Cuidados
outubro 21, 2013 postado por Blog do Cachorro


Calor – Cuidados com os cachorros no verão

Calor intenso – Dicas e cuidados com os cachorros no Verão, os cuidados com os cães deverão ser redobrados!

Calor que delícia! O Verão está chegando e assim podemos sair mais de casa, viajar com nossos cachorros, correr, fazer exercícios, jogar bola, brincar… Epa, calma aí, é uma delícia nos divertirmos com os nossos cães, mas é bom ter em mente que eles são diferentes de nós, eles não transpiram como nós! Já pensou nisso? Perguntas muito comuns que passam pela cabeça das pessoas são: Quais os cuidados que eu devo ter com meu cachorro no verão? Por que é importante cuidar com mais atenção do meu cachorro nos dias de calor? Por que meu cachorro não quer comer em dias de calor?

Bom, vamos por partes, primeiro, imagine que através do suor, nós controlamos a temperatura do nosso corpo, mas nossos cães só conseguem fazer isso através da respiração e por isso se um cachorro for submetido a um calor muito forte ou a uma situação estressante associada ao calor, este cachorro poderá ter dificuldade para resfriar seu corpo, afinal eles tem toda uma estrutura física diferente da nossa que deve ser levada em consideração na hora dos passeios e brincadeiras e isso tudo pode colocar a saúde de seu cachorro em risco.

Calor intenso – Cachorros podem queimar a patinhas durante as caminhadas

Por causa do calor e da umidade, quem tem cachorro em casa deverá adaptar suas rotinas. Ao sair para o passeio com seu cão, dê preferência para horários em que o Sol não esteja forte, como o início da manhã e o final da tarde. Seja cauteloso com a temperatura do chão, sempre teste primeiro com a mão alguns segundos pressionada contra o solo, para ver se a temperatura não poderá queimar a almofadinha da pata do cachorro. Se estiver suportável para sua mão estará seguro para seu cachorro.

Calor intenso – Dê atenção aos banhos e a tosa de seu peludo

Mantenha os banhos regulares em períodos de calor muito intenso e caso seu cachorro tenha pelagem longa, considere realizar uma tosa para que ele sinta-se mais disposto e confortável. Meus cães são pastores de pelos longos e mesmo que digam que não existe a indicação de tosa para a raça deles, toso todos no verão e eles me agradecem, ficando muito mais felizes e ativos nesta época do ano.

Calor intenso – Cachorros podem ter insolação – hipertermia, mais atenção com os cães braquicéfalos

É muito perigoso que o cachorro tenha “insolação” devido ao calor, conhecida tecnicamente por hipertermia. Isso acontece pois devido a exposição ao Sol ou a circunstâncias que associam calor ao stress, como ser deixado por um longo tempo dentro de um carro abafado ou após uma corrida ou caminhada sob o Sol forte, ou simplesmente ser privado de sombra e água fresca em um dia quente de verão, são alguns exemplos de situações que podem elevar a temperatura de um cachorro de forma dramática e é muito difícil reverter este quadro. Nesta situação os cachorros ainda correm risco de apresentar edemas pulmonares, parada cardíaca e até mesmo entrar em estado de coma e vir a óbito. Por isso tenha em mente que seu cão precisa de muita atenção em dias quentes!

Os cães braquicéfalos, ou seja,cachorros que tem focinho curto, como o Bulldog Inglês, o Bulldog Francês, o Boston Terrier, o Pug, o Boxer, o Shih Tzu, o Lhasa Apso entre outros, sofrem ainda mais com os dias de muito calor no verão, pois devido ao formato de seus focinhos, tem maior dificuldade de diminuir a temperatura de seu corpo. Se você é proprietário de um cachorro de alguma destas raças citadas acima nunca submeta seu cão a temperaturas extremamente elevadas. Evite levá-lo para banho fora de casa em dias de calor intenso, siga todas as orientações sobre passeios pois isso poderá estressá-lo, elevando a temperatura acima do desejado, e causando a hipertermia. Cuide de seu peludo e mantenha ele abrigado do Sol e do calor, na sombra, com água a vontade e cercado de muito carinho.

Os sintomas da hipertermia no cachorro são:

  1. temperatura corporal acima de 41º
  2. tontura e enjoo
  3. o cachorro permanece ofegante, mesmo após estar em ambiente fresco
  4. a língua apresenta-se roxeada e com salivação espessa
  5. as mucosas ficam muito mais coradas que o normal
  6. pode apresentar vômito e diarreia
  7. pode ter convulsões e desmaiar
Calor intenso - Cuidados com os cachorros no verão

Calor intenso – Cuidados com os cachorros no verão

Calor intenso – Cachorros podem ter queimaduras de Sol e desenvolver sarcoma

Outra preocupação que devemos ter com nossos cães em dias de muito calor, são queimaduras de Sol que podem provocar dor como em nós e também promovem muita coceira. Por isso tenha sempre um bloqueador solar próprio para cachorro ou para bebês, caso você não encontre um produto veterinário e utilize ao redor do focinho, principalmente em cachorros que tenham a pele do focinho rosada, ao redor da boca, ponta de orelhas e onde mais a pele for despigmentada. Principalmente se for ficar na praia ou piscina e não esqueça de utilizar um produto que seja a prova d’água! Cachorros com pele muito clara ou rosada se tomarem muito Sol, também podem desenvolver sarcoma, isso ocorre geralmente em áreas sem pelo. Os cachorros mais predispostos são os cães albinos, que em geral são totalmente brancos e com pele rosada, ou cães que tenham a ponta do focinho, as orelhas, e o contorno dos olhos e abdômen despigmentados. Sempre é bom evitar que estes cachorros fiquem longos períodos expostos ao calor e ao Sol, mas se forem expostos não deixe de usar bloqueador solar nessas partes do corpo.

