Curiosidades
julho 1, 2015 postado por Blog do Cachorro


Comprar ou adotar um animal de estimação

Mas afinal o que é melhor, comprar ou adotar animais de estimação?

Uma pesquisa recente realizada pela ong norte americana PetSmart Charities concluiu que dois terços dos americanos participantes do estudo, disseram que preferem adotar um novo cão ao invés de comprar um cachorro de raça.

Foram ouvidas, aproximadamente 3.000 pessoas que já tem em casa ou cães ou gatos. A pesquisa indica que, 81% dos entrevistados possuíam em suas casas ao menos um cão e/ou gato. Este é de fato um número significativamente elevado em comparação com a pesquisa anterior realizada pela mesma organização que na época chegou ao número de 63% dos entrevistados que tinham em suas casas ao menos um pet comprado ou adotado. Outros 40% dos entrevistados afirmam que ou são voluntários de alguma causa de proteção animal ou em algum momento, doaram algum dinheiro para apoiar animais resgatados por abrigos.

Vamos falar um pouco a respeito das vantagens de se comprar ou adotar um animal de estimação, cada um deve tomar a decisão mais adequada, dependendo da situação.

Comprar ou adotar um animal de estimação

Comprar ou adotar um cachorro

Recentemente fui adotada por duas gatas maravilhosas, elas chegaram aqui em casa, com aproximadamente 60 dias de vida, lindas, pequenininhas e magricelas. Eu jamais teria imaginado que poderia ter um gato em casa, já que minha casa é uma casa de cachorros. Nunca imaginávamos ter um novo pet neste momento; mas elas chegaram em uma véspera de Natal, parecia de fato uma linda história de conto de fadas. Estas gatinhas mudaram completamente a minha vida. Já vivi ambas as experiências, já adotei cães maravilhosos e já comprei cães incríveis, na verdade cachorro adotado ou comprado é cachorro da mesma forma, ama da mesma forma, sente da mesma forma e não acho que ninguém deva sentir culpa por querer um cão de raça pura, só porque hoje em dia há uma grande onda entre os apaixonados por cães que dizem que quem ama não compra, adota. Esta é uma discussão, no mínimo desnecessária, que não ajuda a ninguém optar pela alternativa mais acertada e nem solucionar a delicada questão do abandono de animais. Primeiro porque cachorro ou gato de raça pura também está esperando por uma família, também precisa das mesmas oportunidades que qualquer outro cão ou gato. Não vou elaborar mais sobre este assunto, pois não é a ideia deste artigo. Se você quiser saber mais ou opinar sobre este tema, confira o artigo: “Cachorros de raça pura“.

Adquirir um novo cachorro ou um gato é uma decisão muito importante, que precisa ser considerada com cautela e com a participação de todos os membros da família. Os cachorros vivem em média entre 8 e 15 anos, dependendo do tamanho do cachorro. Já os gatos podem viver até mais, mas precisam de pessoas muito atentas pois são ágeis e podem escapar ou até mesmo se envolver em acidentes. Não é fácil ser dono de gato! O novo membro da família será uma responsabilidade para toda vida e deve ser respeitado por todos. Um animalzinho não deve ser descartado, por nenhum motivo. Não é possível justificar o abandono de um animal de estimação, nem mesmo se o proprietário se mudou para uma casa menor, teve um filho, etc. Seja qual for o motivo de preocupação em relação a permanência do animal sob seus cuidados, o abandono não é uma opção. O mais importante em casos assim é entender que a decisão de levar para casa um animal de estimação, não importa a origem, torna o seu proprietário responsável por tudo o que acontece com ele, para o resto da vida. Todo pet cria laços afetivos assim que é adotado por uma família e o possível abandono desse bichinho não pode ser descrito de outra maneira que não como um ato de crueldade. Todos estes pequenos detalhes devem ser considerados e reconsiderados antes de comprar ou adotar um novo cachorro um gatinho.

