncias mais perigosas para o seu cão. Eles irão queimar imediatamente os tecidos da boca e da garganta de seu pet. Se seu cachorro ingerir acidentalmente qualquer um destes produtos químicos, você NÃO deverá de forma alguma provocar o vômito, porque ao fazê-lo, a substância corrosiva irá causar mais danos a mucosa, revestimento do tubo digestivo.

Produtos químicos corrosivos tóxicos para os cachorros

O que podem causar em nossos pets

  • Querosene / gasolina
  • Língua ulcerada ou inflamada
  • Creolina e soda cáustica
  • Queimaduras cinzento-amareladas nos lábios, boca ou língua
  • Fluído de isqueiro
  • Vômito com sangue
  • Produtos resultantes da limpeza de drenagem de vasos
  • Choque
  • Soluções químicas fertilizantes e de ataque a pragas
  • Dores abdominais
  • Polidores de pisos, móveis e calçados
  • Diarreia
  • Removedores de tinta
  • Incapacidade de comer por causa de feridas na boca
  • Ceras líquidas e sólidas
  • Mau cheiro que emana da boca por causa da necrose do tecido
  • Limpadores de forno
  • Salivação excessiva
  • Conservantes de madeira (óleo creosoto)
 
  • Sabão de lavar louça
 
  • Lixívia
 
  • Ácido de bateria
 
  • Substâncias a base de Fenol (desinfetantes, emolientes, fungicidas, reveladores fotográficos)
 
  • Solventes
 
  • Cloro e alvejantes
 

Produtos químicos não corrosivos

Igualmente tóxicos e não menos fatais, esses produtos químicos são encontrados mais frequentemente em locais mais baixos, onde os cães podem alcançá-los. Se o seu cachorro ingerir acidentalmente qualquer um destes produtos, o vômito pode ser induzido para expelir o máximo possível do produto tóxico.

Produtos químicos não corrosivos tóxicos para os cachorros

O que podem causar em nossos pets

  • Alvejante
  • Vômitos
  • Detergentes
  • Respiração ofegante
  • Corantes
  • Dores abdominais
  • Os pesticidas e herbicidas
  • Salivação excessiva
  • Aerosóis
  • Membros trêmulos
  • Fósforo de cozinha
  • Dificuldade em caminhar
  • Colas
  • Febre
  • Acetona
  • Perda de apetite
  • Naftaleno (naftalina)
  • Fraqueza
  • Ácido bórico (encontrado em loção de barbear)
  • Diarreia
  • Tetracloreto de carbono (extintor de incêndio líquido)
  • Depressão
  • Composto bórax (extintor de incêndio em pó)
  • Choramingos
  • Desodorantes
  • Convulsões
  • Amaciante de roupa
 
  • Óleo de pinho
 
  • WD40

 

O que fazer se seu cão ingeriu uma substância tóxica?

Se você suspeita que seu animal de estimação tenha ingerido uma substância tóxica, a primeira coisa que você deve fazer é tentar determinar qual foi a substância química que ele ingeriu ou inalou, ou entrou em contato. Leia o rótulo do produto para conferir os ingredientes de composição do mesmo e também para cientificar-se das instruções sobre a ingestão acidental. Entre em contato com seu veterinário imediatamente ou leve seu pet a clínica mais próxima de você.

É sempre muito importante nestes casos, observar quais os sintomas que seu cachorro está apresentando com cuidado. No caso de seu peludo estar vomitando ou apresentar diarreia, pode ser interessante coletar amostras para que seu veterinário possa analisar a fim de ajudar no diagnóstico. O tratamento de animais que sofrem de intoxicação por produtos químicos, irá variar de acordo com a substância contida no produto que que ele ingeriu, inalou ou absorveu através da pele. Evite tentar lavar a boca do seu pet, pois ele poderá ingerir a água e isso pode prejudicar ainda mais a situação.

