Adestramento
março 31, 2015 postado por Li Kuvasz


Agressividade em cães

Você tem um cachorro agressivo e não sabe o motivo?

A agressividade em cães certamente é um dos maiores problemas para muitos proprietários de cachorros. Para que você possa compreender e trabalhar a agressividade de seu animal de estimação, a fim de conseguir modificar este comportamento, é necessário compreender o que está desencadeando a agressividade em seu cão.

A agressividade em cães basicamente se origina devido a algum tipo de frustração ou devido a um forte instinto de dominância do cachorro. A agressividade por dominância pode ocorrer devido ao excesso de regalias e concessões feitas ao seu mascote. Em geral quando mimamos muito um cachorro ele tende a confundir as coisas e começa a agir como líder. Quando o problema de agressividade é derivado devido a falta de exercício,  provavelmente a agressividade deste cachorro se originou devido alguma energia reprimida que resultou em frustração e consequentemente agressividade. Já no caso de um cão que possui forte instinto de dominância, é necessário que o proprietário deste cachorro aprenda como educá-lo a fim de reprimir este comportamento indesejado para obter o respeito de seu mascote e passar a liderá-lo e não ao contrário.

Agressividade em cães

Agressividade em cães

Por isso é importante compreender que a agressividade em cães pode ser desencadeada por motivos diversos, e uma vez este problema instalado, é necessário tratá-lo com carinho e dedicação. Infelizmente a agressividade em cães, tem sido um dos maiores motivadores de doações de animais, e essa conduta, além de não resolver o problema, tornará o controle da agressividade neste cachorro ainda mais difícil de solucionar, já que alguns tipos de agressividades em cães são derivados por medo e insegurança. A troca de lar devido a agressividade, pode aumentar a angústia para o cachorro.

O que motiva a agressividade em cães?

Primeiramente temos que identificar a causa da agressividade do cachorro e saber se de fato o cão está exibindo um comportamento agressivo. Muitos proprietários de primeira viajem podem confundir um comportamento inofensivo com  uma forma de agressão, no entanto o cachorro está exibindo apenas um comportamento natural e esta suposta agressividade nada mais é que apenas uma brincadeira.Entenda melhor sobre a linguagem canina: Linguagem Corporal Canina – Parte 1  Cães correm, perseguem, caçam e até matam suas presas, isto não significa que ele seja um cão agressivo, o que irá determinar o comportamento agressivo neste cão é a forma como ele vive as situações.

Cães brincam de correr, lutar e morder um ao outro, mas até que ponto podemos saber se é uma brincadeira ou uma briga?

Observe o cachorro em diversos momentos do dia, veja se ele demonstra feições amistosas, ou seja, os olhos abertos e boca aberta de maneira relaxada, como se estivesse sorrindo, perceba quais os sons que ele emite. Rosnados furiosos e latidos ou os rosnados e latidos que lembram uma brincadeira? Se um cachorro está perseguindo o outro, de repente muda de direção e o perseguidor começa a ser perseguido, sem dúvida é brincadeira.

Tipos de agressividade em cães:

Agressividade em cães motivada por dominância

Quando a família oferece muita liberdade ao seu pet, não impõe limites, aos olhos do cachorro esta tudo bem, ele compreende que todos são subordinados a ele, tantos mimos o fazem não querer ser contrariado e nem obedecer a comandos, afinal, ele está no topo da hierarquia familiar. Ele sente que é o líder da matilha o que acaba desencadeando a agressividade por dominância. Os rosnados e até mordidas acontecem, principalmente, quando enfrenta alguma situação que pareça para ele ameaçadora.