Vantagens de adotar um cachorro ou um gato

Comprar ou adotar um animal de estimação

Comprar ou adotar um animal de estimação

Se você tem dúvidas, quer saber mais ou simplesmente quer comentar sobre este tema, não deixe de conferir os artigos abaixo, que contêm informações importantes sobre o abandono e posse responsável.

Uma boa ideia que pode ajudar na hora de optar entre a aquisição de um animal de raça pura ou uma adoção é elencar todas as implicações desta importante decisão. Para tentar esclarecer algumas questões importantes sobre comprar ou adotar um animal de estimação, confira abaixo uma lista com algumas das principais vantagens de se adquirir um novo cachorro ou gato através da adoção.

Fatores positivos da adoção de um novo mascote

    • 1 – Ao adotar um novo cachorro ou um gato, você estará proporcionando a um animal uma vida cheia de conforto e segurança.

      Você poderá adotar tanto um animal de abrigo, quanto um animal de rua. Todas as minhas experiências em adotar animais foram assim, com animais de rua e eles se tornaram animais extremamente gratos e carinhosos.

      Imagino que animais de abrigo também fiquem extremamente felizes quando são adotados e chegam em um lar que seja só deles. Todos os animais que recolhi das ruas chegaram em casa famintos, desnutridos e um pouco machucados. Em geral, ficam um pouco desconfiados e retraídos inicialmente, mas assim que eles compreendem que você só quer ajudar, tendem a se mostrar bastante receptivos e passam aos poucos a confiar em sua nova família.

    • 2 – Adotar não significa necessariamente ter em casa um cão vira-lata

      Existe todo tipo de cachorro nas ruas, em abrigos ou em lares temporários. Adotar nem sempre precisa ser sinônimo de ter um cão sem raça definida, muito pelo contrário, muitos cães de raça também estão a procura de um lar.

      Muitas pessoas compram cães e depois de um tempo decidem que aquele animal simplesmente não se encaixa em sua rotina. Geralmente desistem dele pois cresceu demais, ou porque não tem tempo, ou porque o cachorro destruiu os móveis, por motivo de mudança, enfim, os motivos geralmente tendem a ser completamente absurdos. E nem sempre um destes animais tem a chance de ser encaminhado a um abrigo, na verdade, a grande maioria acaba nas ruas. Um de meus adotados foi um lindo Setter Irlandês que apareceu franzino na porta da minha casa. Ele estava tão magro que dava dó, dava para ver que tinha caminhado muito, pois suas patinhas estavam cheias de feridas. Fiquei meses procurando seus donos, mas não encontrei e ele se tornou parte da família.

    • 3 – Adotar é um ato de amor

      Alguns cachorros nascem nas ruas e nem sempre conseguem chegar a idade adulta. Se você deseja um filhotinho, pode considerar a adoção de um cachorrinho ou gatinho bem jovem, que tenha nascido nestas condições. Sem dúvida será uma experiência tão gratificante como a que tive com minhas gatas.

      Na cidade de São Paulo, de acordo com o Centro de Controle de Zoonoses, 24 mil animais ao ano acabam em abrigos. Um número alarmante, de apenas 1.500 destes animais, conseguem ser adotados e infelizmente, milhares deles acabam sendo sacrificados.

      Atualmente existem mais de 37 mil animais abandonados em Portugal, e um número ainda mais impressionante no Brasil, cerca de 30 milhões de animais não domiciliados a espera de um lar.

Veja abaixo mais uma lista de prós da adoção

Comprar ou adotar um animal de estimação

Comprar ou adotar um animal de estimação

  • impede que um animal idoso seja sacrificado;
  • adotar é gratificante;
  • não custa quase nada;
  • acaba com a solidão;
  • se for um vira lata eles costumam ser mais resistentes;
  • é possível adotar um cachorro adulto e pular a fase infantil em que o cachorro destrói as coisas;
  • adotando cães com mais de 6 meses você também pode prever como ele vai ficar depois de adulto;
  • amar um cão abandonado para toda a vida demonstra que você é uma pessoa sensível;
  • seu cachorro não irá parecer com nenhum outro cão;
  • você está estimulando outras pessoas a adotarem um animal de estimação;
  • você vai gastar somente com a comida, veterinário e as necessidades do dia a dia.