É recomendado que todo proprietário de cachorro tenha sempre à mão um kit de primeiros socorros, para casos de emergência. Você também pode pensar em ter em sua farmacinha, remédios como antiácidos e óleo vegetal (que pode ser usado para lubrificar a mucosa gastro intestinal ou até remover substâncias na pele), peróxido de hidrogênio pode ser indicado para alguns casos em que seu veterinário opte por induzir o vômito (mas NUNCA tente induzir o vômito de seu cachorro sem orientação veterinária prévia), também é interessante ter sempre a mão vinagre ou suco de limão diluído (que em alguns casos pode para ajudar a neutralizar um produto álcali, no entanto, também NUNCA administre nenhum tipo de tratamento contra intoxicação por produtos químicos sem a recomendação de seu veterinário). Além disso, é muito importante saber sempre quanto o seu cão está pesando, porque os tratamentos geralmente são medidos em proporção ao peso do animal.

A importância de proteger seu cachorro de um possível envenenamento químico

Intoxicação por produtos químicos de uso doméstico

Intoxicação por produtos químicos de uso doméstico

Como a maioria dos produtos químicos domésticos em nossas casas, são essenciais para nossas rotinas de saneamento e limpeza, tudo o que podemos fazer para proteger nossos cães é estritamente monitorar nossos peludos e planejar melhor onde guardar nossos produtos químicos. É fundamental, orientar funcionários e todos os moradores da casa sobre a importância de acondicionar os produtos e o grau de fatalidade que acidentes podem ocasionar aos cães, gatos e outros pets. Para proteger seu cachorro contra envenenamento químico, verifique armários, dispensas e todas as áreas de armazenamento de produtos de limpeza, higiene, beleza e também pesticidas para se certificar que todos os produtos nocivos estão fora do alcance do seu cachorro e outros pets. Também é igualmente importante ter certeza de que não existem embalagens de produtos químicos que possam estar vazando. Quando você é responsável por outra vida, como a de animais de estimação e crianças pequenas é sempre muito útil sempre ler os rótulos de todos os produtos de limpeza e demais produtos domésticos, para estar absolutamente ciente sobre as advertências e graus de periculosidade. Não esqueça de que é vital que você utilize de bom senso, se vale ou não apena adquirir aquele produto.

  • Questione-se se você será capaz de mantê-lo seguramente distante de seu cachorro.
  • Existem outras pessoas em sua casa que irão manipular este produto?
  • Estas pessoas são responsáveis e de extrema confiança?
  • Ou elas podem acabar esquecendo o produto em um local onde seu animalzinho pode acabar tendo acesso a este produto?

 

Sempre que você estiver pensando em comprar um produto para limpeza da casa, ou qualquer outro produto químico que possa vir a ser tóxico para seu cachorro, imagine que ter um cachorrinho não é diferente de ter em casa uma criança de 3-4 anos de idade e se é perigoso para uma criança, é perigoso para seu animal de estimação.

Como prevenir acidentes envolvendo cachorros e produtos químicos de uso doméstico

Uma medida de segurança, é sempre adquirir hábitos preventivos, como por exemplo, fechar a porta do lugar onde você está limpando, a fim de impedir a circulação de seu pet neste lugar. Se você deixar a porta entreaberta existirá sempre a possibilidade de que seu animal de estimação entre em contato com os produtos de limpeza que você está usando. Caso acidentalmente seu cachorro caminhe  sobre algum produto químico que tenha caído no chão, lave o mais imediatamente possível com água abundante, pois caso ele acabe lambendo suas patas, estará ingerindo assim os produtos químicos que podem se bastante tóxicos para ele.

Se você estiver pintando a casa, móveis ou objetos, ou mesmo envernizando ou pulverizando de herbicidas ou inseticidas, mantenha seu cachorro longe da área que você está utilizando estes produtos químicos, por um bom tempo, para que a substância fique seca e a toxicidade do ar se dissipe.

