Saúde
setembro 7, 2013 postado por Li Kuvasz


Claudicação X piso liso X doenças ortopédicas em cachorro

O que é claudicação em cães?

Claudicação no cachorro é uma manqueira e pode se desenvolver desde um simples escorregão em um piso liso até fatores mais complexos de ordem genética ou nutricional. No caso de escorregões não há raça, idade ou sexo que tenha uma predisposição maior ou menor. Todas as doenças ortopédicas citadas abaixo têm como ponto comum à claudicação.

Algumas vezes durante uma brincadeira com nossos cachorros, de repente, de uma hora para outra ele começa a mancar, pode ser passageiro,desde um espinho cravado nas almofadas, a exposição em solo muito quente ocasionando rachaduras, unhas encravadas, cortes, estiramentos, torções ou até fraturas.

São inúmeras as enfermidades que levam o cachorro a claudicação (mancar), se nada foi encontrado e depois de 24 horas em repouso este estado continuar, deve-se averiguar a causa.

A claudicação ou manqueira em cães, também pode aparecer por causas genéticas, ambientais e nutricionais.

Claudicação X piso liso X doenças ortopédicas em cachorro

Claudicação X piso liso X doenças ortopédicas em cachorro

Não pense que apenas cães de grande porte e gigantes sofrem com este tipo de problema,  pequenos também pode ter claudicação oriundas de luxação de patelas, displasia, artrite, artrose, etc e todos estes problemas são agravados quando se tem um piso liso em casa.

Uma articulação é composta, em resumo, pelas extremidades ósseas que a compõem (epífises ósseas), pelas cartilagens articulares anexas a estas extremidades, pela membrana sinovial e pelo líquido sinovial (aquilo que conhecemos como “água do joelho”, no caso desta articulação) ligamentos, músculos e tendões ajudam na fixação da articulação, permitindo seu funcionamento perfeito.

Claudicação por Artrite

A artrite é uma doença infecciosa na articulação que não é tão comum em cão e também como as outras doenças articulares, principalmente a artrose, leva a diminuições na flexão e extensão do membro afetado.

Claudicação por Artrose

A artrose é mais crônica, e está definida como sendo o processo degenerativo da articulação.  A artrose não é menos lesiva que a artrite. Na verdade a artrose é muito comum e tem uma destruição mais lenta da articulação. É uma doença degenerativa crônica  que também diminui a mobilidade do membro.

Em ambas, os medicamentos utilizados para este fim são os antiinflamatórios não-esteroidais (aine’s), sendo que alguns se destacam por possuírem predileção para o tecido músculo-esquelético, acompanhados de glicosamina e condroitina.

Claudicação por Luxação de Patela

A luxação de patela é uma doença ortopédica que acomete os cães de pequeno porte causando o desencaixe das articulações dos joelhos, pode ser de origem congênita ou traumática (atropelamento, queda, fratura).  A luxação patelar ocorre devido a perda de intimidade articular da patela  junto ao fêmur e tíbia.

O tratamento da luxação de patela é cirúrgico, onde é realizada uma reconstrução articular do sulco troclear e ligamentos. Os resultados são muito satisfatórios.

Claudicação por Displasia Coxofemoral

A displasia coxofemoral popularmente chamada de descadeiramento é uma má formação das articulações que unem as pernas traseiras do cachorro com sua cintura pélvica. Essas más formações  podem gerar dor para o cachorro, além de dificuldade de se locomover . A  displasia coxofemoral pode ser leve gerando incômodo fraco, ou pode ser severa gerando  dores e artrose no cachorro.

Cachorros acima do peso que vivem em pisos lisos têm mais predisposição a desenvolver a displasia. A displasia acomete ambos os sexos e todas as raças, sendo mais evidente os sintomas nas raças maiores.  Poodles e gatos também tem displasia.

O tratamento baseia-se em medicamentos, fisioterapia ou até cirúrgico.

Claudicação por Displasia de Cotovelo

A displasia do cotovelo, tal como o nome sugere, pode ser considerada uma doença do desenvolvimento da articulação do cotovelo, a qual é uma articulação complicada na medida em que é formada pela união de três ossos diferentes:o úmero, o rádio e ulna. Estas alterações podem provocar degenerescências a nível da articulação.

Claudicação por Osteocondrose (OC)

Espessamento inicial da cartilagem

Claudicação por Osteocondrite Dissecante (OCD)

Separação da cartilagem do osso subjacente

Várias causas e fatores podem ser apontados como: o envolvimento genético, afetando principalmente cães de grande porte e de crescimento rápido; efeitos nutricionais, pois é mais comum em cães superalimentados com dietas hipercalóricas ou suplementação excessiva de mineral, especialmente o cálcio, e traumas.

O tratamento baseia-se em medicamentos, fisioterapia, acupuntura ou até cirúrgico.

Todas as doenças ortopédicas acima têm como ponto comum à dor e o aparecimento é favorecido por pisos inadequados, exercícios exagerados, traumas, lesões, super alimentação, excesso de peso e o avanço da idade.

Revisão técnica – Dra Andreia Fragoso

Saiba + Sobre Claudicação (manqueira) em Cachorro

Clínica Veterinária VetVida – Dra Andreia Fragoso

 

 

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

Sou apaixonada por cachorro, não consigo imaginar minha vida sem eles. É muito bom poder falar sobre nossos amigos peludos aqui, crio Kuvasz e Norfolk Terrier, e será muito prazeroso dividir aqui nossas experiências.

Ver artigos de Li Kuvasz