Comportamento
junho 25, 2015 postado por Blog do Cachorro


Como salvar um cachorro engasgado?

Asfixia por engasgo em cães, o que fazer?

A maioria dos cães, principalmente os mais novinhos mastiga quase tudo: ossos, brinquedos, sapatos, meias, etc. Mas você saberia o que fazer se algo ficar preso na traqueia ou no palato fazendo com que seu cachorro fique engasgado?

Como salvar um cachorro engasgado?

Como salvar um cachorro engasgado?

Os cães usam a boca para explorar o mundo, e, felizmente, a anatomia da boca dos cães oferece de certo modo algumas proteções que fazem com que a asfixia seja algo difícil de acontecer. Mas não é impossível que seu cachorro fique engasgado. Por isso é importante que você consiga distinguir se ele está ou não sofrendo de asfixia, pois se este for o caso é necessário prestar socorro de emergência para que seu cão não corra risco de vida. Geralmente demora muito tempo até chegar ao veterinário e é por isso você precisa saber como prestar os primeiros socorros. Você só deve ir ao veterinário imediatamente, ou seja, antes de prestar os primeiros socorros se tiver certeza de que seu cachorro não precisa de um atendimento de emergência. Apesar do veterinário ser a pessoa mais indicada para prestar atendimento a um cachorro enfermo, no caso de asfixia por engasgo este atendimento pode ocorrer tarde demais .O ideal é contactar o veterinário por telefone para que ele auxilie no diagnóstico e o oriente como proceder. Primeiramente, veja abaixo a maneira correta de saber se seu cachorro está engasgado.

 

Como salvar um cachorro engasgado?

Como salvar um cachorro engasgado?

 

Como determinar se o cachorro está engasgado, e o que fazer nesta situação.

Quando um cachorro apresenta sinais de engasgo:

Verifique se seu cachorro apresenta sinais de asfixia. Os cachorros podem demostrar comportamentos diferentes que indicam que eles não estão conseguindo respirar. Para ter certeza se seu cachorro está engasgado, a primeira providência necessária é tentar acalmar o cachorro. Como para o cachorro, o que está acontecendo é algo muito diferente para ele, alguns animais podem até mesmo demonstrar agressividade. Procure falar com seu cão com um tom sereno e tranquilo, diga que tudo irá ficar bem, tente ser carinhoso e consistente. Se ele estiver assustado e agitado, irá gastar mais oxigênio e se de fato estiver sufocado devido a engasgo, isso pode piorar a situação. Veja os sinais que indicam que o cachorro está engasgado:

    • Salivação ou baba excessiva, geralmente indicam que um cão pode estar engasgado;
    • tente observar se seu cachorro está conseguindo engolir; se ele estiver engolindo, sufocamento por um bloqueio físico será menos provável;
    • abra a boca do cachorro para ver se existe algum objeto visível no palato ou garganta;
    • observe o peito de seu cão e veja se ele está fazendo movimentos exagerados na tentativa de respirar;
    • se o cachorro aponta a cabeça para cima tentando buscar o ar, provavelmente ele está asfixiando, já se ele aponta sua cabeça e pescoço para baixo ou em linha reta, talvez ele esteja apenas com algo preso no palato;
    • geralmente quando um cão está agindo de forma estranha, agitada, tentando limpar sua boca, e as vezes choramingando, ele tem algo obstruindo sua boca, mas nem sempre está necessariamente engasgado;
    • se o cachorro está tossindo com força, apresenta chiado no peito, ou está ofegante, pode significar que ele está engasgado e neste caso está tentando desobstruir a passagem de ar.
    • se o cachorro está pálido, com as gengivas acinzentadas ou azuladas, o caso é mais grave, ele certamente está com problemas para oxigenar o sangue;
    • em casos mais graves o cachorro desmaia, e isso pode ser devido a incapacidade de oxigenação decorrente da asfixia por engasgo.

Se você perceber algum destes sinais, tente acalmar seu pet. Se possível, contacte a ajuda de seu veterinário de confiança. Neste meio tempo, é importante determinar se seu pet está de fato sofrendo de asfixia por engasgo ou se ele está apenas com algum objeto preso em sua boca.

Como salvar um cachorro engasgado?

Como salvar um cachorro engasgado?

 

Como ter certeza se seu cachorro está engasgado?

Se o cachorro está tossindo, é possível que ele mesmo consiga eliminar o objeto que está obstruindo sua garganta. No entanto, se ele não está parecendo respirar direito, procure auxiliá-lo com um atendimento de emergência ou busque ajuda veterinária imediata.

