Adestramento
novembro 26, 2014 postado por Blog do Cachorro


Adestramento de cães – Adestre você mesmo seu pet

A importância do adestramento para seu cachorro

O adestramento está para os cachorros assim como a escola está para nossas crianças, é através do adestramento que os cães irão ampliar a comunicação com sua família. Muitos cães acabam desenvolvendo problemas de comportamento porque eles não foram adestrados e por isso não conhecem regras e limites. Além disso, quando existem várias pessoas em uma mesma casa, muitas vezes o cachorro fica confuso sem saber a quem seguir. Cães precisam de um líder na família. Problemas de comportamento podem ter diversos motivos que variam desde estresse, até a insegurança.

Por isso é natural dizer que um cachorro adestrado, é um cão educado e é praticamente impossível que um animal que tenha sido adestrado, adote algum comportamento indesejado ou agressivo, pois ele sabe muito bem que o bom comportamento será sempre recompensado através de reforço positivo. Ele também sabe claramente qual é o seu local dentro do grupo familiar e isso é fundamental para a vida de um cachorro

Adestramento de cães - Adestre você mesmo seu cachorro!

Adestramento de cães – Adestre você mesmo seu cachorro!

Do que um cachorro precisa para ser feliz?

Passeios de coleira e exercícios – Para que o adestramento de seu cachorro seja bem sucedido é importante estabelecer uma rotina diária de passeios, cães que passeiam não latem exageradamente, não têm medo de barulhos diferentes e de forma geral não correm o risco de estranhar pessoas nem desenvolver problemas de comportamento ou transtornos emocionais. Passear com seu cão, também é fundamental para que o cachorro compreenda a sua condição de liderança e queira segui-lo. Além é claro de proporcionar a ele alguma quantidade de exercícios muito importante para sua saúde.

Companhia e amor de seu dono – Cães precisam fazer parte de sua família. Cães que vivem isolados do convívio familiar, ou que fiquem apenas pequenos períodos com seus donos, geralmente acabam tendo desvios de comportamento. Cães são animais gregários e precisam ter algum nível de atividade regular e também alguma função no grupo familiar para se sentirem felizes. Brinque com seu cachorro sempre que tiver um tempinho, mesmo que você divida esta atenção em vários pequenos momentos todos os dias.

Boa alimentação e horários pré estabelecidos – Um cão bem nutrido é um cachorro que tem disposição para aprender. O momento da alimentação é provavelmente um dos momentos mais aguardados para um cachorro e por isso é muito importante alimentá-lo com uma comida própria para cães e ficar atento aos seus horários para que ele saiba quando será alimentado. Cães adoram ter o controle da sua rotina e por isso horários regrados evitam alguns distúrbios de comportamento, como a ansiedade. A ansiedade é um dos motivos mais comuns que levam cães a desenvolver problemas gástricos, por exemplo.

Convivência e interatividade com pessoas e animais – Quando um cachorro convive com outros animais e outras pessoas, ele está sendo socializado e a socialização é muito importante para que o adestramento de seu cachorro seja bem sucedido. A socialização engloba brincadeiras com outros animais e pessoas, além é claro de contato físico, fazendo com que seu cão não se torne um animal tímido, medroso ou agressivo. Assim você terá em casa um cão equilibrado e educado.

Reforço positivo – A única forma para que um cachorro compreenda que está acertando, ou errando alguma coisa, é através da reação das pessoa que convivem com ele, no caso dos filhotes, eles aprendem com a mãe, que dá uma bronca quando eles fazem algo que não deveriam. Como não falamos a mesma linguagem dos cães, a melhor maneira de explicar para um cachorro que ele cometeu um erro é reforçando de maneira positiva sempre que ele acertar alguma coisa. Cães adoram ser elogiados e ganhar recompensas, portanto sempre que ele errar, vai perceber que está sendo ignorado, logo, não ganhará nada em troca com isso. No entanto, sempre que ele acerta, ganha elogios e as vezes algum petisco, ou até mesmo carinho e isso fará com que ele evite circunstancias em que ele não leva nenhuma vantagem sobre elas.

Descanso – Um cachorro descansado irá responder muito melhor aos comandos de seu dono. Cães não gostam de gritaria e tumulto, tente manter um tom de voz ameno ao se comunicar com seu cachorro. Ensine para as crianças que a audição de seu cão é muito mais sensível que a nossa, portanto gritar, não é uma atitude adequada para casas com cachorros. Os cachorros também dormem bastante, muito mais que as pessoas e é importante que seu cão tenha um lugar reservado para ele em sua casa, para que ele possa se sentir seguro e confortável, aquecido em dias frios e protegido do calor em dias quentes.

