Curiosidades
setembro 11, 2013 postado por Li Kuvasz


Hospital público veterinário – Importante ou desnecessário?

Hospital público veterinário – Este é um assunto delicado, mas volta e meia me persegue.

Tenho muitas amigas protetoras que com poucos recursos ainda conseguem fazer um trabalho maravilhoso, amigas veterinárias que doam parte do seu dia para castrar animais de rua e dar atendimento a animais abandonados se houvesse uma política nacional que previsse a viabilização de um hospital público veterinário, em cada cidade do nosso país a vida de muita gente seria muito mais fácil.

Hospital público veterinário

Hospital público veterinário

Frequentemente minhas amigas são questionadas sobre este trabalho, e sei muito bem como é isto, já tive uma comunidade no orkut que se chamava “Inversão de Valores”, que com quase 6 mil membros, a toda hora vinha este questionamento se não seria inversão de valor cuidar de animais e não de pessoas, e como sempre eu rebatia, não é bem assim, os animais tem poucos defensores, a maioria dos casos de maus tratos não chegam a justiça, e quando chegam, nossas leis são muito brandas, raramente alguém é preso. Eles são indefesos, se não fosse uma minoria de protetores que lutam por isto, com certeza teríamos uma situação de calamidade, digo minoria porque o número ainda é pequeno diante de tantos casos de abandono e maus tratos.

Tudo seria socialmente muito diferente se existisse de fato no Brasil o tão sonhado projeto de um hospital público veterinário à nível nacional.

Hoje vi uma reportagem que fiquei estarrecida, ele dizia assim:

– Ainda temos um longo compromisso a cumprir com os humanos antes de darmos tratamento igualitário aos “membros da família” de quatro patas. (E com estas palavras desvanece a esperança de se concretizar o sonho de um hospital público veterinário pata todos os animais do Brasil).

Opa, não é bem assim, temos sim um longo caminho, que devemos cobrar dos nossos governantes porque pagamos impostos para isto, e muitos impostos por sinal, agora os membros da família de quatro patas a que ele se refere, não sabem falar e reivindicar, e quem faz por eles tem que se virar para conseguir arrecadar fundos para dar uma vida um pouco mais digna a estes seres que sofrem ao extremo.

Criticam inclusive o mercado ligado direta ou indiretamente a criação de cães e gatos por ter crescido muito. Invés disto devia-se agradecer a este crescimento, os impostos gerados, a economia, a geração de empregos, sim, devido as pessoas se preocuparem com seus amigos de 4 patas, elas gastam no bem estar deles, isto gera mais empregos, quantos empregos ligados a esta área, lojas especializadas, industrias de brinquedos, alimentos, profissionais de adestramento, banho, tosa, veterinária, criação, escolas, etc. E tudo isto o que faz? Geram impostos. E nós o que devemos fazer? Cobrar dos nossos governantes hospital, e por que não também, um hospital público veterinário, escola, creche, asilo, etc, agora criticar quem faz o que ninguém faz, é pura falta do que fazer, ou melhor, pegue este tempo dele e vá pra Brasília cobrar dos nossos governantes. Sou muito agradecida por esta gente maravilhosa que colabora com a construção de dias melhores para os tão indefesos nossos melhores amigos de 4 patas e companhia.

Não tenho preferência por nenhum ser humano ou animal, todos, sem distinção merecem ser tratados com respeito e dignidade. Somos todos iguais, sentimos fome, dor, tristeza e frio, principalmente o frio do abandono, seja na rua, em um orfanato ou asilo, o que precisamos é aprender a nos tornarmos a cada dia pessoas melhores, que consigamos ter um pouco mais de respeito e amor em nosso coração!

Em São Paulo este sonho está apenas começando, e é de uma fragilidade imensa! Todos os dias da semana, por volta das 5 horas da manhã, uma multidão de pessoas começam a formar uma fila no primeiro hospital público veterinário do Brasil, que fica no bairro do Tatuapé na zona norte da cidade. Pessoas sem recursos, que jamais poderiam propiciar aos seus peludos um atendimento veterinário, aguardam a abertura do hospital segurando no colo seus cães e gatos doentes. Esta é uma realidade que me dá arrepios e vem se repetindo diariamente desde o dia da inauguração do hospital, que vem recebendo uma demanda muito acima de sua capacidade.

Os animais são criaturas plenas de amor, nascem nos ensinando e muitos de nós levamos uma vida inteira sem saber amar ao próximo.

O que você acha? Hospital público veterinário é importante ou desnecessário?

Se você também acha que nossos amigos de quatro patas precisam de mais hospitais públicos veterinários – Veja esta página do Face, nós já estamos curtindo! O Blog do Cachorro apóia esta causa!

https://www.facebook.com/saopauloquermais

Saiba + Como chegar no primeiro Hospital Público Veterinário de São Paulo

Localização: Rua Professor Carlos Zagotis, nº 3 – Tatuapé (São Paulo – capital).

Telefone: (11) 2227-0858.

Como chegar:
Exibir mapa ampliado

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

Sou apaixonada por cachorro, não consigo imaginar minha vida sem eles. É muito bom poder falar sobre nossos amigos peludos aqui, crio Kuvasz e Norfolk Terrier, e será muito prazeroso dividir aqui nossas experiências.

Ver artigos de Li Kuvasz