Se você não se sentir seguro para corrigir sozinho este tipo de problema comportamental de seu cachorro, uma boa saída é solicitar o acompanhamento de um profissional, pois situações como esta, se forem conduzidas de forma errada, podem agravar a agressividade do cachorro. Você terá que adotar uma postura de liderança, isso não significa que você terá que punir seu animal de estimação, isso na verdade traria maior dificuldade para corrigir esta atitude equivocada de seu mascote. Bater ou usar castigos físicos em animais são atitudes que nunca resultam em nada positivo. Você precisa aprender a ensinar seu peludo de maneira consistente a fim de mostrar que você é quem manda. Atitudes simples como entrar e sair de um ambiente posicionado a frente do cachorro, utilizar o comando junto nos passeios, impedindo que ele ande a sua frente, fazê-lo comer depois de você. Experimente como exercício, comer uma fruta enquanto esta com o prato dele em suas mãos e somente depois, junto com o comando “pode comer”, ou qualquer outro comando que você escolha para este momento, permitir que ele coma.

Agressividade em cães motivada por defesa ou medo

Agressividade Canina - Entenda o que motiva a agressividade em cães

Agressividade Canina – Entenda o que motiva a agressividade em cães

Já falamos aqui no Blog do Cachorro sobre agressividade em cães derivada do medo, se deseja ler este artigo clique aqui. Vamos visualizar uma situação a fim de ilustrar este tipo de agressividade derivada pelo medo. Imagine que um cão fez alguma coisa errada e seu dono deu uma bronca, e em seguida, o cachorro se esconde na casinha.Logo após, a atitude do dono é de tentar tirá-lo de lá, no entanto, esta atitude resulta em uma mordida. Nesta situação o cachorro já está acuado, demonstrando submissão, na linguagem canina se fosse um outro cão a persegui-lo, entenderia a demonstração de submissão e o deixaria em paz, neste caso, o proprietário deveria ter feito o mesmo.

É de fato perigoso lidar com um cachorro que esteja demonstrando um comportamento agressivo derivado por medo, porque em alguns casos, um gesto bruto ou uma situação que para nós não é ameaçadora, para o cachorro medroso, pode ser, e ele poderá morder por medo, na intenção de se defender.

Agressividade em cães motivada por possessividade

Alguns cães ficam nervosos e chegam até a morder pessoas que se aproximam do seu dono, da sua caminha, comida etc. Quando um cachorro é motivado pela possessividade durante uma atitude agressiva é porque ele interpreta a aproximação de pessoas desconhecidas como uma ameaça às coisas dele.

Para resolver este tipo de comportamento agressivo, experimente levar pessoas em sua casa na hora das refeições e peça aos seus amigos para oferecerem petiscos ao seu cachorro, a fim de recompensá-lo sempre que ele estiver exibindo um comportamento amistoso. Desta maneira seu cão irá associar a presença de pessoas a um situação prazerosa, já que ele receberá petiscos e elogios. Quando ele estiver reagindo de maneira agressiva com as visitas, corrija o comportamento e quando ele agir da forma desejada, peça que as visitas elogiem e ofereçam um petisco. Através deste tipo de adestramento, você estará demonstrando ao cão que as visitas são sempre uma situação agradável que não lhe oferecem perigo e rapidamente ele achará prazerosa a presença de visitas, já que ganhará petiscos.

Para todo tipo de comportamento indesejado de um cachorro,  caminhadas regulares podem ser úteis, a fim de gastar energia e reforçar sua posição no comando. Já falamos aqui no Blog do Cachorro , a respeito da importância dos passeios de coleira para seu cão, para saber mais a respeito deste assunto clique aqui.

