Saúde
maio 3, 2014 postado por Li Kuvasz


Tudo sobre glândula anal ou adanal em cães

Você sabe o que é glândula anal ou adanal em cães?

Glândula anal – Talvez você nunca tenha ouvido falar, pode ser que você sempre tenha tido cachorro, mas nem saiba que ela existe, e onde fica localizada. Geralmente só se tem conhecimento desta glândula quando ela vem a apresentar algum inconveniente para o seu cachorro. Este problema é mais comum em raças pequenas, mas pode atingir todas as raças.

Este é mesmo um tema que incomoda muitos cães e seus proprietários, principalmente no caso de cães de pequeno porte. Apesar dos sacos anais serem popularmente chamados de glândulas anais, tecnicamente não são de fato glândulas.

Mas então o que é glândula anal ou adanal ou sacos anais ?

Você sabe o que é glândula adanal em cães?

Você sabe o que é glândula anal ou glândula ad´anal em cães?

Estas duas “glândulas”, são pequenos depósitos localizados de cada lado do reto, localizados entre os músculos do esfíncter anal interno e externo, um em cada lado do ânus. O saco anal, ou glândula anal ou adanal, esvazia-se através de um duto curto e estreito, localizado na borda interna do ânus. Cada saco é repleto de material oleoso, glândulas sebáceas e  glândulas apócrinas. A substância secretada é um fluido semi-oleoso, que carrega um odor forte .

As glândulas anais, ou adanais têm a função de espalhar o odor de um cão por onde ele passar, isto serve para que outros cães o identifiquem, este odor é único e funciona para identificar quem passou por ali. Elas produzem um líquido de cor castanha, e como acabei de mencionar, o odor desta glândula é bem forte e fétido até para nós, para eles que tem o olfato poderosíssimo tem o poder de enviar uma informação única de quem é que esta se apresentando, por este motivo, os cães ao se apresentarem um ao outro, levantam a cauda e ficam se cheirando por algum tempo, é assim que eles se apresentam um ao outro.

Em alguns momentos como medo, ansiedade ou felicidade, o cachorro pode liberar esta secreção.

Você sabe o que é glândula anal ou adanal em cães?

Você sabe o que é glândula anal ou adanal em cães?

Um estudo indicou que os distúrbios do saco anal, ou glândula anal ou adanal, afetam cerca de 12% dos cães em todo o mundo. Existem uma série de especulações sobre o motivo pelo qual cães, gatos, e outros mamíferos possuem um glândula anal, ou adanal. Uma destas teorias sugere que o conteúdo da glândula anal, ou saco anal, quando é excretado junto às fezes ou pela simples passagem ou pela contração muscular do esfíncter anal, agi como um poderoso marcador territorial. Esta característica é de grande ajuda no caso de animais selvagens ou não domiciliados, pois é como se a grosso modo, o animal estivesse dizendo ao outro que este é um sinal de proibido ultrapassar. Outra teoria, afirma que o material da glândula anal, lubrifica fezes duras, o que torna a passagem mais fácil. Felizmente as pessoas não possuem glândulas anais.

Por razões desconhecidas, alguns cães produzem um material bastante espesso, semi sólido, e estes animais estão muito mais propensos a ter problemas na glândula anal, ou saco anal, devido a incapacidade para passar este material semi sólido, através de um conduto estreito de forma a excretar esta substância. Em muitos casos, o saco anal ou glândula anal, ou adanal,  irá infeccionar, causando além de dor e inflamação, uma erupção na superfície da pele do cachorro.

Algumas pessoas que levam os cães para banho em pet shop reclamam aos banhistas que o seu cachorro já volta do banho com mau cheiro, em face disto alguns estabelecimentos tem o costume de esvaziar esta glândula para evitar esta reclamação do proprietário, só que este hábito poderá acarretar em inflamação das glândulas, portanto, para que você e seu cãozinho tenham plena segurança, é indicado que este esvaziamento da glândula anal só seja feito quando recomendado pelo veterinário e realizado pelo veterinário.

Mas quando saber que a glândula adanal esta inflamada?

Se o seu cachorro começar a apresentar os sintomas abaixo, é hora de procurar um veterinário.

  • Morder a cauda;
  • Arrastar o bumbum no chão;
  • Ter dificuldade para defecar
  • Odor forte
  • Inchaço
  • Dor e desconforto

 

O cachorro que está com inflamação da glândula anal ou adanal,  demonstra um comportamento visivelmente incomodado e é por causa da inflamação da região, que ele esfrega a bundinha no chão, lambe constantemente para buscar algum alívio, ou tenta morder este lugar. O processo inflamatório pode evoluir para uma infecção, formando aberturas na pele onde os fluídos que causam a inflamação serão excretados.