O adestramento torna um cachorro mais feliz?

Sim, cães adoram trabalhar e seguir aqueles que eles amam e o adestramento proporciona ao seu cão tudo o que ele mais precisa para ser feliz: passeios de coleira e exercícios, companhia e amor de seu dono, rotina de atividades diárias, convivência e interatividade com pessoas e animais  e reforço positivo. Depois de toda esta atividade, seu cão terá se ocupado durante tempo suficiente para gozar de um ótimo e merecido descanso.

Muitas pessoas desejam adestrar seu cachorro sozinhas, mas não tem um ideia clara de por onde começar. Se você dispõe de algum tempo por dia, adestrar seu cachorro pode ser uma atividade muito prazerosa que irá conectar vocês dois para sempre de uma maneira bastante especial.

Adestramento de obediência para cães – Como treinar você mesmo seu cachorro

Quando você decide adestrar seu cachorro, você está se comprometendo a oferecer ao seu pet educação, no entanto, você também estará oferecendo a ele um novo leque de oportunidades ao expandir a comunicação entre vocês. Cães adestrados são mais comunicativos e para eles, devido a sua natureza gregária, aprendizado é sinônimo de prazer. Quando um cachorro aprende, ele sente satisfação por estar fazendo algo que agrada seu dono e por consequência se diverte com isso.

Outra grande vantagem de administrar você mesmo as aulas de adestramento de obediência para seu cachorro é que você não terá que sair de casa com ele para ir para uma aula de adestramento canino, nem precisará chamar um adestrador profissional que apesar de ser uma ótima opção para quem não dispõe de tanto tempo, para muitas pessoas, pode acabar fugindo um pouco do orçamento.

Se você deseja adestrar seu cachorro você mesmo, preparamos alguns tutoriais, com a ajuda do especialista em comportamento canino e adestrador de cães Ricardo Tamborini, que irão ajudá-lo a adestrar seu cachorro de forma fácil e segura.

Para iniciar o adestramento, basta seguir as instruções dos artigos de nossos especiais “Comandos Básicos de obediência – Guia Prático” e “Truques de adestramento – Guia Prático”. Os métodos utilizados nestes tutoriais de adestramento canino, são muito simples e fáceis de serem ensinados a um cachorro jovem e a proposta é que você ensine a cada semana um novo comando de adestramento para seu cão. Seguindo os tutoriais de adestramento canino, que contém instruções passo-a-passo, você irá adestrar seu cachorro com muita facilidade e segurança, transformando os momentos de treinamento em uma deliciosa brincadeira. Seu cachorro irá amá-lo um pouco mais a cada dia. E o mais legal de tudo é que os tutoriais de adestramento para cachorro do Blog do Cachorro são grátis! Basta seguir as instruções.

Adestramento de cães – Como adestrar sozinho seu cachorro

Em primeiro lugar, antes de começar as sessões de adestramento, é fundamental que você escolha um local seguro para adestrar seu cachorro, é fundamental que este local, seja completamente livre de distrações. Depois que vocês tiverem passado por todas as etapas do curso de adestramento que estamos propondo aqui, onde irão aprender todos os comandos básicos de obediência, você poderá levar seu cão para treinar os exercícios de adestramento em um local mais movimentado, como um parque ou uma pracinha, por exemplo. Uma vez que ele já tenha a habilidade de executar os comandos, a distração deixará de ser um problema e pode até mesmo ser uma etapa seguinte que fará com que ele reforce o aprendizado do adestramento. No entanto, em um primeiro momento, distrações não favorecem em nada as aulas de adestramento de seu cachorro.

Adestramento de cães - Adestre seu cachorro você mesmo

Adestramento de cães – Adestre seu cachorro você mesmo

Outra dica preciosa para quem deseja adestrar sozinho seu cachorro é ensinar apenas um novo comando por semana. Uma vez que você comece a adestrar seu cão, você irá necessitar de um período para praticar o comando, antes de partir para um novo comando. Mesmo que seu cachorro seja um aluno muito prodígio e esteja avançando com facilidade nas novas práticas de adestramento canino, é fundamental que você utilize este prazo de tempo, para reforçar o comado que ele aprendeu, a fim de que possa seguir para o segundo comado apenas após o anterior ter sido muito bem fixado. Também é fundamental que você compreenda que o tempo de adestramento deve ser de aproximadamente 15 minutos de duração e é muito importante para seu cachorro que ele seja regular, ou seja, que você adestre sue cão de preferência todos os dias da semana para que ele fixe o aprendizado. Após a adição de um segundo comando, vocês devem continuar praticando ambos os comandos, todos os dias. E assim por diante, sempre iniciando as aulas de adestramento a partir do primeiro comado e partindo para o seguinte, sempre depois que ele acertar.

