Cuidados
fevereiro 7, 2015 postado por Blog do Cachorro


Como saber se meu cachorro tem artrite ou osteoartrite

Infelizmente nossos cachorros, assim como nós, também podem sofrer de dor nas articulações devido a artrite ou osteoartrite. A artrite e a osteoartrite, são doenças muito dolorosas que impõe uma restrição na movimentação de nossos cães, podendo interferir, tanto na postura, quanto na maneira de caminhar de um cachorro. Outra dificuldade que enfrentam proprietários de cães que estejam com artrite ou osteoartrite, é que não é fácil de identificar este tipo de problema. Por isso resolvemos preparar para você um guia para que você aprenda a identificar alguns sinais ou comportamentos em seu pet, que possam ser indicativos de que ele esteja desenvolvendo um quadro de artrite ou osteoartrite.

As regiões mais afetadas pela artrose nos cães são as articulações coxofemurais e os cotovelos, no entanto os ombros, a coluna, o calcanhar e os joelhos também podem ser afetados.

Como saber se meu cachorro tem artrite ou osteoartrite

Como saber se meu cachorro tem artrite ou osteoartrite

Outra patologia relacionada a locomoção dos cães muito comum e que pode afetar principalmente algumas raças específicas, particularmente aquelas de maior tamanho ou mais corpulentas é a displasia coxofemoral. Além da artrite ou artrose, existem inúmeros tipos de lesões traumáticas, que podem variar desde entorses, luxações, etc, que podem afetar cães de todas as idades, raças ou tamanhos, através de atividades normais do dia-a-dia, como brincadeiras ou até mesmo uma carga de trabalho excessiva no caso cães que executam trabalhos ou praticam esportes. Este último caso é especialmente frequente em cães que participam de competições esportivas de alto nível.

No entanto, estes problemas são resolvidos na maioria dos casos com a terapia direta e um pouco de descanso. Por isso é importante saber distinguir os sintomas de problemas mais simples e problemeas que merecem uma atenção e um acompanhamento veterinário mais próximo, para que seu cachorro seja tratado da forma adequada para o problema específico que está afetando sua boa saúde.

Artrite reumatoide e osteoartrite em cães

A artrite reumatoide e a osteoartrite, também conhecida como artrose, são problemas muito comuns em nossos amigos de quatro patas, principalmente no caso dos animais mais velhinhos. Tanto a artrite quanto a osteoartrite têm um nome semelhante mas afetam as articulações de forma diferente e estão entre as principais causas de dores crônicas em cães. Estas doenças, também não compartilham um mecanismo patogênico comum ou a possibilidade de cura.

O que é artrite em cães?

A artrite é um processo inflamatório de uma ou mais articulações no corpo do cachorro, causadas por uma infecção, local ou generalizada, ou uma alteração imunológica. Em geral a artrite ocasiona dor e rigidez nas articulações. O nome dado a esta doença, tem como origem as palavras gregas arthro e ite (que significam conjunta e inflamação). A artrite é muito comum em pessoas, cães e outros animais.

O que é osteoartrite em cães?

A osteoartrite é um processo articular degenerativo que conduz a uma destruição progressiva da cartilagem articular. Tal como a artrite pode afetar uma ou mais juntas distintas do corpo do animal, mas na grande maioria das vezes é irreversível ou relacionada a um problema de envelhecimento e, portanto, não é possível a cura.

 A cartilagem interna das juntas atua como uma espécie de proteção entre os ossos. Com uma composição mais suave e mais flexível do que os ossos, a cartilagem tem o papel de absorver parcialmente o impacto do movimento articular. Desta forma, a cartilagem articular também promove uma tipo de lubrificação às articulações. Quando a cartilagem articular se desgasta, os ossos começam a sofrer um atrito quando o animal caminha, corre, senta ou deita, pois os ossos, acabam encostando uns nos outros. O atrito de um osso batendo no outro, ocasiona a degeneração destes ossos e inchaço dos tecidos ao redor da articulação. O efeito em um cachorro que esteja passando por este problema é uma dor crônica e a rigidez das articulações. Nos cães, você irá perceber este tipo de problemas, principalmente nos joelhos, cotovelos, quadris, ombros, jarretes e  na coluna vertebral. A osteoartrite em cães idosos é uma enfermidade crônica e tem como característica uma evolução progressiva e constante.  E apesar de não haver cura para cães com osteoartrite, existem alguns tratamentos que podem retardar a progressão da osteoartrite e assim minimizar o sofrimento do cachorro.

