Raças
setembro 27, 2013 postado por Blog do Cachorro


História e Evolução das Raças Caninas

História e evolução das raças – Como surgiram as raças de cachorro? O início

Você sabe como surgiram as raças de cachorros que conhecemos hoje em dia?

A história e evolução das raças caninas tem início quando as antigas tribos humanas adotam os primeiros filhotes de lobos. Certamente, este não foi um fato isolado e provavelmente deve ter ocorrido ao mesmo tempo, em diferentes locais, ao longo de milhares de anos.

Pensando na evolução do próprio cachorro, não é difícil concluir que a reprodução seletiva dos lobos começou para satisfazer as necessidades dos nossos ancestrais. Um lobo que se mostrasse excessivamente agressivo com os membros da tribo, por exemplo, além de pouco útil, poderia tornar-se perigoso. Logo, os animais que possuíssem as características mais desejáveis, eram selecionados para reprodução. Características como tamanho, cor, visão e olfato, comprimento da pelagem ou até mesmo a aptidão em executar determinadas tarefas eram consideradas na seleção desses animais.

Com o passar dos séculos, as matilhas de cachorros, já plenamente integradas às tribos, certamente contribuíram significativamente para a sobrevivência dos seres humanos nesse ponto da história. Nesse novo cenário, filhotes de cachorros começam a ser trocados e negociados entre as diferentes tribos com base nas características inerentes a cada tipo de animal, que graças ao ser humano e a reprodução seletiva, cada cachorro apresentava. Assim, começamos a compreender a evolução e o início da história das raças de cães. Um artigo bem interessante que aborda o tema da evolução dos cães desde o início dos tempos, pode ser visitado neste link: A história da evolução dos cachorros , onde este tópico é abordado mais especificamente.

Você já parou para pensar qual o nível do impacto que os cães e as raças caninas tiveram na história da evolução da raça humana?

História e Evolução das Raças de Cachorros - Como surgiram as raças de cachorro?

História e Evolução das Raças de Cachorros – Como surgiram as raças de cachorro?

 

Compreendendo a história e evolução das raças caninas

História e Evolução das Raças – Raças Caninas que caçam pelo olhar – Lebréis

Os Lebréis, conhecidos também como galgos (em espanhol), ou sighthounds (em inglês), são os cachorros que caçam principalmente pela visão e pela velocidade. Eles concentram o olhar no horizonte, são especializados em buscar sua presa utilizando a apuradíssima visão. Os lebréis têm características que se adequam perfeitamente para o seu propósito. Possuem uma visão incrivelmente apurada e desenvolvida e, além da visão, também possuem uma longa mandíbula e pescoço longos que os auxilia na mira de sua presa. São, em geral, magros e musculosos com peito profundo, pernas longas e potentes.

História e Evolução das Raças – Raças Caninas que caçam pelo olfato – Os Sabujos e Farejadores

Sabujos especializaram-se em guiar-se pelo olfato ou o cheiro de sua presa. Os sabujos não são velozes como os Lebréis – eles não precisam de agilidade para seguir sua caça. Foram criados para serem resistentes e são capazes de acompanhar um cheiro por longas distâncias, em muitos casos até mesmo em água corrente. Sabujos Os sabujos são cães rastreadores por natureza, posssuem grandes focinhos com profundas narinas abertas e os seus lábios apresentam-se soltos e úmidos, projetados para captar partículas de odor e seguir a trilha de um animal. Suas orelhas são compridas e caídas ao longo do corpo, concentrando assim o cheiro junto ao nariz.

História e Evolução das Raças – Raças Caninas que caçam pelo olfato e pela visão – Os Hounds

Originalmente, os hounds eram cachorros que auxiliavam os caçadores nas mais diversas atividades. Dotados de excelente capacidade para farejar a presa, além de boa velocidade e resistência. Os cães conhecidos como hounds foram desenvolvidos para rastrear, utilizando tanto o olfato quanto a visão, uma perfeita combinação de ambos os sentidos. Já vimos aqui que os Lebréis têm uma visão excepcional além de incrível velocidade, características que são importantes para capturar a presa. Já os hounds são raças de cães que dependem primariamente do sentido do olfato para seguir a trilha de uma presa. Um exemplo bem típico destes cachorros é a raça Bloodhound, que não conta com a velocidade como aliada na atividade de caça.