Agressividade territorial em cães

Muito parecida com a agressividade em cães gerada por possessividade, este tipo de agressão é muitas vezes desejada nos cães de guarda. Muitos proprietários acham fundamental este comportamento em seus cães, a fim de prevenir que suas casas sejam invadidas. No entanto, muitos proprietários de primeira viagem, que valorizam este comportamento em seus cães, acabam sofrendo as consequências de um efeito indesejado, resultante de um comportamento agressivo obsessivo. Da mesma maneira que acontece no caso da agressividade por dominância, o cão que não sente ter uma liderança efetiva de seu dono, e sentirá a necessidade de impor sua liderança a fim de proteger seu território. Este animal de estimação considera que o invasor pode não ser apenas o bandido, mas os seus amigos, carteiros, etc. Esta situação pode ser controlada de uma forma parecida com a utilizada em cães que sofrem de agressividade por dominância. Para corrigir este comportamento, você terá que fortalecer sua posição na hierarquia familiar e tornar clara sua liderança. Se você conseguir através de caminhadas regulares e de uma mudança em suas atitudes, afirmar sua condição de líder, seu cachorro conseguirá relaxar e com isso se sentirá seguro. Cães não se sentem confortáveis em ter a obrigação de liderar e em linhas gerais, sempre que você puder tirar esta obrigação de suas costas ele vai se sentir mais feliz. Quando um cachorro compreende sua posição hierárquica na família, ele não defende o território de seus amigos, funcionários da casa e visitas.

Agressividade em cães de acordo com a raça do cachorro

Agressividade Canina - Entenda o que motiva a agressividade em cães

Agressividade Canina – Entenda o que motiva a agressividade em cães

A agressividade em cães depende da raça o cachorro?

A resposta curta para esta pergunta é não. É natural que muitas pessoas relacionem incorretamente a agressividade em cães, culpando os animais de determinadas raças ou de porte grande por serem propensos a exibirem um comportamento agressivo, devido ao porte e/ ou a raça deste cão. Na verdade, qualquer raça de cachorro pode apresentar comportamentos agressivos. Também é verdade que estas pessoas tendem a culpar determinadas raças de cães, pois cachorros de grande porte, de fato, possuem a capacidade de causar danos proporcionalmente maiores do que cachorros de pequeno porte, tendo em vista sua força. Por isso é muito importante pesquisar a fundo a maneira correta de educar um cão desde filhotinho, seja ele grande ou pequeno, de raça pura ou uma mistura entre raças, a fim de ter em casa um cachorro equilibrado e de confiança. O adestramento precoce de um cachorro, fortalece os laços entre o animal de estimação e o proprietário, fazendo com que problemas de agressividade seja algo improvável de acontecer.

Para quem deseja ter em casa um cachorro de grande porte, é importante estar preparado e consciente da responsabilidade que é ter um animal destes em sua família. Muitos animais de porte grande como os que tenho aqui em casa, e são absolutamente dóceis, podem adquirir comportamentos indesejáveis se forem criados de forma equivocada. Da mesma maneira que cães pequenininhos, mas no caso dos cachorrões a responsabilidade é maior. Todo cachorro precisa ser educado, passear de coleira, compreender sua posição na hierarquia familiar, gastar energia brincando e ganhar carinho de sua família na dose certa.

Agressividade em cães motivada pela dor 

A agressividade em cães pode ter algo a ver com dor?

Sim, sempre que você estiver investigando os motivos de uma reação agressiva por parte de um cachorro, é importante  avaliar se a atitude agressiva do cão não pode estar relacionada a algum tipo de dor. É muito comum que um cachorro com otite ou artrite se torne agressivo como reação a dor. Agressividade motivada pela dor  também pode acontecer sempre que um cão apresentar algum tipo de doença ou ferimento que provoque dor.

Se você tem um cachorro que apresenta um comportamento agressivo e já descartou todas as possibilidades que possam estar gerando este comportamento, converse com seu veterinário a respeito, pois, pode ser indicado fazer um exame cerebral. Muitas vezes um quadro de agressão inexplicável pode ser derivado do surgimento de tumores ou doenças como a epilepsia. Já falamos a respeito de epilepsia em cães aqui no Blog do Cachorro se deseja ler este artigo clique aqui.

Agressividade com outros cães

Agressividade entre cães é uma forma muito comum de agressividade canina

Quando um cachorro demonstra comportamentos agressivos direcionados a outros cachorros, geralmente esta agressão é mais comum entre indivíduos de mesmo sexo. Alguns animais que conviviam em certa harmonia aparente, de um momento para outro podem acabar demonstrando agressividade durante uma disputa com outro cão. Já abordamos o assunto agressividade entre cães irmãos de ninhada ou cães de idades semelhantes aqui no Blog do Cachorro e se você tiver interesse em se aprofundar nesse assunto clique aqui.