Se você não tem muito dinheiro sobrando e deseja muito um macote, provavelmente adotando, você poderá gastar muito pouco e também poderá mimar o cachorro ou gato sem que isso afete muito em suas despesas. A adoção é gratuita, mesmo se você optar por um animal de algum abrigo. Neste caso eles somente exigem que você ofereça garantias de que possui condições e um lugar adequado para o bem estar do cachorro ou gato. Se sua opção for adotar um animal em abrigos é possível passar um tempo com alguns animais antes de escolher qual deles você deseja levar para casa. Desta forma você poderá estreitar os laços com o cachorro ou gato que escolher antes de tomar a decisão final. Geralmente, animais de abrigos já são castrados e isso diminui muitos problemas como o cio em fêmeas e fuga, demarcação de território e agressividade em machos, além é claro, de prevenir que novos cães venham ao mundo e sofram em decorrência do abandono.

Vantagens de comprar um cachorro ou gato de raça pura

Ao contrário do que muita gente pensa, adquirir um animal de raça pura também pode contribuir na questão do abandono. Isso porque as famílias que optam por um animal deste tipo têm a oportunidade de pesquisar e se informar sobre cada característica do novo mascote. Muitos casos de abandono acontecem exatamente pela falta de informação e, no caso da aquisição de cães ou gatos de raça é possível determinar antecipadamente como eles vão ficar depois de adulto, tanto em relação com as características físicas, como tamanho, peso, comprimento da pelagem, como também em relação as características comportamentais. Para tentar ajudar com esta questão confira abaixo uma lista com as vantagens de se adquirir um novo cachorro ou gato através da compra em um criador responsável.

Fatores positivos da compra de um novo cachorro ou gato de raça pura

Comprar ou adotar um animal de estimação

Comprar ou adotar um animal de estimação

    • 1 – Garantia de características da raça e cuidados com o filhote

      Quando você busca um criador responsável, existem algumas vantagens com relação a características físicas e comportamentais relativas a raça escolhida.

      Escolhendo um criador responsável e especializado em uma determinada raça, você vai passar primeiro por uma avaliação do criador, que irá determinar se você de fato preenche os requisitos para ser proprietário daquela raça. O estilo de vida de uma determinada raça, e as necessidades físicas, nem sempre são compatíveis com a rotina de uma determinada família. Por isso esta avaliação do criador é muito importante para que não hajam surpresas depois que filhote já esteja em seu novo lar. O criador se preocupa com o futuro de seus filhotes e oferece garantias para os novos proprietários. O criador oferece orientações de saúde, cuidados com higiene, alimentação, vermifugação e vacinas. Animais criados em canis e gatis responsáveis, são desmamados com a idade correta, socializados desde os primeiros dias de vida e recebem cuidados veterinários desde antes de seu nascimento. Quando compramos um filhote tudo foi planejado, a escolha dos pais mais adequados, que possuem as características físicas e comportamentais mais desejadas em sua raça, o pré natal, e o parto. Os filhotes nascem e crescem nas condições ideais para se desenvolverem fortes e saudáveis. Chegam em casa, com ao menos a primeira dose de vacina e vermifugados (isso vai variar, é claro, de acordo com a idade do filhote, podendo inclusive já ter mais de uma dose de vacina).

      É muito importante certificar-se da qualidade do canil ou gatil, checar a procedência, conhecer as instalações e informar-se a respeito do veterinário responsável, para conferir a idoneidade do criador. Certamente, criadores responsáveis, sentirão orgulho em passar todas as informações pertinentes para garantir a qualidade de seu trabalho. Estes criadores se orgulham muito e também não poupam esforços para que seus filhotes desfrutem de boa saúde. Os bons criadores, desejam que seus filhotes tenham lares confortáveis, que possam oferecer a eles carinho, um local seguro, boa alimentação e cuidado veterinário adequado.