Se você não continuar praticando os comandos de obediência, não demora muito tempo para que ele esqueça os comandos, por isso a prática é a chave do sucesso do adestramento de cães. Também é importante salientar que nem todos os cães aprendem no mesmo ritmo, então não se sinta desencorajado se você precisar praticar cada comando por duas semanas, ou mais, ao invés de apenas uma. Acontece!

Adestramento de obediência para cães – Comandos Básicos de obediência

Adestramento

Adestramento

Instruções passo-a-passo – Adestrando seu cão você mesmo

Começando:

    • O primeiro passo é escolher o local das aulas de adestrado, sem distrações.
    • Você deve se concentrar em um único novo comando por semana.
    • Uma vez que tenha iniciado as aulas de adestramento, você irá precisar praticar o novo comando por pelo menos 15 minutos todos os dias, mas não mais de 20 minutos a cada vez.
    • Após a adição de um segundo comando, praticar todos os comandos todos os dias. E assim por diante.
    • Seu cão quer te fazer feliz, e ele rapidamente vai fazer o que você deseja que ele faça, uma vez que ele compreenda o que é que você quer que ele faça, o caminho para que ele aprenda o que você deseja, é utilizar recompensas e reforço positivo sempre que ele acertar. Mesmo que você tenha tido que colocar seu cão na posição correta, ou caso ele tenha acertado o comando acidentalmente. No início, o reforço positivo dado por incentivos de voz, deve soar alegre e animado e também precisa incluir um bom número de carinhos.

 

Adestramento de cães passo-a-passo

Adestramento de cães passo-a-passo

  • Os comandos devem ser ditos utilizando uma voz de comando – ela deve soar apenas um pouco mais alto do que o normal, demonstrando segurança e autoridade. Para isso você deve utilizar um tom um pouco mais pontual do que o normal. Ao dar o comando “Senta”, por exemplo, é importante que seu cão compreenda que deve sentar-se exatamente onde está e imediatamente. Se o tom de voz não for efetivo e você utilizar o comando senta com uma vos inadequada, estará passando uma informação incorreta e ele poderá compreender como se você estivesse pedindo por favor, sente-se. Ou seja, o tom inadequado da inflexão vocal, fará que seu cão fique em dúvida quanto ao que você deseja que ele faça.
  • Quando você fala um comando, como por exemplo, “vem”, com a inflexão de vos correta, e mesmo assim seu cachorro comete algum erro, evite dizer não, ou alterar a inflexão vocal a ponto de gritar com ele. Espere que ele chegue até você, para então elogiá-lo. A sua última ação, sempre será a única atitude relacionada com o elogio ou a falta dele, portanto é a única que fará com que ele compreenda que agiu corretamente ou não.
  • Todos os comandos básicos devem ser aplicados em todos as aulas, no começo, devem seguir uma ordem e depois de terem sido bem fixados, podem ser embaralhados. As aulas de adestramento canino precisam ser consistentes. No início, cada comando será dado ao mesmo tempo que você colocar o corpo de seu pet na posição que você deseja. Quando estiver seguro que ele assimilou o comando, será a hora de experimentar o mesmo exercício introduzindo também o comando verbal. Se por algum motivo, for necessário dar o comando pela segunda vez, talvez seja interessante retroceder, a fim de colocá-lo na posição desejada. Caso contrário, ele irá pensar que pode obedecer ou não, ou que não faz diferença para você que ele leve seu próprio tempo para obedecer, se ele quiser.
  • É importante comentar que o adestramento de um cachorro que tinha permissão para fazer algumas coisas, que de fato você desaprova, pode  demorar um pouco mais para modificar seus hábitos antigos através do adestramento para obediência.  Já no caso de um filhote de cachorro com aproximadamente seis semanas de idade você terá resultados mais rápidos. Um filhote a partir desta idade, já pode começar a aprender a sentar-se, vir, ficar, deitar, em questão de dias. O único motivo do adestramento de cães mais jovens, ser um pouco mais difícil é na hora de chamar a atenção do filhote para os exercícios de adestramento, tendo em vista que eles geralmente só param quando estão dormindo, se alimentando ou mastigando seus chinelos. No entanto, um cachorro pode aprender em qualquer idade, na verdade o mais importante em todo o processo de adestramento é você ser persistente, soar autoritário quando dá os comandos, e  elogiá-lo assim que ele acertar o exercício.
  • Nunca deixe seu cachorro com o colar que você utiliza durante o treinamento em seu cão, exceto quando, na verdade, você esteja indo treiná-lo ou esteja levando-o para um passeio.