A glândula adanal estando com o funcionamento normal é esvaziada naturalmente no ato de defecar. A obstrução do orifício, drenagem insuficiente ou excesso de produção de secreção, podem causar a inflamação nas glândulas anais levando uma infecção na qual produzirá pus, sangue e secreção.

Como tratar a inflamação da glândula adanal?

Você sabe o que é glândula anal ou adanal em cães?

Você sabe o que é glândula anal ou adanal em cães?

O veterinário deverá retirar o líquido excessivo, lavar, desinfetar e entrar com medicação (antibióticos e anti-inflamatórios), para o tratamento adequado, havendo recidivas deverá ser realizado este processo quinzenalmente, em casos crônicos pode ser indicada à cirurgia para retirada das glândulas adanais. Certifique-se de discutir os prós e contras da cirurgia com seu veterinário, apenas animais com problemas crônicos na glândula anal devem optar por esta conduta.

Como prevenir esta inflamação na glândula adanal?

Optar por dietas ricas em fibras que farão o bom funcionamento intestinal, as fezes firmes atuam naturalmente para o esvaziamento, enquanto que fezes moles não exercem pressão suficiente para o esvaziamento natural, é muito importante estabelecer uma dieta adequada à formação do bolo fecal para evitar problemas crônicos.

Existem alguns fatores ou raças que tem maior predisposição para sofrer de obstrução da glândula anal?

Não há idade ou predisposição patológica comprovada com relação ao sexo do animal. A obstrução da glândula anal é uma condição menos frequente em cachorros de raças grandes. Em geral, problemas de inflamações e infecções, impactam muito mais frequentemente cachorros de raças de pequeno porte, como é o caso do Lhasa Apso, Poodle Miniatura e o Chihuahua, e em raças de porte médio como é o caso do Basset Hound, Cocker Spaniel, e Beagle. No entanto pode ocorrer em animais maiores.

Assim que seu cachorrinho demonstrar qualquer sintoma ou comportamento diferente, busque sempre a orientação de um veterinário o mais rápido possível. Não brinque com a vida de seu peludo, muitas vezes não somos capazes de avaliar realmente o que está acontecendo com nosso amigão. O veterinário é a única pessoa que será capaz de fazer um diagnóstico preciso através de exames. O veterinário também é a única pessoa que está capacitada a receitar qualquer tipo de medicamento para seu cachorro. E não esqueça, muitas vezes a rapidez com que buscamos o socorro veterinário faz toda a diferença para que nosso cão se mantenha saudável e feliz.

Saiba + Sobre glândula anal, adanal ou saco anal em cães

Clínica Veterinária Vet Vida – Dra Andreia R. Fragoso

Saiba + Sobre como cuidar melhor do seu cão

Vacina para cachorro – Esquema de vacinas para cachorros filhotes

Meu cachorro está gordo?

Morangos na dieta – Cães podem comer morangos?

Veneno de Rato – Intoxicação por veneno de rato em cães

Cachorros podem beber leite?

Tosa – Tosar ou não tosar o meu cachorro?

Tipos de tosa – Principais tipos de tosa para cães

Displasia coxofemoral em cães

Bicheira – Saiba como prevenir e tratar a bicheira

Insetos, picadas e mordidas em cachorros – O que fazer?

Leptospirose canina – Entenda melhor a leptospirose

Cinomose – Sintomas, Diagnóstico e Tratamento

Necessidades no lugar certo – Como ensinar meu cachorro?

Conjuntivite em cães – Saiba como tratar seu cachorro

Banho – De quanto em quanto tempo devo dar banho no meu cachorro?

Carrapatos – 10 Maneiras de manter seu cachorro protegido e livre dos carrapatos

Calor – Cuidados com os cachorros no verão

Pão – Cachorro pode comer pão?

Porte do cachorro – De que tamanho meu cachorro vai ficar?

Problemas de visão em cachorro

Prisão de ventre – Constipação intestinal em cachorro

Gastroenterite canina – Causas, sintomas e tratamento

Plano de saúde para cachorro

Cuidados com o cachorro no inverno

Hotel para cachorro – Onde deixar o meu cachorro?

Cachorro e gravidez, pode?

Cachorro com medo de fogos? Aprenda a controlá-lo!

Os perigos da ração industrializada para cachorros

Como convencer os adultos a ter um cãozinho em casa

Brinquedos para cachorro – faça você mesmo

Como limpar xixi de cachorro?

Minha família está pronta para adotar um cachorro?

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

Sou apaixonada por cachorro, não consigo imaginar minha vida sem eles. É muito bom poder falar sobre nossos amigos peludos aqui, crio Kuvasz e Norfolk Terrier, e será muito prazeroso dividir aqui nossas experiências.

Ver artigos de Li Kuvasz