      Todavia, ao optar pela aquisição de um animal de raça pura,é muito importante levar em consideração que nem todos os criadores têm a mesma visão, podendo haver diferenças consideráveis na filosofia de criação. É claro, que há criadores que visam o lucro acima de qualquer outra coisa se importando muito pouco com a qualidade de sua criação ou até mesmo com o bem estar dos animais. A decisão de se adquirir um animal de raça pura é tão importante quanto a adoção de um animal abandonado e todas estas questões devem ser levadas em consideração cuidadosamente. Para saber mais sobre como escolher um bom criador, veja o artigo que ensina passo a passo “Como comprar um cachorro de raça”.

    • 2 – Possibilidade de fazer sua escolha entre diversas raças e adquirir um filhote bem novinho

      Quando você escolhe comprar um cachorro ou um gato de raça é possível saber previamente a aparência que ele terá depois de adulto. Através da escolha entre animais de raça podemos pesquisar qual o tamanho e temperamento são mais apropriados para preencher as necessidades de nossa família. Quando adotamos um pet, nem sempre sabemos de fato como ele será depois de adulto, a idade de nosso animalzinho, geralmente será aproximada pelo veterinário, não saberemos ao certo qual será seu tamanho, peso, necessidade de exercícios físicos, particularidades com relação a sua saúde e personalidade. Geralmente, quando compramos um filhote de um criador, recebemos o cãozinho ou gatinho com aproximadamente 60 dias de vida, ou um pouco mais. Nem sempre é fácil adotar um filhotinho jovem e cheio de saúde, como no caso de cães e gatos criados em criadores responsáveis, ou seja, escolher comprar um animal de raça pura, pode ser uma forma de garantir que você não terá problemas de saúde com o filhote.

      É mais fácil socializar as crianças com filhotes jovens do que com adultos e neste caso, uma forma de garantir a idade do cachorro ou gato é através da compra de um animal de raça pura, além disso, uma boa dica para os pequenos, no caso da compra de um cachorro é escolher um cão de porte médio ou grande que são mais adequados para casas com crianças pequenas.

    • 3 – Animais de raça pura: uma herança genética secular, obtida através da exaustiva dedicação de criadores

      Os vários tipos de animais de raça pura são o resultado de muitos anos de reprodução seletiva. Todas as raças foram desenvolvidas para uma finalidade específica e existe uma documentação histórica de cada uma delas. Durante a compra de um cachorro ou gatinho de raça pura, você receberá instruções precisas sobre as necessidades que seu filhote terá nos próximos meses e anos de vida. Quando você compra um filhote de um criador responsável, é comum receber orientação e ter alguém a quem recorrer caso ocorram pequenas dúvidas durante a adaptação de seu novo mascote em seu novo lar. O criador irá explicar como você deve alimentar, exercitar e educar seu animalzinho. Algumas raças precisam de cuidados especiais com pelagem, ou mesmo com alimentação. Outras raças tem peculiaridades como o caso de cães e gatos braquicefálicos que vão requerer orientação para que você saiba como cuidar de seu pet e o criador é a melhor pessoa para orientar sobre tudo isso. Você ainda receberá informações adicionais relativas a raça específica de seu novo amigão, como a história da origem de seu cão ou gato, em que país ele foi desenvolvido, para qual função, etc. Como cada raça possui sua história e sua funcionalidade, esta pode ser uma aventura muito divertida e recheada de aprendizados para viver em família.