 

Adestramento de cães – Materiais necessários

Para você executar o adestramento de obediência é indicado que utilize uma guia com enforcador, que é um tipo de colar especial. O enforcador  destina-se a reprimir o cão por um pequeno momento, quando você puxa o colar. Isso funciona como uma advertência e desta maneira seu cachorro compreenderá com mais facilidade que ele não pode continuar a fazer o que ele está fazendo, e a importância da utilização do colar enforcador é que este pequeno tranco, na verdade, não enforca o cachorro, pois permite que você libere a pressão muito rapidamente.

Quando o colar enforcador é colocado de forma incorreta, você não conseguirá dar esta advertência e perderá o efeito educativo, mas o maior perigo ao se utilizar o colar enforcador para adestramentos, colocado de forma incorreta é que seu cão pode se libertar dele com grande facilidade e escapar de você. Também não é recomendado que os cachorros utilizem o colar de adestramento no dia-a-dia, pois mesmo que o colar esteja colocado corretamente, ele pode se prender em algum lugar ao ponto de provocar alguma lesão ou pode até em casos mais extremos levar a morte por prender-se a algo na casa ou quintal. Por isso, apesar de não machucar seu cachorrinho, este tipo de colar de adestramento, só pode ser utilizado com a supervisão de alguém e não deve ficar no pescoço de seu cãozinho após os treinos, pois corre o risco de se prender em algo.

Adestramento de cães - Passo a passo

Adestramento de cães – Passo a passo

Como utilizar o colar enforcados para as aulas de adestramento canino

Você pode conferir o colar enforcador ideal para adestramento na imagem acima. O colar enforcador, deve formar um círculo com uma volta contínua para a direita, na parte superior. (Você pode testar isso, fazendo da forma incorreta em seu próprio braço para compreender a diferença.). Para colocar a coleira em seu cão, você irá laçar o colar por dentro de um dos aros, enquanto segura um dos círculos na outra extremidade do enforcador, fazendo com que o colar role com facilidade caindo como um laço. Coloque o colar sobre a cabeça do cachorro de modo que você engate a guia do lado direito. Você precisa ter certeza de que o enforcador tem cerca de 2 centímetros de comprimento extra, depois de engatado em seu pet. A corrente e as argolas devem ser tão grossas quanto necessário para o tamanho do seu cão. Elos finos são ideais para utilizar em adestramento de cães pequenos, mas se seu cachorro for muito grande, precisa de elos muito grossos para que o colar enforcador não corra o risco de quebrar, caso ele decida correr atrás de um outro cão por exemplo.

Qual o tipo correto da guia para adestramento?

A guia a ser utilizada nas aulas de adestramento de cães, não pode em hipótese nenhuma ser aquelas retráteis. Também não é ideal utilizar guias curtas. Fique muito atento na qualidade do engate da guia que escolher para o adestramento de seu cachorro. Muitas vezes, uma guia parece ter um ótimo padrão de qualidade, no entanto o engate pode acabar oferecendo algum tipo de risco em caso de fuga ou encontro com outros animais. Outra dica importante é o tamanho da guia. Procure um tamanho não superior a 3 metros. Em geral as guias padrão, medem aproximadamente 2 metros e podem ser bastante satisfatórias para o desemprenho de seu cachorro durante as aulas de adestramento.

A importância do petisco para as aulas de adestramento de cães com reforço positivo

Um último detalhe, mas não menos importante na hora de adestrar seu cachorro é qual petisco você pretende utilizar. Muitas pessoas optam por um alimento da preferência de seu peludo. Existem inúmeros sancks a venda, que são petiscos muito apreciados para a grande maioria dos cães. Descubra qual deles mais agrada ao paladar de seu cachorro, certamente este é um detalhe importante na hora de acertar os comandos, afinal, quanto melhor a recompensa, maior será seu empenho. Adestro meus cães com fígado de frango, que pode ser tanto assado como cozido, esta é uma dica para aqueles que preferem oferecer um prêmio mais natural e saudável para seu peludo. O Fígado é umas das carnes mais apreciadas pelos cachorros, mas deve ser consumida com moderação. Por isso, desempenham um ótimo papel como petiscos na hora do adestramento.

Abaixo estão os links para as aulas práticas de adestramento de cães, todas elas escritas pelo adestrador de cães e especialista em comportamento canino Ricardo Tamborini.