Cães também podem demonstrar comportamentos agressivos direcionados a outros cães em disputa de território, no caso de um animal estranho se aproximar de sua casa, ou no caso deste animal não estar acostumado com outros cães.

Existem várias situações motivadoras para o comportamento agressivo de um cachorro direcionado a outro cão, como por exemplo, no caso de uma fêmea no cio estar motivando uma disputa por acasalamento, uma disputa por um brinquedo, ciúmes dos carinhos e atenções de sua família para com outro cão, etc… Se o comportamento agressivo de seus cães resultar em briga, busque separar os cães, dar bronca e repreendê-los, mas evite ao máximo separá-los. Nunca dê privilégios a nenhum dos animais que se envolvem em uma briga. Considere buscar ajuda profissional capacitada a fim de corrigir este mal comportamento. Já falamos aqui sobre brigas entre cães, se você quiser ler mais a respeito clique aqui.

Agressividade maternal em cães

Agressividade maternal também pode ser uma forma de agressividade em cães

Para quem já teve a oportunidade de ver uma cachorra com filhotes, este tipo de agressividade canina é algo bem natural. As mamães caninas são super protetoras com seus bebês, principalmente durante as primeiras semanas de vida, quando seus filhotinhos ainda estão frágeis e vulneráveis. Mesmo fêmeas muito amáveis, podem demonstrar insegurança com alguns membros de sua família. Por isso é muito importante respeitar este período, sendo gentil com a cadela e evitando manipular os bebês para que ela não fique estressada com movimentos bruscos. Também é importante manter a mamãe e os filhotes em um local seguro, com atmosfera tranquila e pouca circulação de pessoas e crianças pequenas.

Agressividade em cães de origem genética

Agressividade Canina - Entenda o que motiva a agressividade em cães

Agressividade Canina – Entenda o que motiva a agressividade em cães

Agressividade em cães pode ter origem genética, ou seja, o cachorro herda a agressividade de seus pais?

Como acabamos de ver mais acima, cães não podem ser considerados agressivos por serem de uma determinada raça. A frequência de ataques de cães de raças como Pitbull e Rottweiler não se deve a raça e ao porte destes cães. A grande maioria dos ataques de cães se deve a falta de informação e dedicação e eventualmente também se deve a irresponsabilidade de proprietários que adquirem estes cães para transformá-los em armas contra invasores domiciliares ou usá-los em rinhas.

Em alguns casos, desde muito jovens os cãezinhos chegam a ser maltratados e incentivados a desenvolverem um comportamento agressivo em troca água e comida.

A agressividade em cães não é genética, não passa de pais para filhos. Em uma ninhada podem nascer muitos filhotes diferentes e com personalidades distintas, mesmo no caso de animais sem raça definida, o fato de um dos pais, ou mesmo ambos, exibirem comportamentos agressivos, não é natural que seus filhotes venham a exibir comportamentos similares. O que define o comportamento de um cachorro é a forma como ele é cuidado e educado desde pequenininho até a fase adulta, suas experiências irão moldar sua personalidade.

Muitas vezes a agressividade em cães é desencadeada pelo proprietário ou por sua família e isso ocorre de forma inconsciente, geralmente motivada pela inexperiência. Tenha em mente que a socialização precoce com outros cães, animais e pessoas é a única forma de prevenir comportamentos agressivos em cães. Cachorros, assim como nós, são seres sencientes, ou seja, tem a capacidade de vivenciar, sensações e sentimentos como dor, agonia, medo e ansiedade. Por isso, jamais utilize punições físicas, para educar seu cachorro, além de ser um método ineficaz, pois ele não compreenderá o motivo pelo qual está sendo punido, pode resultar em problemas comportamentais difíceis de se corrigir, como a agressividade. Quando estiver educando seu cão, utilize métodos de recompensa e reforço positivo, como um tom agradável de voz e elogios. Procure exibir sempre atitudes consistentes ao estabelecer limites, pequenas atitudes como estas tornam um cão equilibrado e feliz.