Calor intenso – Cachorros podem ter desidratação

Cães também sofrem de desidratação por causa do calor, nunca deixe seu cachorro sem água fresca à vontade. No verão em dias de calor forte, coloque cubos de gelo na água, isso ajuda a regular a temperatura do corpo. Uma dica interessante é umedecer a ração em dias muito quentes para incentivá-lo a comer, é muito comum cães perderem o apetite em dias de calor forte. Utilize caldo de cozido de frango (canja) gelando junto à ração em pequena quantidade, isso poderá ajudar. É muito comum que os cachorros comam menos em dias de muito calor, por isso não se preocupe, diminua um pouco a porção isso não fará mal para ele. Você também poderá substituir parte da alimentação dele por ração úmida para cães.

Se for viajar com seu cachorro, procure horários com a temperatura mais amena e tenha a mão um isotônico para oferecer a ele assim que chegarem ao seu destino.

Calor intenso – Cuidado com fogos de artifício, festas de fim de ano e almoço em família

Cuidado com fogos de artifício no período das festas, o barulho dos fogos desorientam os cães, leia este artigo que fala sobre sobre fogos de artifício e procure manter seu cachorro protegido em momentos de fogos mais intensos.

É muito mais comum no verão as pessoas se reunirem aos finais de semana para almoço em família ou churrasco por exemplo, aí existem várias considerações que devem ser levadas em conta:

  1. Mantenha seu cachorro afastado da churrasqueira na hora de acender o fogo, queimaduras de fogo podem ser extremamente perigosas para ele.
  2. Evite oferecer o alimento que está sendo assado para seu cachorro, comidas muito temperadas fazem mal, podendo provocar vômito. E muitas comidas podem por em risco a vida de seu cão. Leia este artigo!
  3. Cães podem sentir-se atraídos por carvão e em caso do carvão estar em brasa poderá queimar o cachorro.
  4. Oriente os parentes e amigos para não alimentarem seu cachorro, um inocente pedaço de comida por debaixo da mesa poderá fazer com que seu cachorro adoeça

Calor intenso – Cuidado maior com parasitas

Outro grande pesadelo que podemos ter com relação à saúde dos nossos cachorros em dias de intenso calor, são os parasitas: carrapatos , pulgas , mosquitos , moscas e outros insetos são muito mais frequentes nos meses de verão. Converse com seu veterinário e intensifique a proteção de seu cachorro utilizando produtos preventivos como coleiras, xampus, pipetas e outros produtos. Se você for para praia, não esqueça de proteger seu cachorro contra o verme do coração. Seu veterinário irá orientar a melhor maneira de fazê-lo.

Calor intenso – Atenção na hora dos mergulhos

A maioria dos cachorros adoram nadar. E a natação é muito apropriada para os cachorros nos dias de muito calor, pois ajuda muito a baixar a temperatura corporal, além de ser muito divertido para você e seu cachorro. Mas fique atento, pois o cloro e o sal podem irritar a pele de alguns cachorros e até mesmo podem causar algum distúrbio gastro intestinal naqueles cães que bebem muita água durante suas brincadeiras, tanto no mar quanto na piscina. Por isso é importante ter alguns cuidados com nossos cachorros para que eles aproveitem um delicioso mergulho.

  1. Lave bem o cachorro em água doce ao sair da piscina ou do mar
  2. Seque muito bem as orelhas, com muito cuidado para não machucar, assim você estará prevenindo uma possível otite (leia este artigo)
  3. Supervisione o cão durante as brincadeira e não deixe que ele beba muita água
  4. Mostre sempre ao cachorro que tem água potável bem próximo a ele e que este é o lugar correto de bebê-la

Calor intenso – Atenção com as alergias

Alergias são outros “fantasmas” que rondam a vida de nossos peludos em dias quentes, tirando nosso sossego e principalmente o deles. Os agentes causadores das alergias são diversos, entre eles as pulgas, fungos, flores, e outros alérgenos. Estas alergias, causam pruridos, tosse, espirros e uma série de desconfortos para os cachorros. Por isso é muito importante falar com seu veterinário se seu cachorro estiver sofrendo de alguma alergia, ele primeiro irá ajudá-lo a encontrar o agente causador e é o único que poderá indicar um anti-histamínico ou outro medicamento que possa aliviar os sintomas da alergia. (Leia este artigo sobre coceira).