 

Veja abaixo mais uma lista de prós da compra de um animal de raça pura

Comprar ou adotar um animal de estimação

Comprar ou adotar um animal de estimação

  • os criadores são especialistas capacitados em oferecer importantes informações para os novos proprietários;
  • os filhotes recebem os cuidados de saúde necessários nos prazos ideais,  além de atenção e carinho antes de serem encaminhados a nova família, o que torna a aquisição de um animal mais segura;
  • se você ou alguém de sua casa tem alergia, existem raças menos propensas a oferecer problemas para pessoas alérgicas;
  • acaba com a solidão;
  • o cachorro é menos propenso a desenvolver problemas de comportamento na fase adulta;
  • no caso dos gatos, os animais criados por um criador responsável são mais doceis e mais sociáveis;
  • também é possível comprar um cachorro adulto e pular a fase infantil em que o cachorro destrói as coisas;
  • animais de raça pura podem participar de exposições de beleza, o que pode proporcionar uma interatividade social com pessoas que gostam de animais de raça como você;
  • você poderá conhecer os pais de seu cachorro e as vezes até poderá manter contato com eles;

Pense muito bem antes de comprar ou adotar um animal de estimação. Esta é uma decisão que irá afetar os próximos anos de sua vida e jamais deverá ser feita por impulso. Seu novo cachorro ou gatinho, se tornará parte de sua família e você jamais deve considerar a possibilidade de se desfazer dele.

Afinal, compro ou adoto um animal de estimação?

Como tentei explicar neste artigo, não existe uma única resposta para esta pergunta. A adoção ou a compra são decisões bastante particulares, que envolvem muitas variáveis e depende do seu momento e das suas necessidades. Como já falei aqui, já tive ambas as experiências e tanto uma quanto a outra são maravilhosas e igualmente validas.

O ideal é sempre avaliar as duas opções, comparando as vantagens de cada uma das opções de acordo com as suas necessidades e de sua família. Procure visitar mais de um criador, antes de fazer sua escolha no caso da compra de um animal de raça pura e no caso de adoção, procure não agir por impulso, afinal, um animalzinho que já se encontra em um situação delicada, sofre ainda mais com a desistência.

Você pode se apaixonar por cachorro ou gatinho de rua, como foi meu caso. A primeira e mais importante decisão é se você está de fato preparado para ter um cachorro ou um gatinho em sua casa e se esta será um escolha consciente para o resto de sua vida. Pense bastante e decida com o coração e a razão. E não esqueça, adotar e comprar um cachorro, ou adotar e comprar um gatinho, sempre serão atos de amor incondicional. Ninguém tem o direito de dizer que comprar é errado e ninguém pode impedi-lo de adotar um animal das ruas. A decisão correta para o seu momento depende exclusivamente de você.

Minhas lindas gatinhas adotadas 😉

Veja + Sobre filhotes no Blog do Cachorro

Guia de Raças de Cachorros

Comprar filhotes irmãos de ninhada ou de idades semelhantes

Qual a hora ideal de tirar um filhote da ninhada?

Filhotes – Tudo sobre filhotes de cachorro

Quando posso sair com o filhote na rua?

Importância da brincadeira na a vida do filhote

Vermífugo – Quando dar vermífugo para meu cachorro?

Educação do Filhote – Como ensinar regras e limites

O que comprar para meu filhote?

Irmãos de ninhada – Cães reconhecem que são irmãos?

Tipos de vacinas para cachorro

12 perguntas mais comuns sobre cadela no cio

Roer – O que o seu cachorro não deve mastigar

Primeira noite do filhote – Chegando em casa

Vacina para cachorro – Esquema de vacinas para cachorros filhotes

Pedigree – Você sabe o que é pedigree?

Você está preparado para ter um cachorro?

Porte do cachorro – De que tamanho meu cachorro vai ficar?

Castrar ou não castrar meu cachorro?

Teste: Minha família está pronta para adotar um cachorro?

Saiba + Sobre Raças Caninas

Guia de Raças

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

O Blog do Cachorro é um web site onde você pode encontrar tudo sobre cachorros! Se você busca por informações, dicas, artigos sobre cuidados, saúde, comportamento canino, raças de cachorros, e demais assuntos relacionados aos nossos queridos peludos de quatro patas, este é o lugar certo.

Ver artigos de Blog do Cachorro