Aulas de adestramento – Adestre você mesmo / Comandos básicos de obediência

 

Ensinando o cachorro a sentar – Comandos básicos – Parte 1Comando senta – Comandos básicos – Adestramento Parte 1
COMANDOS BÁSICOS DE OBEDIÊNCIA PARTE I – GUIA PRÁTICO

Vamos iniciar esta série de comandos básicos de obediência ensinando o cachorro a sentar. Todo tipo de adestramento deve funcionar como uma brincadeira para seu cachorro e você, e este tipo de jogo ajuda a construir um bom relacionamento entre você e seu cão.

Ensinado o cachorro o comando dá a pata – Comados básicos – Parte 2Comando dá a pata – Comandos básicos – Adestramento Parte 2
COMANDOS BÁSICOS DE OBEDIÊNCIA PARTE II – GUIA PRÁTICO

Nesta segunda parte da série comandos básicos de obediência vamos ensinar o comando dá a pata. Apesar do treinamento de obediência não resolver todos os problemas de comportamento, certamente ele lhe fornecerá a base para solucionar quase todo tipo de problema.

Ensinado o cachorro o comando deita – Comados básicos – Parte 3Comando deita – Comados básicos – Adestramento Parte 3
COMANDOS BÁSICOS DE OBEDIÊNCIA PARTE III – GUIA PRÁTICO

Dedique alguns momentos do seu dia para aprender sobre o comportamento e a natureza dos cães, assim você saberá de que modo deve agir para satisfazer as necessidades de exercício que ele necessita e qual é a forma mais adequada de exercitá-lo.

Ensinado o cachorro o comando vem – Comados básicos – Adestramento Parte 4Comando vem – Comados básicos – Adestramento Parte 4
COMANDOS BÁSICOS DE OBEDIÊNCIA PARTE IV – GUIA PRÁTICO

O objetivo final, de treinar um cachorro a obedecer o comando ‘vem’ é ter uma resposta imediata de seu cachorro ao ouvir o comando, a qualquer momento, independentemente do que esteja acontecendo ao redor do cachorro naquele momento.

Ensinado o cachorro o comando fica – Comados básicos – Adestramento Parte 5Comando fica – Comados básicos – Adestramento Parte 5
COMANDOS BÁSICOS DE OBEDIÊNCIA PARTE V – GUIA PRÁTICO

O comando ‘fica’ é de uma utilidade incrível após o cachorro tê-lo assimilado, pois quando pedimos ao cachorro que sente, ou deite por exemplo, esta é a forma mais eficaz de fazer o cão compreender que deve permanecer nessa posição até que lhe seja solicitado o contrário.

 

Aulas de adestramento – Adestre você mesmo / Truques de adestramento

Ensine o comando ‘morto’ ou ‘bang’ ao seu cão
Comando morto ou bang – Truques Adestramento Avançado Parte 1
TRUQUES DE ADESTRAMENTO AVANÇADO PARTE I – GUIA PRÁTICO

Fingir de “morto” é uma brincadeira bem divertida para fazer com seu cachorro. Este comando deixará os seus amigos encantados!

Rolar – Ensine ao seu cachorro o comando rolaComando rola – Truques Adestramento Avançado Parte 2
TRUQUES DE ADESTRAMENTO AVANÇADO PARTE II – GUIA PRÁTICO

Não esqueça, este é um truque de adestramento e é sempre interessante que você siga um cronograma ao ensinar seu cachorro. Comece sempre com os comandos básicos de obediência, a partir daí você poderá evoluir seu treinamento e introduzir novos truques.

Ensine ao seu cachorro o comando vergonhaComando vergonha – Truques Adestramento Avançado Parte 3
TRUQUES DE ADESTRAMENTO AVANÇADO PARTE III – GUIA PRÁTICO

Que tal vocês evoluírem mais um nível de adestramento, ensinando ao seu amigão o comando vergonha?
Afinal, quem resiste a um cão com cara de pidão, com a patinha tampando os olhos fingindo que está com vergonha?

Ricardo Tamborini - Adestramento de cães

Ricardo Tamborini – Adestramento de cães

 

Veja também no Blog do Cachorro:


Comentários

Colunista

O Blog do Cachorro é um web site onde você pode encontrar tudo sobre cachorros! Se você busca por informações, dicas, artigos sobre cuidados, saúde, comportamento canino, raças de cachorros, e demais assuntos relacionados aos nossos queridos peludos de quatro patas, este é o lugar certo.

Ver artigos de Blog do Cachorro