Portanto, a diferenciação entre essas duas formas de artroses em cães irá definir a terapia correta a ser utilizada em seu cachorro e caso ele seja diagnosticado com artrite, muitas vezes é possível alcançar a cura, ou caso contrário, seja diagnosticado com osteoartrite (artrose), ao menos você poderá oferecer uma maior qualidade de vida ao animal doente.

Como reconhecer se meu cachorro tem artrite ou osteoartrite (artrose)

Como reconhecer se meu cachorro tem artrite ou osteoartrite (artrose)

Como reconhecer se meu cachorro tem artrite ou osteoartrite (artrose)

Tanto a artrite quanto a artrose (osteoartrite) em cães causam uma dor considerável ao cachorro e desta maneira restringem a movimentação de seu pet, fazendo com que ele diminua a sua qualidade de vida.

Distingui-las visualmente não é possível, mesmo para um olho treinado. Para isso será necessário uma avaliação clínica e exames. No entanto se você suspeitar uma presença de doença articular em seu cachorro é muito importante levar o cão ao veterinário o mais rápido possível, a fim de avaliar se de fato trata-se de uma doença das articulações ou caso contrário avaliar qual é o problema que de fato está afetando seu mascote. Caso o veterinário confirme que seu cachorro está sofrendo de uma doença articular é muito importante como já citado aqui, diagnosticar qual o tipo de doença que afeta a articulação está presente em seu cão, para iniciar o tratamento mais adequado. Você já sabe que em alguns casos será possível curar seu cão e em outros, apenas diminuir os sintomas. De qualquer maneira, o quanto antes um cão com artrite ou artrose for diagnosticado, maiores são as chances de melhorar a qualidade vida do nosso amigo. Veja abaixo, quais os sinais ou sintomas que você deve ter atenção, em caso de suspeita de artrite ou artrose (osteoartrite) em cães.

  • O humor cai: o cão parece triste e deprimido e é cada vez menos interessados no ambiente a sua volta.
  • A atividade espontânea é reduzida: o cachorro fica relutante em caminhar, subir escadas, pular, brincar.
  • Caminha mais lentamente do que o normal ou o faz com um ritmo incomum parece ter pernas duras e esticadas, como se fossem de madeira, as vezes balança a pelve ou cambaleia.
  • Quando em pé em todas as quatro patas, geralmente a parte traseira aparenta estar mais estreita, quase em conjunto, provavelmente esta é uma compensação natural que o corpo faz, para mover o peso com a parte frontal e, assim, reduzir a carga sobre o lugar mais doloroso, que geralmente é precisamente a parte traseira. Neste caso, no entanto, é mais fácil de vê-lo perder o equilíbrio, inclinando-se para a direita ou esquerda.
  • Quando o cachorro corre, tende a fazê-lo com ambas as patas traseiras em conjunto e utilizando movimentos curtos, assim como o coelho, com o ritmo típico de um coelho pulando.
  • O cachorro que apresenta doença articular, tem dificuldade em levantar-se da posição de descanso, mas também tem grande dificuldade para sentar-se, por isso, muitas vezes parece inquieto e sempre à procura de um lugar confortável para ficar.
  • É muito comum que cães com doenças nas articulações, reclamem quando tocados. Se um cachorro aparentar ter rigidez ou dor nas articulações e retrair as patas apenas ao ver alguém chegar perto, estará fazendo isso, por medo de ser tocado. Mas não é incomum que este cachorro esteja sofrendo de uma hiperestesia real (aumento da sensibilidade tátil) e dor generalizada.
  • Mesmo quando o comportamento do cachorro e sua natureza habitual não sofram mudanças muito óbvias: o cachorro pode ficar nervoso com pessoas estranhas, sempre na defensiva e pronto para reagir agressivamente. Alguns cães também podem tentar aproximar-se mais vezes das pessoas mais apegadas a ele para pedir um abraço.
  • Outra característica comum em cachorros com dores nas articulações é a tendencia a permanecer deitado por  mais tempo que o normal, mas neste caso não se trata de um descanso verdadeiro e revigorante: a dor, a sensação de vulnerabilidade e o medo de ser tocado ou sofrer algum tipo de acidente, em muitos casos faz com que o cachorro permaneça constantemente acordado.
  • Alguns cães acabam engordando sem motivo aparente, mas muitas vezes têm menos apetite que o habitual.
  • Todos estes sinais e sintomas tendem a piorar no inverno, com o frio e também com a úmidade.

 

Quais são as causas da artrite e osteoartrite em cachorros?