Calor intenso – Ferimentos devem ser protegidos

Se seu peludo apresentar algum ferimento, nunca deixe ficar exposto, pois poderá atrair moscas que poderão depositar larvas na pele do cachorro. (Leia este artigo). Sprays repelentes, unguentos cicatrizantes poderão ser utilizados para cobrir a ferida, caso ela não seja muito extensa. Alguns tipos de moscas, podem depositar seus ovos mesmo na pele íntegra de seu cachorro, por isso é importante pulverizar o ambiente para fazer o controle dos mosquitos, você também poderá utilizar telas em janelas, manter o lixo muito bem acondicionado e distante de seu cachorro. Além de todo cuidado natural com água parada em vasinhos de plantas, poças etc..

Calor intenso – Fique atento com o risco da Leptospirose

Outro cuidado especial que devemos ter com nossos cachorros no calor é a regularidade das vacinas. Este período do ano aumenta a incidência de leptospirose, doença transmitida pela urina de ratos que é disseminada pelas enxurradas e alagamentos. Cachorros que vivem em casas necessitam que tenhamos cuidado redobrado, pois os ratos transitam por nossas casas, a procura de restos de comida, rações e até mesmo fezes dos cães. Por isto, é extremamente importante manter o ambiente limpo, nunca deixar a ração exposta durante a noite, manter o terreno limpo e livre de atrativos para os roedores.

Viagens com cachorros durante as féria de Verão – não é incomum os cachorros acabarem se perdendo de nós!

E por fim, muito cuidado se você for viajar com seu peludo, para que ele não se perca em um lugar desconhecido. Não recomento que seu cachorro em nenhuma circunstância ande sem coleira, mas especificamente nesta situação intensifique este cuidado. Mantenha ele com uma coleira de identificação com seu celular e seu nome. Também pode ser uma boa ideia utilizar um microchip de identificação no seu cachorro, os meus tem, não é doloroso.

Ser cauteloso é sempre muito mais seguro do que ter que passar por uma situação desagradável. Boa sorte e muita diversão para vocês nestes dias de férias de verão.

Saiba + Sobre Calor intenso – Cuidados com o cachorro no Verão

O cuidado com o sol em dias muito quentes é essencial para garantir que seu bichinho aproveite o verão são e salvo. (PDF)

Saiba + Tudo Sobre Cães

O que é berne? Como tirar? Como se pega?

Como acabar com as pulgas dos cachorros?

Bicheira – Saiba como prevenir e tratar a bicheira

Podemos pegar doenças dos cachorros?

Prisão de ventre – Constipação intestinal em cachorro

Vermífugo – Quando dar vermífugo para meu cachorro?

Tipos de vacinas para cachorro

Seu cachorro tem medo de trovões?

Síndrome de Stress pós traumático em cães

Cachorro com medo de fogos? Aprenda a controlá-lo!

Medo de trovões – Como ajudar seu cachorro?

Cachorros sentem ciúmes?

Por que passear de coleira com meu cachorro?

Comprar filhotes irmãos de ninhada ou de idades semelhantes

Bichon Frisé

Buldogue Inglês

Importância da brincadeira na a vida do filhote

Cachorros de raça pura

Qual a hora ideal de tirar um filhote da ninhada?

O cachorro sente as mesmas coisas que você

Filhotes – Tudo sobre filhotes de cachorro

Nomes de Cachorro

Síndrome da Ansiedade de Separação (SAS) em cães

Intoxicação por produtos químicos de uso doméstico

Raças de cachorros ideais para apartamento

Como faço para cruzar meu cachorro?

Castração de cães – Prós e Contras

História e Evolução das Raças Caninas

Insetos, picadas e mordidas em cachorros – O que fazer?

Massagem em cachorros

Comportamento Canino

Roer – O que o seu cachorro não deve mastigar

Epilepsia e convulsão em cães

Ensine ao seu cachorro o comando vergonha

Como o kefir pode ajudar seu cão?

Estamos vacinando em excesso nossos cães?

Linguagem Corporal Canina – Parte 6 – O Cachorro

Postura corporal – Linguagem corporal canina – Parte 5

Por que cachorro uiva?

Meu cachorro lambe tudo, isso é normal?

Coprofagia – Seu cachorro come fezes? Saiba como evitar!

Meu cachorro pode dormir na cama comigo?

A cauda – Linguagem corporal canina – Parte 4

Como os cachorros enxergam?

Como os cães sabem que estamos falando com eles?

Cachorros são capazes de amar?

Como ensinar truques a um cachorro velhinho?

Rolar – Ensine ao seu cachorro o comando rola

Como seu cachorro pensa?

Ensinado o cachorro o comando dá a pata – Comados básicos – Parte 2

Ensinado o cachorro o comando deita – Comados básicos – Parte 3



Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

O Blog do Cachorro é um web site onde você pode encontrar tudo sobre cachorros! Se você busca por informações, dicas, artigos sobre cuidados, saúde, comportamento canino, raças de cachorros, e demais assuntos relacionados aos nossos queridos peludos de quatro patas, este é o lugar certo.

Ver artigos de Blog do Cachorro