Alimentação
junho 26, 2015 postado por Blog do Cachorro


Cachorros sentem gosto?

Quando assistimos os comerciais de TV que mostram cães super interessados nos alimentos que são comercializados para o consumo canino, nós pensamos que os cães de fato, possuem um paladar bastante refinado, não é verdade? No entanto, não é bem assim que acontece.

 

Cachorros não sentem gosto?

Sim, os cachorros sentem o gosto das coisas, mas menos do que nós. Sabor é uma sensação muito antiga em termos evolutivos. O gosto dos alimentos evoluiu a partir de interações diretas dos primeiros animais. As pessoas primitivas por exemplo, começaram os experimentos com relação ao preparo de sua comida, misturando ou dissolvendo seus alimentos em água quente. A alimentação foi crucial para a sobrevivência dos seres vivos primitivos, eles perceberam ao longo desta relação com os alimentos, que alguns poderiam ser prejudiciais podendo causar problemas físicos ou até mesmo matar.

Cachorros sentem gostos?

Cachorros sentem gostos?

Com a evolução de todas as espécies, os animais, e isso inclui o homem e o lobo, se tornaram mais especializados em distinguir os alimentos através de seu gosto e cheiro. Esta sofisticação dos sentidos evoluiu para sensações de prazer e repugnância, proporcionados pelo sabor, que por sua vez, tinham a função de preservar a sobrevivência. Tanto as pessoas quanto os animais, começaram a perceber que quando um alimento tinha um gosto ruim, geralmente era um sinal de que o alimento tinha um grande potencial de ser prejudicial, indigesto, ou venenoso. Enquanto os alimentos com um gosto bom, sinalizavam, que o alimento devia ser adequado para a alimentação e estaria preservando a sobrevivência.

Justamente por ser importante para a sobrevivência, não é de se admirar que gosto é um dos primeiros sentidos a se manifestar nos cães. Filhotes parecem ter apenas o sentido do tato, paladar e olfato, que já podem ser notados ativos desde o nascimento. Mas a sensação do gosto demora algumas semanas para estar totalmente amadurecido e afinado.

 

Cachorros sabem identificar os sabores doce, salgado, azedo e amargo

  • Como no caso das pessoas, o sentido dos cães que percebe e determina o sabor, depende de receptores especiais chamados “paladar”. O que define o paladar são pequenas saliências encontradas na superfície da língua chamadas “papilas”. Existem algumas destas saliências que determinam o gosto, em outros locais, como na parte macia do céu da boca e a parte de trás da boca, onde começa a garganta (“epiglote” e “faringe”). A sensibilidade gustativa de um animal depende do número e tipo de papilas gustativas que ele tem, da mesma maneira que a sensibilidade para o cheiro depende do número de receptores olfativos. Os seres humanos adquiriram ao longo do tempo uma incrível sensibilidade para o gosto, com cerca de 9.000 papilas gustativas, em contrapartida, os cachorros possuem apenas 1700. Entretanto, os cães ainda assim, possuem consideravelmente mais paladar do que gatos, que têm em média apenas cerca de 470 papilas gustativas.
  • Papilas gustativas específicas parecem estar relacionadas com grupos químicos específicos e têm a capacidade de produzir gostos reconhecíveis. Tradicionalmente, quando se fala sobre o paladar das pessoas, identificamos quatro sensações básicas de gosto. Estas sensações gustativas são as que nós identificamos como doce, salgado, azedo e amargo. Pesquisas demonstraram que os receptores de sabor dos cães responderam ao mesmo tipo de produtos que provocam sensações em pessoas. No entanto, pôde-se perceber claramente uma diferença com relação ao sabor do sal. Tanto as pessoas quanto outros mamíferos, demonstram uma forte resposta ao sabor do sal. Para nós, o sal é responsável por dar gosto na nossa comida. O sal é necessário para equilibrar nossa dieta e não é muito encontrado em vegetais e em grãos. Os cães, no entanto, são primariamente carnívoros e em estado selvagem, a maior parte da sua comida é carne. Devido ao alto teor de sódio contido na carne, os ancestrais selvagens dos cães modernos já tinham uma quantidade suficiente de sal em sua dieta e não desenvolveram receptores de sal altamente sintonizados como os encontrados nas pessoas e também não se sentem atraídos pelo sal.

 

Cachorros preferem o gosto de carne

Cachorros sentem gosto?

Cachorros sentem gosto?