Como já falamos aqui, de forma geral, doenças articulares ocorrem devido a um estresse das articulações. E é por este motivo, que a osteoartrite afeta principalmente cães mais velhinhos, que devido a idade avançada, sofrem desgaste nas articulações levando ao desenvolvimento da doença. Caso um cachorro mais novinho, seja diagnosticado com osteoartrite, certamente este problema articular ocorreu devido a um trauma ou lesão, que ocasionou um dano inicial a determinada articulação. A doença articular, também pode ter origem, devido a um problema de desenvolvimento durante a fase de crescimento do filhote, como a osteocondrite. Neste caso, o desenvolvimento anormal do cachorro pode levar a uma a deformidade articular. Outras possibilidades para a doença articular em cães, são causas genéticas, herdadas dos pais, como o caso da displasia coxofemoral congênita. Também não é incomum, cães que sofram de sobrepeso, acabarem desenvolvendo doenças articulares, devido ao estresse imposto sobre as articulações, que pode ocasionar o surgimento precoce da osteoartrite.

Por isso é fundamental cuidar de seu mascote desde pequenininho, evitando exercícios que sobrecarreguem suas articulações e também possam acabar ocasionando lesões prematuras. durante o inverno, mantenha sempre seu cão protegido do frio e com um local confortável para deitar-se. Não deixe seu cachorro molhado e solto no tempo, pequenas atitudes como estas podem evitar problemas futuros. Procure manter seu peludo com um peso saudável e exercícios físicos leves e de baixo impacto, como a natação e caminhadas, estas são as melhores maneiras de evitar que seu amigão desenvolva a osteoartrite, ou ao menos assim, você irá retardar ao máximo seu surgimento ou sua progressão minimizando a dor causada por ela.

Como é feito o diagnóstico da artrite e da osteoartrite (artrose) em cães?

Quando você suspeitar que seu cachorro tenha algum problema nas articulações, artrite ou osteoartrite, leve-o imediatamente ao veterinário para realizar exames. O diagnóstico de doença articular em cães é feito pelo veterinário, através de radiografia. Um veterinário experiente já suspeitará de algum problema articular através do exame físico, e irá solicitar uma radiografia caso acredite que seja necessário.

Através do laudo radiográfico, o veterinário saberá quais são as características da doença, se trata-se apenas de artrite ou se pode ser um quadro de osteoartrite, ele terá uma perspetiva de qual é a alteração que ocorreu nas articulações do cão afetado pelo desgaste da cartilagem. Também através da radiografia pode ser observado qual a gravidade do espaçamento da cápsula articular em relação ao osso do cachorro.

Como é feito o tratamento de um cachorro com artrite ou osteoartrite?

Como tratar a artrite, artrose, ou osteoartrite em cachorros?

Como tratar a artrite, artrose ou osteoartrite em cachorros?

O tratamento para um cachorro que tem osteoartrite pode começar com pequenas mudanças em sua rotina diária, como por exemplo evitar pisos lisos, rampas, tirar o cachorro de ambientes com muito movimento, onde ele possa sentir-se inseguro. Adquirir comedouros e bebedouros elevados (na verdade estes comedouros, uso aqui em casa, e acredito que seja uma ótima opção desde os primeiros meses de vida, pois como eles são reguláveis você pode adaptar de acordo com o crescimento de seu peludo), e é claro, tapetes e caminhas macias, para que seu cachorro não sofra com o frio e nem com a umidade. Caso seu cão tenha desenvolvido um doença articular, devido ao sobrepeso, é fundamental iniciar um regime. Também existem rações disponíveis no mercado que contém condroitina, que também pode ser manipulada e encontrada a venda em capsulas nos pet shops. Outra medida, mais natural para auxiliar o problema do desgaste das articulações, é preparar para o cachorro um caldo, feito com pé de frango muito bem cozido na panela de pressão. Este caldo substitui a condroitina e pode ser congelado em cubeiras de gelo e oferecido ao cachorro diariamente. Dependendo da gravidade e do nível de dor que seu cachorro estiver sentindo, provavelmente o veterinário irá recomendar o uso de anti-inflamatórios, corticoides ou até mesmo regeneradores articulares. Eu particularmente, indico para estes casos o início imediato de sessões frequentes de acupuntura, o resultado é mágico, acredite! Sempre que possível evite medicações que podem acabar reduzindo a expectativa de vida de seu cão, como remédios alopáticos. Por experiência própria, tornei-me entusiasta da medicina alternativa, e a fisioterapia também pode oferecer resultados bastante positivos para cachorros que sofrem de artrite e osteoartrite. Existem hoje em dia muitos veterinários especializados em acupuntura e outras terapias que podem indicar um tratamento de suporte incluindo medicamentos alternativos que são tão efetivos ou até mais do que muitos convencionais. Muitos medicamentos alopáticos podem acabar gerando problemas secundários nos cães mais velhinhos, pois agridem a mucosa gástrica, resultando em vômitos, problemas no aparelho digestivo, falta de apetite e mais dor ao cachorro. Não é incomum que animais que estejam sendo tratados com antiinflamatórios necessitem interromper o tratamento devido aos efeitos colaterais do uso prolongado deste tipo de medicamento e a dor retorna com mais intensidade, podendo causar até perda total de mobilidade.