História e Evolução das Raças  – Raças Caninas que auxiliam o homem no trabalho – Os Cães de Trabalho e Utilidade

Os cães de trabalho, foram desenvolvidos para executar uma grande variedade de tarefas, tais como arrebanhar, deslocar, puxar, pastorear, perseguir, guardar e até mesmo auxiliar em atividades como salvamento e resgate. A própria necessidade de executar estas funções exigem uma estrutura física de um cachorro grande, forte e resistente. Cachorros para trabalho sempre nos remetem à imagem de animais ativos e leais aos seus donos, utilizados muitas vezes para substituir animais maiores, como cavalos quando estes não estivessem disponíveis.

História e Evolução das Raças – Raças Caninas de aponte, caça e captura –  Retrievers , Pointers e Setters

A evolução humana aliada às novas tecnologias, transformaram drasticamente ao longo dos tempos os métodos tradicionais de caça. Os cães conhecidos como recuperadores de caça, foram desenvolvidos para auxiliar nas atividades de caça com a presença de arma de fogo. Estes cães atletas, caçam pelo cheiro que vem pelo ar, em vez de rastrear no chão ou na toca. Retrievers, Pointers e Setters são raças de cães criadas seletivamente para auxiliar os seres humanos neste tipo de atividade. Os retrievers localizam e devolvem a presa ao caçador, são os chamados recuperadores de caça. Alguns retrievers possuem, por exemplo, um tipo de pelagem que repele a água que os tornam especialmente aptos ao mergulho, o que é indispensável para recuperar aves aquáticas abatidas. Já os cães de aponte, ou apontadores (conhecidos também como cães de mostra) posicionam-se entre a presa e o caçador, com o seu focinho e corpo rigidamente direcionado, mostrando assim a localização de sua presa. Já os Setters foram originalmente criados para emboscar o animal caçado, impedindo assim a sua fuga. Muitas vezes, neste tipo de caça, o caçador realiza a captura com uma rede, ao invés de arma de fogo.

História e Evolução das Raças – Raças Caninas desenvolvidas para desentocar e caçar pequenos predadores – Cães  Terriers

Os cães terriers foram desenvolvidos para caçar e matar pequenos predadores e animais de toca. Muito utilizados na idade média para controlar populações de ratos e outros animais predadores como as raposas. A própria natureza dessas tarefas exigia da constituição física destas raças de cães. São animais de menor porte, dotados de grande energia, de personalidade obstinada, corajosa e determinada.

História e Evolução das Raças – Raças Caninas desenvolvidas para presentear e fazer companhia – Cães de Companhia

Os cães de companhia foram, durante muito tempo, privilégio de poucos. Eram vistos como símbolos de status, um item de luxo e com pouca utilidade aparente. Os cachorros de companhia, possuem em geral, porte pequeno e sempre foram extremamente populares por acompanharem seus donos em qualquer lugar. Não necessitam de grande espaço e se adaptam muito bem em ambientes internos. Por isso, eram muito apreciados pelos nobres em seus palácios na Europa, onde exerciam a função de ‘bolsas de água quente’. Hoje em dia estes pequenos cães são muito populares nas grandes cidades, onde as pessoas vivem em lugares com menos espaço, como apartamentos.

História e Evolução das Raças – Raças Caninas desenvolvidas para show de cães – O início dos Padrões de Raça

A paixão do homem e orgulho pela beleza de seu cachorro levou ao desejo de mostrar o seu cão e compará-lo com outros cachorros de diferentes raças. As exposições caninas  foram criadas em meados do século XIX e os cães não eram identificado por raças, e sim pelo nome do canil. Isso levou a uma verdadeira confusão e havia uma incrível quantidade de cães com os mesmos nomes que foram classificadas muito desordenadamente, de acordo com sua raça ou tipo. Devido a confusão, as pessoas envolvidas viram-se obrigadas a elaborar as descrições e padrões de cada uma das raças. Assim, surgiam os clubes caninos, responsáveis por compilar todas as informações pertinentes ao tipo e conformação de cada raça dentro dos chamados ‘padrões oficiais’, que tem por objetivo orientar a criação de cada raça canina até hoje.