Intoxicação por produtos químicos de uso doméstico

Intoxicação por produtos químicos de uso doméstico

Considere sempre ter um local seguro em sua casa em que você possa manter seu pet confinado em casos de reformas, utilização de produtos químicos e dias de limpeza. Também é importante que você tenha em mente que cães são muito sensíveis à fumaça e podem inclusive absorver algumas toxinas através da pele. Portanto cuidado nunca é demais!

Se você tem em casa um quartinho de depósito de limpeza, certifique-se de mantê-lo fechado a chave sempre! Se você utiliza um galpão ou garagem para armazenar seus produtos químicos de limpeza ou jardim, Procure fazer prateleiras bem altas, funcionam para casa com cães, mas não funcionam para casas com gatinhos! Verifique se as tampas de todos os produtos químicos estão perfeitamente fechadas. Caso aconteça que um produto derrame seu conteúdo no chão, remova seu cachorro imediatamente do local e lave muito bem, e aguarde alguns dias antes de permitir que seu pet circule neste ambiente novamente. Coloque sempre produtos mais tóxicos como gasolina, querosene e aguarrás em um armário ou despensa trancada, não faça testes com algo tão perigoso! O sabor adocicado de produtos químicos como etileno-glicol, é um dos agentes mais comuns de envenenamento de animais de estimação.

Quem tem animais em casa precisa começar a enxergar um mudo de possibilidades de contaminação através de produtos que aparentemente você não imaginava serem perigosos ou conterem riscos para sua família. Seu cachorro é membro da família, são como filhos para nós, no entanto, vivem também do lado de fora da casa e podem acabar colocando na boca, iscas para formigas e outros insetos ou demais substâncias químicas que possam ter sido aplicadas sobre a grama e plantas. estes produtos químicos podem ser extremamente perigosos para o bem estar de seu animal de estimação.

Veneno para matar roedores são extremamente perigosos para os cães, já falamos sobre este assunto aqui no blog e se você tem interesse em informar-se melhor a respeito, clique aqui. Quem tem cães deve sempre pensar duas vezes antes de comprar um novo produto para pulverizar suas plantas, muitos destes produtos podem fazer um grande estrago para saúde de seu cãozinho. Existem alternativas orgânicas inofensivas para pets, informe-se sempre antes de adquirir qualquer produto químico de uso doméstico.

Nunca utilize creolina para matar bicheira em cãeseste produto pode causar lesões gravíssimas nos rins e fígado dos cachorros, além de queimaduras significativas na pele. A creolina também pode ocasionar lesões pulmonares, vômito, diarreia com sangue, podendo fazer que o cachorro chegue a ter convulsões.

Caso seu cachorro tenha sido exposto a algum produto químico que contenha creolina, lave a região afetada de forma abundante, a fim de retirar  o máximo possível do produto e leve seu pet imediatamente para o veterinário, infelizmente a creolina pode levar seu cão a óbito, por isso o tratamento deve ser iniciado com emergência.

Atualmente é possível fazer uso de desinfetantes que não são extremamente tóxicos aos animais, procure se informar a respeito destes produtos. Aqui em casa vivem atualmente 5 cães, sempre utilizamos uma solução de água sanitária e água, para fazer a limpeza e eliminar odores de urina do piso, funciona super bem e é atóxico para eles.

Se alguém lhe sugerir o uso de creolina para tratamento de bicheiras, esta pessoa está desinformada e equivocada. Nunca utilize creolina na pele de seu animal de estimação. Escrevemos um artigo sobre como tratar bicheiras aqui no blog, caso você tenha interesse em saber mais sobre como retirar bicheiras de seu cachorro, clique aqui.