Saiba + Sobre agressividade em cães

Ricardo Tamborini comportamentalista animal

Veja + Sobre comportamento canino aqui no Blog do Cachorro

Adestramento de cães – Adestre você mesmo seu pet

Adestre você mesmo seu pet

A importância do adestramento para seu cachorro O adestramento está para os cachorros assim como a escola está para nossas crianças, é através do adestramento que os cães irão ampliar…

 

Coprofagia – Seu cachorro come cocô? Saiba como evitar!

Coprofagia – Seu cachorro come cocô?

Dicas por Ricardo Tamborini  – Seu cão come cocô? Saiba como evitar!  Você sabe o que é Coprofagia? Os cães são gulosos e comem absolutamente qualquer coisa que encontram pelo caminho, e…

 

Ensinando o cachorro a sentar – Comandos básicos – Parte 1

Comandos básicos – Parte 1

COMANDOS BÁSICOS DE OBEDIÊNCIA PARTE I – GUIA PRÁTICO Dicas por Ricardo Tamborini – Comados Básicos Senta Preparei um guia para aqueles que tem vontade de adestrar seu cachorro mas não sabem…

 

Como ensinar o cachorro a fazer xixi e cocô no lugar certo

Ensine fazer xixi e cocô no lugar certo

Xixi e cocô no lugar certo – Como ensinar o meu cachorro a fazer xixi e cocô no lugar certo? Quando adquirimos um filhote de cachorro, é extremamente comum que ele fique perdido…

 

Seu cachorro te respeita?

Seu cachorro te respeita?

COMO SABER SE SEU CACHORRO TE RESPEITA? APRENDA COMO FAZER SEU CACHORRO RESPEITAR VOCÊ Muita gente me pergunta sobre problemas de comportamento com seus cachorros. É natural que as pessoas que…

Saiba + Tudo sobre cachorros

Como cuidar de uma cadela no cio

Meu cachorro não quer comer

Como limpar xixi de cachorro?

Caminha de cachorro – Faça uma caminha para seu peludo

Otite canina – sintomas, causas, diagnóstico, tratamento

Prisão de ventre – Constipação intestinal em cachorro

Comidas que cachorro não pode comer

Brinquedos para cachorro – faça você mesmo

Gastroenterite canina – Causas, sintomas e tratamento

Quanto tempo dura o cio da cadela?

Pão – Cachorro pode comer pão?

Receitas para cachorro doente

10 Maneiras de manter seu cachorro sem carrapatos

As 10 raças mais caras de cachorro

Quantas vezes devo alimentar meu cachorro?

Parvovirose canina – Sintomas, prevenção e tratamento

Meu cachorro morreu, e agora? – Como lidar com a dor de perder um grande amigo

Os perigos da ração para cachorros

Porte do cachorro – De que tamanho meu cachorro vai ficar?

Leite para cachorro – Substituto de leite materno

Piometra em cadelas – Sintomas, diagnóstico e tratamento

Queda de pelo e coceira em cachorros é normal?

De quanto em quanto tempo devo dar banho no meu cachorro?

Vermífugo – Quando dar vermífugo para meu cachorro?

Dermatite por lambedura, sintomas, diagnóstico e tratamento

Doença do Carrapato – Erliquiose e Babesiose

Como evitar o choro do filhote de cachorro?

Como tirar carrapatos do cachorro?

Cachorro e gravidez, pode?

O que é berne? Como tirar? Como se pega?

Os perigos da suplementação alimentar para cachorros

12 perguntas mais comuns sobre cadela no cio

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

Sou apaixonada por cachorro, não consigo imaginar minha vida sem eles. É muito bom poder falar sobre nossos amigos peludos aqui, crio Kuvasz e Norfolk Terrier, e será muito prazeroso dividir aqui nossas experiências.

Ver artigos de Li Kuvasz