A história e evolução das várias raças ainda está acontecendo nos dias de hoje e novos usos para diferentes tipos de cães e especialidades caninas estão sendo encontrados. E cabe a nós imaginarmos qual será o próximo passo na história da evolução das raças caninas.

História e Evolução das Raças – Raças Caninas nos dias atuais

Atualmente, a FCI – Fédération Cynologique Internationale, situada na Bélgica, é a organização internacional responsável pela criação dos cães de raça pura em todo o mundo. A grande maioria dos países, incluindo Portugal e Brasil seguem os padrões oficiais desta entidade. A classificação das raças caninas é dividida em 10 grupos principais, de acordo com suas características físicas e funções originais. Aqui no Brasil, a entidade responsável pela divulgação dos padrões oficiais em língua portuguesa é a CBKC – Confederação Brasileira de Cinofilia.  Há ainda um décimo primeiro grupo na classificação canina, que diz respeito às raças que podem obter registro no Brasil, mas ainda não obtiveram o reconhecimento internacional. Confira abaixo, os 11 grupos na classificação canina que são oficialmente reconhecidos no Brasil.

 Grupo 1 (cães pastores e boiadeiros)
 Grupo 2 (pinschers, schnauzers e molossóides)
 Grupo 3 (terriers)
 Grupo 4 (dachshunds)
 Grupo 5 (spitz e tipos primitivos)
 Grupo 6 (farejadores e raças assemelhadas)
 Grupo 7 (apontadores)
 Grupo 8 (retrievers, e cães d’água)
 Grupo 9 (toys e cães de companhia)
 Grupo 10(galgos ou lebréis)
 Grupo 11(raças não reconhecidas pela FCI).

Saiba + Sobre a História e Evolução das Raças Caninas

http://www.cbkc.com.br/

Guia de Raças de Cachorros

Saiba + Tudo sobre cachorros

Cortar as unhas – Como e quando cortar as unhas dos cachorros

Comprar filhotes irmãos de ninhada ou de idades semelhantes

Irmãos de ninhada – Cães reconhecem que são irmãos?

Porque cães choramingam

Beijinhos – Cães entendem o que são beijinhos?

Otite canina – sintomas, causas, diagnóstico, tratamento

Síndrome da Ansiedade de Separação (SAS) 

Por que cães comem grama?

Porte – De que tamanho meu peludo vai ficar?

Conjuntivite em cães – Saiba como tratar seu pet

Conheça as raça de cães mais populares

Tudo sobre cuidados e saúde

Por que os cachorros comem terra?

Eca… Meu cachorro comeu cocô

Gastroenterite canina – Causas, sintomas e tratamento

Prisão de ventre – Constipação intestinal em cachorro

Cachorro pode comer chocolate?

Pão – Cachorro pode comer pão?

Estômago sensível – Seu cão tem problema de estômago?

Dicas caseiras para tratar seu cão

Não pode comer – Alimentos que fazem mal para os peludos

Porque os cães cavam?

Quantas vezes devo alimentar meu pet?

Meu peludo dá trabalho para comer

Displasia coxofemoral em cães

Cogumelos – Cães podem comer cogumelos?

Cão-guia – Como trabalha o cão-guia?

10 maneiras de manter seu cão protegido e livre dos carrapatos

Raças de cães ideais para apartamento

12 perguntas mais comuns sobre cadela no cio

Envolvendo crianças nos cuidados com o cachorro

Biscoito canino 10 receitas de biscoitos para cães

Postura corporal – Linguagem corporal canina – Parte 5

Cachorros tem as mesmas emoções que crianças

Como os cães enxergam?

Como surgiram os cachorros?

Meu cachorro está gordo ou magro?

Como dar remédio? – Aprenda a dar medicação ao seu cão

Casinha de cachorro com paletes de madeira

Cães de raça pura

Comida caseira para cães – Receita de comida caseira para cachorro

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

O Blog do Cachorro é um web site onde você pode encontrar tudo sobre cachorros! Se você busca por informações, dicas, artigos sobre cuidados, saúde, comportamento canino, raças de cachorros, e demais assuntos relacionados aos nossos queridos peludos de quatro patas, este é o lugar certo.

Ver artigos de Blog do Cachorro