  • Cães, não são considerados exclusivamente carnívoros, na verdade costumam ser classificados como onívoros, o que de fato, não é verdade, pois apesar comerem, não apenas carne, mas também serem capazes de comer vegetais e frutas, os cães são de fato animais carnívoros altamente adaptáveis para sobreviver em quaisquer circunstâncias, o que inclui a escassez de alimentos apropriados para sua espécie. Por isso, em estado selvagem, mais de 80% da dieta de um cão será de carne. Em geral os cães se alimentam de vegetais apenas em condições extremas, ou seja, na ausência de carne. Por esta razão, além dos sensores que detectam doce, sal, ácido e amargo, os cachorros também possuem alguns receptores gustativos específicos que são adaptados para carnes, gorduras e produtos elaborados à base de carne. Os cães tendem a procurar, e claramente preferem o sabor de alimentos que contenham carne ou sabores extraídos de carne.
  • As papilas gustativas, que nos cães, são responsáveis por reconhecer o gosto doce, reagem a um componente orgânico chamada furaneol. Esta substância química pode ser encontrada em diversas frutas e também nos tomates. Os gatos por exemplo, praticamente não reagem a esta substância. Aparentemente é por esta substância estar presente nas frutas que fez com que os cães tenham a capacidade de reconhecer o sabor do doce. Provavelmente a habilidade de reconhecer o sabor doce, evoluiu nos cachorros porque em seu ambiente natural, os lobos, acabavam complementando sua dieta que era baseada em carne, com frutas que estavam disponíveis onde eles viviam.
  • As papilas gustativas responsáveis por identificar os sabores básicos não são distribuídas igualmente em toda a língua. O sabor doce é reconhecido melhor na parte frontal e lateral da língua. As papilas gustativas que identificam os sabores ácidos e salgados também estão nas laterais, mas estão localizadas mais para trás, sendo que a área que responde ao gosto do sal é bem pequena e aparte traseira da língua é mais sensível a sabores amargos. A região da língua que tem sensibilidade ao gosto de carne está espalhada por cima da língua, mas principalmente nos dois terços da frente. No entanto, todas as áreas da língua podem responder a todos os estímulos relacionados ao gosto dos alimentos, desde que os sabores sejam consistentes.

 

Produtos que fazem o cachorro parar de roer as coisas

Uma das evidências da capacidade que os cães têm de sentir gosto é que baseado nesta certeza, a indústria desenvolveu diversos produtos baseados na aversão que os cães sente a sabores amargos. Estes produtos foram projetados com a intensão de impedir que os cachorros mastiguem coisas como móveis e utensílios domésticos ou outros objetos. Estes sprays geralmente contêm substâncias com gosto amargo, como algum ou vários componentes derivados de pimentas. De fato, a estratégia destes fabricantes, até é capazes de impedir que os cães deixem de mastigar objetos que tenham sido embebidos em substâncias com sabores amargos. No entanto os produtos funcionam melhor com alguns cães, enquanto para outros funcionam somente depois de algumas lambidas e mordidas. Parte do problema é que o paladar amargo demora para ser detectado pela língua do cachorro, pois as papilas gustativas que detectam esta particularidade do gosto, estão localizadas na região mais recuada da língua. Isto significa que uma rápida lambida ou uma roidinha não irá registrar o sabor amargo. Apenas uma mastigação prolongada terá a capacidade de deixar o gosto amargo na boca do cachorro. Eu particularmente não recomendo o uso deste tipo de produto. Cães podem ser ensinados a não roer as coisas através de adestramento e reforço positivo.

 

Por que o cachorro está bebendo muita água?

Os cães também têm um paladar que é especialmente desenvolvido para a água, assim como os gatos e outros carnívoros. Este paladar super aguçado para água não é algo que as pessoas têm. Este sentido que faz com que os cães saboreiem a água, sentindo grande prazer, se encontra na ponta da língua dos cachorros, que é justamente a parte da língua que se enrola para carregar a água para dentro da boca. Essa área é responsável pelo sabor da água, mas particularmente, quando o cachorro ingere alimentos salgados ou açucarados a sensibilidade ao gosto de água aumenta. A suposição é que esta capacidade de saborear água evoluiu com os lobos como uma forma do corpo manter os fluidos internos em equilíbrio, depois que o animal comeu alimentos que resultam em maior volume de urina ou que exige um maior volume de líquido para ser processado adequadamente. Esta inteligência natural do organismo dos cães é fundamental para sua sobrevivência, já que são carnívoros, e como você já sabe, há um alto teor de sal na carne. É certo que nestes momentos em que o sabor especial da água é ativado, os cães claramente demonstram obter um prazer muito forte ao beber água em grandes quantidades.

Saiba + Sobre alimentação canina aqui no Blog do Cachorro

Como o kefir pode ajudar seu cão?

Cachorros podem comer frutas?

Escolhendo os melhores petiscos para cães

Os perigos da ração para cachorros

10 Receitas para cachorro

Os perigos da suplementação alimentar para cachorros

Receita de comida caseira para cachorro

Cachorros podem beber leite?

Balancear uma dieta a base de ração industrializada

Cachorro pode comer feijão cozido?

Como aumentar a imunidade do meu cachorro?

Cachorros podem comer ração para gatos?

Por que cachorros comem terra?

Meu cachorro não quer comer

Quantas vezes devo alimentar meu cachorro?

Comidas que cachorro não pode comer

Receitas para cachorro doente

Cachorros podem comer arroz?

Por que cachorros comem grama?

Pão – Cachorro pode comer pão?

Meu cachorro está comendo demais?

Alimentos que fazem mal para cachorros

Estômago sensível – Seu cão tem problema de estômago?

Plantas perigosas para cachorro

Cachorros podem comer morangos?

Cogumelos – Cães podem comer cogumelos?

Alimentação natural para cães

Cachorro pode comer isso?

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

O Blog do Cachorro é um web site onde você pode encontrar tudo sobre cachorros! Se você busca por informações, dicas, artigos sobre cuidados, saúde, comportamento canino, raças de cachorros, e demais assuntos relacionados aos nossos queridos peludos de quatro patas, este é o lugar certo.

Ver artigos de Blog do Cachorro