Saúde
outubro 22, 2013 postado por Li Kuvasz


Dermatite por lambedura, sintomas, diagnóstico e tratamento

Você sabe o que é dermatite por lambedura?

Dermatite por lambedura é uma doença de pele que acomete os cachorros e tem origem psicológica. A dermatite por lambedura pode ser muito persistente e recorrente por isso o tratamento pode ser demorado. Também conhecida como dermatite psicogênica ou granuloma de lambedura. A dermatite por lambedura tem um aspecto grosseiro e pode vir a apresentar ulcerações na pele. Geralmente é localizada próximo aos punhos, tornozelos e entre os dedos das patas, mas isso não é uma regra. Afeta principalmente cães de grande porte como São Bernardo, Kuvasz, Rottweiler, Golden Retriever, Dogue Alemão entre outros. Mas os cães de pequeno e médio porte não estão livres de apresentar a doença. Ocorre em qualquer idade e pode afetar tanto cães machos quanto fêmeas.

Assim como nós podemos desenvolver algumas doenças psicológicas devido ao estresse, desenvolvemos medos, tiques, os nossos fiéis companheiros também não ficam livres disto, o mesmo estresse que nos leva há uma série de dificuldades os leva também, a solidão, estresse de mudanças seja do ambiente ou da rotina, o tédio e a monotonia podem levar o seu cachorro a desenvolver uma dermatite por lambedura.

Geralmente esta enfermidade ocorre em cães que ficam muito tempo sozinhos em casa, a falta do que fazer ou até uma depressão faz o cachorro ir atrás de algo que os distraia, e eles encontram no ato de lamber um prazer, este estado em que ele se encontra de tristeza, angustia e tédio faz o seu psicológico através do ato de lamber liberar a endorfina dando a ele uma sensação de prazer ao mesmo tempo em que o efeito narcótico impede a sensação de dor, então o cachorro se machuca, se mutila e não sente dor e assim como uma droga, cada vez mais ele busca prazer naquele ato, fazendo assim a lambedura virar feridas que provocam uma infecção secundária que na maioria das vezes precisa ser tratada com antibióticos.

O que é dermatite por lambedura?
O que é dermatite por lambedura?

Dermatite por Lambedura – Sintomas

  1. Lambedura constante e excessiva podendo haver até mastigação do pelo;
  2. Rarefação pilosa, crostas, ulcera e coloração escurecida do pelo;
  3. Lesão geralmente em forma circular devido a contaminação provocada pela boca.

Dermatite por Lambedura – Diagnóstico

Para descobrir se foi a lambedura que causou uma dermatite ou uma dermatite que causou uma lambedura, o veterinário precisa primeiro analisar o histórico de comportamento do seu cachorro. Em um segundo momento ele deverá através de um raspado de pele eliminar as outras enfermidades como DAPP (dermatite alérgica a picada de pulgas), sarna demodécica, dermafitose entre outras.

Dermatite por Lambedura – Tratamento

O tratamento consiste em tratar a ferida, mas de nada vai adiantar tratar a ferida se não tentar descobrir a causa, portanto, o primeiro passo é claro, tratar a ferida, mas o cachorro precisará usar um colar elizabetano durante este tratamento para evitar que ele tenha novo contato com a lesão, geralmente eles preferem as patas, mas pode ser dorso, rabo ou qualquer outra parte do corpo, então é primordial impedir que ele provoque nova lesão, porém o cachorro não poderá ficar a vida toda de colar, sendo assim, precisará juntamente com o veterinário fazer uma busca profunda no que pode ter mudado na rotina do seu cachorro que o tenha levado a este estado.

O tratamento tópico deve ser feito com anti-sépticos, recomendo clorexidine a 3% em água destilada, além de um eficaz anti-séptico deixa um gosto amargo que impede o cachorro de ficar lambendo. Muitas vezes existe a necessidade de antibióticos por via oral devido a infecção secundária.

Alguns veterinários prescrevem antidepressivos ou ansiolíticos, são medicamentos com efeito colateral alto e o tratamento leva de 2 a 4 meses. Alternativas como terapias, florais e acupuntura são bem vindos.

Mas para evitar todo este transtorno, leve o seu cachorro diariamente para passear, estude a possibilidade de ter um companheiro para o seu cão, não deixe o cachorro confinado, faça exercícios, converse com seu peludo, de atenção ao seu cachorro, faça brincadeiras com ele, deixe brinquedos disponíveis e próximos a ele ou mesmo aquele enorme osso de fêmur cru que o açougueiro poderá fornecer são algumas formas de distração para o seu cachorro. Ah, Cuidado com as lascas! Ossos podem ficar disponíveis por pouco tempo, antes que desgaste, substitua por um novo!

Saiba + Sobre dermatite por lambedura

Tratamento de Dermatite por Lambedura em cães domésticos (Pdf)

Saiba + Sobre doenças caninas

Podemos pegar doenças dos cachorros?

Claudicação X piso liso X doenças ortopédicas em cachorro

Como aumentar a imunidade do meu cachorro?

Pneumonia em cães

Doença do Carrapato – Erliquiose e Babesiose

Vacina para cachorro – Esquema de vacinas para cachorros filhotes

Bicheira – Saiba como prevenir e tratar a bicheira

Problemas de visão em cachorro

Como acabar com carrapatos?

Cuidados e Saúde do Cachorro

Leptospirose canina – Entenda melhor a leptospirose

Cinomose – Sintomas, Diagnóstico e Tratamento

Devo dar cálcio para o meu cachorro?

Como tirar carrapatos do cachorro?

Displasia coxofemoral em cães

Tireoide canina

Rinite canina – O que você precisa saber?

Vermífugo – Quando dar vermífugo para meu cachorro?

Cachorro macho ou fêmea? Como escolher um cachorro?

Coprofagia – Seu cachorro come fezes? Saiba como evitar!

A Medicina Veterinária nos dias de hoje

Estômago sensível – Seu cão tem problema de estômago?

Prisão de ventre – Constipação intestinal em cachorro

Insetos, picadas e mordidas em cachorros – O que fazer?

Carrapatos – 10 Maneiras de manter seu cachorro protegido e livre dos carrapatos

Parvovirose canina – Sintomas, prevenção e tratamento

Tumor de mama em cadelas – Câncer em cadelas

Os perigos da suplementação alimentar para cachorros

 

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

Sou apaixonada por cachorro, não consigo imaginar minha vida sem eles. É muito bom poder falar sobre nossos amigos peludos aqui, crio Kuvasz e Norfolk Terrier, e será muito prazeroso dividir aqui nossas experiências.

Ver artigos de Li Kuvasz