Também cabe aqui, enfatizar que muitos remédios de uso tradicional em pessoas podem fazer um grande estrago no organismo de animais. Já comentamos sobre este assunto no Blog do Gato, falando sobre ibuprofeno, no entanto, paracetamol e outros medicamentos também podem ser fatais se forem ingeridos por cães. Portanto mantenha sempre todo tipo de remédio longe do alcance de crianças e animais de estimação. NUNCA administre nenhum medicamento em animais de estimação sem a indicação de seu veterinário. Se você quiser ler sobre este assunto colocamos o link logo aí embaixo para você.

Sempre que for utilizar algum produto químico em seu cachorro, certifique-se com seu veterinário previamente. Não coloque a vida de seu cachorro em risco! Considere sempre evitar a utilização de produtos tóxicos para seu animal de estimação. Lembre-se a prevenção é sempre a melhor opção!

Outros utensilios domésricos perigosos para os cachorros

  • Bucha de lavar louça
  • Palha de aço
  • Panos de chão
  • Panos de limpeza
  • Estopa
  • Facas
  • Tesouras
  • Lascas de madeira
  • Meias e roupas jogadas pelo chão
  • Sacos de lixo e saquinhos plásticos
  • Brinquedos de crianças jogados pelo chão
  • Tampas de garrafas
  • Garrafas pets e de produtos de limpeza e beleza 
  • Embalagens de forma geral
  • Cigarro
  • Cacos de vidro
  • Bibelôs e pequenos objetos de decoração
  • Fios elétricos

Saiba + Sobre Intoxicação por remédios em animais de estimação

Gatos podem tomar ibuprofeno?

Cachorro pode comer isso?

Saiba + Tudo sobre cachorros

Intoxicação por veneno de rato em cães

Cachorro pode comer chocolate?

Cachorros podem comer ração para gatos?

Comidas que cachorro não pode comer

Os perigos da ração industrializada para cachorros

Tudo sobre otohematoma – O que é otohematoma?

Cachorros podem comer pasta de amendoim?

Cachorro pode comer pão?

Posso dar arroz para meu cachorro?

Cachorros podem comer morangos?

Seu cachorro come fezes? Saiba como evitar!

Receitas para cachorro doente

Porque os cachorros cavam?

Devo dar cálcio para o meu cachorro?

Balancear uma dieta a base de ração industrializada

Fungos em cachorro – Tratamentos caseiros

Casinha de cachorro com paletes de madeira

Cachorros podem beber leite?

Idade cachorro x Idade humana – Calcule a idade do seu cachorro

Como aumentar a imunidade do meu cachorro?

Primeiros Socorros para cachorro – Basi-cão

Saiba como prevenir e tratar a bicheira

Plano de saúde para cachorro

Meu cachorro está gordo ou magro?

Receita de comida caseira para cachorro

Esporte para cachorro – Qual é o ideal para o seu?

Pneumonia em cães

Torção gástrica em cães – Sintomas, causas, diagnóstico e tratamento

Podemos pegar doenças dos cachorros?

Tudo sobre glândula anal ou adanal em cães

Síndrome da Ansiedade de Separação (SAS) em cães

O que é berne? Como tirar? Como se pega?

Cachorro não pode comer – Alimentos que fazem mal para os cachorros

Tireoide canina

Meu cachorro não quer comer

Dicas caseiras para tratar seu cachorro

Sarna demodécica – sarna negra (demodecicose)

Cortar as unhas – Como e quando cortar as unhas dos cachorros

Como ensinar meu cachorro a fazer as necessidades no lugar certo?

Gripe canina – Tosse dos Canis

Por que cachorros comem grama?

Cachorro pode comer feijão cozido?

Cães podem comer cogumelos?

Por que cachorros comem terra?



Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

O Blog do Cachorro é um web site onde você pode encontrar tudo sobre cachorros! Se você busca por informações, dicas, artigos sobre cuidados, saúde, comportamento canino, raças de cachorros, e demais assuntos relacionados aos nossos queridos peludos de quatro patas, este é o lugar certo.

Ver artigos de Blog do Cachorro