Ter certeza de que seu cachorro está engasgado é fundamental antes de realizar procedimentos de emergência desnecessários.

Como salvar um cachorro engasgado?

Como salvar um cachorro engasgado?

Problemas de saúde que se confundem com engasgo.

Verifique se seu cão não possui alguma condição física anatômica ou um problema de saúde que podem estar causando o problema respiratório.

  1. Condição anatômica do palato: Cães braquicefálicos e algumas raças específicas possuem uma característica na anatomia de sua boca que quando eles respiram bruscamente, o palato mole obstrui temporariamente a traqueia, restringindo a passagem de ar, como consequência, o cachorro fica ofegante, como se estivesse engasgando. No entanto, trata-se de uma crise respiratória temporária. Quando o cachorro engolir, o palato mole desobstruirá a traqueia fazendo com que ele respire naturalmente.
  2. Gripe canina: (conhecida como tosse dos canis) também pode desencadear crises de tosses duradouras.
  3. Doença cardíaca: Problemas cardíacos, podem ter sintomas muito parecidos com engasgamento. Uma respiração difícil seguida de tosses, podendo inclusive apresentar uma coloração azulada nas gengivas, podem ser sintomas de problemas de coração. Geralmente um cachorro com problemas cardíacos demonstra menos desespero do que um cachorro que esteja asfixiando devido a engasgamento. Se seu cão for velhinho esta provavelmente pode ser uma dúvida a ser considerada. Engasgos são mais comuns em cães mais jovens e ativos.

Quase qualquer objeto pequeno pode causar asfixia, embora os mais comuns sejam bolas de borrachas duras, pedaços de cartilagem, brinquedos ou pedacinhos de ossos ou madeira.

Como salvar um cachorro engasgado?

Como salvar um cachorro engasgado?

Como socorrer um cachorro engasgado?

  • A primeira coisa que você deve fazer para certificar-se se ele está sofrendo de asfixia por engasgo é tentar oferecer ao seu cachorro um petisco. Pode ser um pedaço de carne ou pão, se não tiver nenhum petisco a mão. Se o cachorro aceitar o petisco ele não deve estar nem sufocado, nem com nada obstruindo sua boca. Neste caso, você deve levá-lo ao veterinário para identificar o que está causando algum comportamento estranho em seu cão.
  • A segunda coisa que você deve fazer para confirmar se ele está engasgado é abrir a boca do cachorro. Tenha muito cuidado ao lidar com um cão que possa estar sofrendo de asfixia por engasgo, mesmo os cães calmos ficam em pânico quando não conseguem respirar. Seja muito gentil com o cachorro e jamais amordace um cachorro com suspeita de asfixia. Segure o cachorro pela nuca pegando pela pele do pescoço entre as orelhas e segure a cabeça do cachorro mantendo-o em uma posição estável. Segurando a boca dele aberta, procure observar se existe algum objeto alojado entre os dentes ou na garganta do cachorro e se este for o caso, você pode tentar remover o objeto com os dedos. Se seu cão for pequeno e você encontrar dificuldade em remover o objeto, tente puxar com uma pinça, mas cuidado para não machucar o cachorro e não forçar acidentalmente o objeto mais para trás.

Como salvar um cachorro engasgado?

Como salvar um cachorro engasgado?

 

Primeiros socorros para cachorros pequenos engasgados

  • Se você não encontrou nada alojado na boca de seu cão e ele ainda está apresentando sinais de asfixia, segure seu cachorro pelas patas traseiras de cabeça para baixo e dê um tranco de cima para baixo.
  • Se ele não desengasgar tente algumas vezes com uma força maior.
  • Se seu cachorro for pequeno você pode segurá-lo entre as coxas, apoiado em seu ante braço, de forma que ele fique bem preso tanto pelo tórax quanto pelas costas e você pode balançá-lo como se fosse um pêndulo de um relógio na lateral de seu corpo de forma bem consistente e rápida.

Se seu cachorro for de grande porte não tente fazer nada disso, pois ao contrário de promover algum benefício ao cachorro você pode acabar agravando a situação.

 

Como salvar um cachorro engasgado?

Como salvar um cachorro engasgado?