Vou falar em um próximo artigo, como você pode fazer para tratar seu cachorro com artrite, artrose e doenças articulares através da homeopatia. Se você deseja se aprofundar mais no assunto referente ao tratamento natural de doenças inflamatórias dos cães, falo um pouco sobre terapias utilizadas pela medicina chinesa no artigo Cachorro pode comer cogumelo?, neste artigo, você também poderá ler um pouco mais a respeito do Cordyceps chinensis e do Ganoderma lucidum que possuem ação antiinflamatória. Ambos cogumelos amplamente utilizados pela medicina oriental, podem ser utilizados como tratamento coadjuvante em cães com problemas articulares degenerativos. Meu veterinário acupunturista, indicou a utilização do Ganoderma lucidum para o tratamento de um de meus cães e os resultados para dor são significativos, eu recomendo!

Saiba + Sobre osteoartrite (osteoartrose) em gatos

Osteoartrite em gatos – Remédios naturais

Saiba + Tudo Sobre Cachorros

Aprenda detectar sinas de doença no seu cão fazendo anamnese

Queimadura de taturana pode matar um cachorro?

Como cuidar de um cachorro idoso

Hipertermia em cães

10 Receitas para cachorro

Meu cachorro está comendo demais?

Roupas para cachorros

5 maneiras de demonstrar amor ao seu cão

Comportamento compulsivo em cães

Castração de cães – Prós e Contras

Epilepsia e convulsão em cães

Por que passear de coleira com meu cachorro?

Massagem em cachorros

Gengivite em cães, mal hálito

Como o kefir pode ajudar seu cão?

Estamos vacinando em excesso nossos cães?

Tipos de vacinas para cachorro

Raiva em cães – Raiva canina

Intoxicação por produtos químicos de uso doméstico

Devo dar cálcio para o meu cachorro?

Cachorros podem comer ração para gatos?

Envolvendo crianças nos cuidados com o cachorro

Podemos pegar doenças dos cachorros?

12 perguntas mais comuns sobre cadela no cio

Tudo sobre glândula anal ou adanal em cães

Meu cachorro está gordo ou magro?

Tudo sobre otohematoma – O que é otohematoma?

Receita de comida caseira para cachorro

Biscoito canino 10 receitas de biscoitos para cães

Balancear uma dieta a base de ração industrializada

Cachorros podem comer pasta de amendoim?

Pneumonia em cães

Gripe canina – Tosse dos Canis

Fungos em cachorro – Tratamentos caseiros

Como aumentar a imunidade do meu cachorro?

Cortar as unhas – Como e quando cortar as unhas dos cachorros

Cachorros podem comer morangos?

Intoxicação por veneno de rato em cães

Cachorros podem beber leite?

Displasia coxofemoral em cães

Tumor de mama em cadelas – Câncer em cadelas

Bicheira – Saiba como prevenir e tratar a bicheira

Cinomose, sintomas, diagnóstico e tratamento

Insetos, picadas e mordidas em cachorros – O que fazer?

Leptospirose canina – Entenda melhor a leptospirose

Por que cachorros comem terra?

Por que cachorros comem grama?

Conjuntivite em cães – Saiba como tratar seu cachorro

Síndrome da Ansiedade de Separação (SAS) em cães

De quanto em quanto tempo devo dar banho no meu cachorro?

Dermatite por lambedura, sintomas, diagnóstico e tratamento

10 Maneiras de manter seu cachorro sem carrapatos

Calor – Cuidados com os cachorros no verão

Como tirar carrapatos do cachorro?

Cachorro pode comer chocolate?

Quando fazer uma cesariana na minha cadela?

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

O Blog do Cachorro é um web site onde você pode encontrar tudo sobre cachorros! Se você busca por informações, dicas, artigos sobre cuidados, saúde, comportamento canino, raças de cachorros, e demais assuntos relacionados aos nossos queridos peludos de quatro patas, este é o lugar certo.

Ver artigos de Blog do Cachorro