Primeiros socorros para cachorros grandes engasgados

  • Não tente pegar, agitar, ou balançar um cão de grande porte. Para animais maiores você deve proceder com a Manobra de Heimlich (A Manobra de Heimlich é o melhor método pré-hospitalar de desobstrução das vias aéreas superiores por corpo estranho.) Inicie a manobra de Heimlich apenas se você tiver certeza de que seu cão está engasgado com um objeto.
  • Coloque o cachorro parado, estenda seus braços ao redor de sua barriga (cintura).
  • Certifique-se de que a cabeça de seu cão aponta para baixo, já que a gravidade irá ajudar a desalojar o objeto quando você realizar o procedimento.
  • Verifique se você está segurando o cachorro firme, mas não muito apertado.
  • É uma boa ideia ter alguém para ajudá-lo a segurar a nuca do cachorro na posição adequada enquanto você realiza o procedimento.
  • Junte suas mãos abraçando o cachorro. Feche as mãos e coloque-as no ponto macio, logo abaixo da caixa torácica. O tamanho do cachorro irá determinar o posicionamento exato de suas mãos.
  • Faça uma pressão empurrando firmemente para cima e para frente.
  • Repita em séries de 3 a 5 pressões até 3 ou 4 vezes. Mas tome muito cuidado para não usar força excessiva, pois este procedimento se for feito de forma errada, pode resultar em fratura de costelas ou até mesmo ruptura do baço.
  • Ponha o cachorro ao seu lado e coloque uma de suas mãos na parte traseira de seu corpo, para usar de apoio, com a outra mão, aperte o abdômen para cima e para a frente.
  • Verifique todo o tempo a boca do cachorro e remova quaisquer objetos que possam sair em decorrência da massagem. Não é incomum que o objeto retorne para a garganta, ou fique preso, por isso, talvez você precise procurar o objeto dentro da garganta e puxá-lo com dedo indicador.
  • Se nenhuma das providências de primeiros socorros resultarem na remoção do objeto que está causando asfixia em seu cachorro. Ou se ele está claramente com dificuldade de oxigenar o sangue, pois apesenta arroxeamento dos lábios, boca e língua pálidas, leve-o imediatamente a um pronto socorro veterinário.

Como salvar um cachorro engasgado?

Como salvar um cachorro engasgado?

 

Cuidados veterinários para asfixia por engasgo em cães

    • Objetos presos na garganta de um cachorro podem causam danos. Dependendo da duração de tempo que o cão fica sem oxigênio e devido a ferimentos na garganta, é possível que o cachorro precise ficar internado por alguns dias. Em alguns casos, o veterinário poderá solicitar uma broncoscopia (em que uma pequena câmara é inserida na traqueia para visualizar e remover o corpo estranho).
    • Mesmo se você conseguir desobstruir o objeto que ocasionou o engasgo em seu cão, lembre-se que você prestou apenas os primeiros socorros em casa e ainda é importante que um veterinário examine seu cachorro para certificar-se de que não existem problemas secundários. Às vezes, corpos estranhos presos no esôfago, como ossos, também podem causar desconforto respiratório.


Como salvar um cachorro engasgado?

Como salvar um cachorro engasgado?

 

Como evitar que meu cachorro engasgue novamente

A melhor maneira de prevenir que seu cachorro engasgue é tratar seu cão como se ele fosse uma criança pequena. Embora seja quase impossível impedir que eles coloquem coisas na boca, você deve estar sempre por perto e manter os olhos bem abertos, a fim de saber sempre o que seu pet está fazendo. Não permita que seu cachorro brinque com objetos que estejam quebrados, evite brinquedos moles demais ou que despedacem facilmente. Não deixe seu animalzinho brincar com pedaços de bambu ou madeira no quintal. Se você oferece uma alimentação natural ao seu cachorro, nunca dê nada contendo ossos. Inspecione o alimento, se necessário com as próprias mãos a fim de detectar se não existe nenhum pedacinho de osso remanescente em seu pratinho de comida.

Vídeo ensina como reanimar um cachorro caso ele tenha uma parada respiratória devido ao engasgo

Saiba + Sobre cuidados com os cachorros aqui no Blog do Cachorro

Primeiros Socorros para cachorro – Basi-cão

Intoxicação por produtos químicos de uso doméstico



Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

O Blog do Cachorro é um web site onde você pode encontrar tudo sobre cachorros! Se você busca por informações, dicas, artigos sobre cuidados, saúde, comportamento canino, raças de cachorros, e demais assuntos relacionados aos nossos queridos peludos de quatro patas, este é o lugar certo.

Ver artigos de Blog do Cachorro